06/08/20 - 07:59:33

PREFEITURA ESTABELECE NOVAS MEDIDAS DE REABERTURA DA ATIVIDADE ECONÔMICA

A Prefeitura de Aracaju estabeleceu, nesta quarta-feira, 5, novas diretrizes no processo de reabertura gradual da atividade econômica. Na atualização do decreto municipal, fica autorizada a reabertura, em sistema drive-thru, dos shoppings da capital sergipana – com exceção de cinemas, áreas de lazer e praças de alimentação. Galerias, lojas de vestuário e acessórios, de departamentos e magazine e de variedades também só poderão funcionar no mesmo modelo.

Foi permitido ainda o funcionamento de lojas de embalagens, artigos de pesca e campo, tapeçaria, viagem, entre outras. As medidas foram tomadas pelo prefeito Edvaldo Nogueira, durante reunião do Comitê de Operações Emergenciais (COE), e se somam à decisão adotada na última semana, em que foi autorizada a reabertura dos serviços reenquadrados na fase laranja, do decreto estadual.

“A Prefeitura de Aracaju decidiu pela adequação às novas diretrizes de reabertura de mais setores da atividade econômica e permitiu o funcionamento em drive-thru dos shoppings, conforme o que ficou estabelecido no decreto do Governo do Estado. Seguimos este caminho diante dos dados que embasam as nossas decisões, como a redução do número de casos confirmados do coronavírus e de ocupação dos leitos hospitalares. A cada medida que tem sido tomada no sentido da reabertura, também verificamos o comportamento da doença. Caso, os índices continuem baixando, será possível tomar novas decisões, mas para isso precisamos contar com a conscientização de todos e o cumprimento das regras de higiene e uso de máscaras”, afirmou o prefeito.

Pelo novo decreto, ficam autorizadas a reabrir, a partir desta quinta-feira, 6, lojas de embalagens, bicicletas, utensílios e acessórios, lojas de viagem, de tapeçaria, cortinas e persianas, relojoarias, lojas de plantas e gramas e lojas de artigos de pesca e campo. Também está permitida a reabertura de lojas especializadas em equipamentos musicais, de utensílios recreativos, comércio de equipamentos para escritórios, de embarcações e acessórios, de artigos fotográficos, de fogos de artifício e pirotecnia, lojas de bolsas, malas e artigos de viagem, de artigos de arte, cds, dvds e discos, além dos comércios não especificados anteriormente. Lojas de souvenirs, bijuterias e artesanatos só poderão funcionar no sistema drive-thru.

Segundo decreto do governo estadual, shoppings centers, galerias e centros comerciais, assim como demais atividades comerciais ainda não permitidas, estarão autorizados a funcionar, com 50% da capacidade, a partir do dia 14 de agosto, quando se inicia a fase amarela. Os estabelecimentos deverão obedecer os protocolos sanitários.

Desde o último dia 31, já estão em funcionando serviços de fisioterapia, odontologia, terapia ocupacional, nutrição, psicologia, fonoaudiologia e podologia. Se somam a eles escritórios de prestadores de serviços e serviços em geral (publicidade, agências de viagem etc), operadores turísticos e atividades de treinamento de desporto profissional, lojas de calçados, confecções e utensílios. Também foram autorizados a reabrir, todos os dias da semana, lojas de cosmético, livrarias, salões de beleza, barbearias e de higiene pessoal, lojas de artigos de escritórios e papelaria.

Além disso, igrejas e templos religiosos foram autorizados a retomar, com capacidade máxima de 30%, por quatros dias na semana, desde que sigam todos os protocolos sanitários. No decreto anterior, também ficou estabelecido o aumento da frota de ônibus, já nesta quarta-feira, que passa a operar com 80% da capacidade, em horário de pico, enquanto que nos finais de semana e fora do horário de pico, com o quantitativo de 50%.

Índices

Na reunião do COE, a secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza, informou que o número de casos confirmados do coronavírus se mantém em queda na capital. Na média móvel dos últimos sete dias houve uma redução de 36% dos casos confirmados da doença em relação à média móvel dos 14 dias anteriores, de acordo com a secretária. Ela ainda ressaltou que, de mesmo modo, o índice de ocupação dos leitos de enfermaria em Aracaju permanece estável, em torno de 50%. Há ainda, conforme a apresentação de Waneska Barboza, queda na taxa de ocupação dos leitos públicos e privados das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

AAN

Foto Ana Licia Menezes