07/08/20 - 08:46:23

Delegada Katarina Feitosa diz que “eu nunca engavetei denúncia para usar a posteriori”

A delegada Katarina Feitosa, que se licenciou do cargo de Delegada Geral e colocou seu nome à disposição do PSD para as eleições deste ano, respondeu de forma firme à sua colega Denielle Garcia, pré-candidata a prefeita de Aracaju que afirmou que “Katarina aceitou a proposta de Jackson para que o Deotap fosse desmontado e que sua cúpula fosse mudada”.

Na manhã desta sexta-feira (07) Katarina negou que tenha recebido orientação do então governador, Jackson Barreto, para desmontar a Deotap. “Nunca houve isso. Nunca recebi orientação para engavetar investigação. Tem gente que fala demais e acaba se enrolando”, afirmou a delegada durante entrevista ao programa Jornal da Fan.

Sobre a saída de Danielle do comando da Deotap, a delegada Katarina Feitosa explicou que isso foi decisão do secretário João Eloy porque Danielle não produzia mais como antes e criticou o fato da delegada Daniele Garcia se mostrar como alguém insubstituível. “O cemitério está cheio de insubstituíveis. O Deotap cresceu em número de produções nos últimos meses. Ela havia demonstrado intenção de se afastar quando o então delegado João Batista foi substituido pelo delegado João Eloy”, ironizou a delegada.

Segundo Katarina Feitosa, a sua colega Danielle Garcia está com discurso vazio e vitimizando. “Tem gente que joga na parede para ver se cola. Os cargos são técnicos. Nunca usei cargo para fins políticos”, explicou.

A delegada falou também sobre os cargos de confiança que ocupou, afirmando que “eu iniciei fazendo barreiras no interior ao lado de policiais militares, com quem aprendi muito. Já trabalhei na época, Terra Dura, onde ninguém queria ir. Foi eu quem escolhi, inclusive um policial à época me disse que não entendia porque eu estava lá. Portanto, isso é um discurso vazio”, contou a delegada.

Durante a entrevista, uma fala de Katarina acabou chamando a atenção, quando ela afirmou que “nunca engavetei denúncia para usar a posteriori” e concluiu “não estou dizendo que alguém fez”.

A delegada Katarina Feitosa explicou ainda que recebeu o convite do governador Belivaldo Chagas e que aceitou colocar seu nome à disposição, já que seu nome está sendo cogitado para compor a chaga como pré-candidato a vice de Edvaldo Nogueira. “Meu nome está à disposição, mas ainda não há definição sobre isto. Eu quero ser vice-prefeita, mas é preciso um diálogo muito mais amplo”, disse.