11/08/20 - 00:01:56

O tiroteio e JB para vice

Diógenes Braynerdiógenesbrayner@gmail.com

As delegadas Danielle Garcia (Cidadania), pré-candidata a prefeita de Aracaju, e Katarina Feitosa (PSD), que pode ser indicada a vice do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), trocaram farpas em entrevistas concedidas à imprensa nos últimos dias da semana passada. Foi um embate em que as duas mostraram que se conhecem muito bem e podem promover um bom tiroteio. Danielle disse que sua colega gostava de posições de chefia na Secretaria de Segurança.

Katarina respondeu falando de sua trajetória na Polícia Civil e sobre os cargos de confiança que ocupou. Disse também que já trabalhou na Terra Dura, onde ninguém queria ir. No final chamou a atenção para um detalhe: “nunca engavetei denúncia para usar a posteriori.” E concluiu: “não estou dizendo que alguém fez”. Não disse mas ficou no ar e serviu para comentários nos bastidores políticos sobre um gesto que não se deve praticar na polícia, quando se trata de alguma operação. Sinaliza que muita coisa ainda pode rolar na campanha eleitoral, em caso de algum tipo de ação promovida por setores da Polícia e que venha servir de argumento para conquista de votos.

A formação das chapas está sendo concluída e começam a surgir surpresas, mesmo que pareçam fora de qualquer cogitação. Ontem, por exemplo, em um papo de membros do Partido dos Trabalhadores, o assunto era matéria publicada na noite de domingo, em que o ex-governador Jackson Barreto (MDB) e a vice-governadora Eliane Aquino (PT) trocaram farpas, em razão de uma provável conversa entre JB e o ex-presidente Lula, em que fora pedido voto para o pré-candidato a prefeito Marcio Macedo.

Durante o papo entre petistas, um deles considerou que a discussão fora inútil e sem sentido, porque tanto Jackson quanto Eliane sempre foram próximos e estão no mesmo bloco. Ficou bem claro que um deles não aprovava os ataques diretos que Marcio Macedo faz apenas ao prefeito Edvaldo Nogueira – que sempre foi um aliado do partido através de indicação do ex-governador Marcelo Déda – e admitiu que a discussão sobre a conversa com o ex-presidente Lula, colocou JB na efervescência da pré-campanha para as eleições municipais.

E foi daí que surgiu uma ideia até então não lembrada: “e se Jackson Barreto for o vice de Edvaldo Nogueira”?

Essa história de vice virou assunto em alguns segmentos da política com observações. A primeira delas é que Jackson não aceita essa disputa e a segunda diz que JB ainda não se recuperou das eleições de 2018, quando fora derrotado para o Senado. Ficou tudo na base da hipótese e sequer chegou à especulação mais ampla. De qualquer forma, entre alguns poucos, fixou-se a imagem do nome de Jackson, levando em consideração que ele tem um poder de recuperação muito grande e rápido. Bom, mas isso é divagação,  que certamente não será levada em consideração, porque não faz sentido.

Amorim bate forte

O presidente estadual do PSDB, ex-senador Eduardo Amorim, manda um recado duro: “existem malandros, desocupados e ratos que só viviam rastejando atrás do meu irmão”.

*** – Por que será que esses malandros, ratos hoje, cospem no prato que lambiam? Pelo visto cuspiu e jogou fora também o DNA de caráter que o pai tinha! Disse.

Não é para Danielle

Eduardo Amorim explicou: “Pessoal, é óbvio que as minhas tuitadas não foram direcionadas a Danielle Garcia e nem a ninguém do grupo dela”.

*** – Prova disso é que estou com ela, neste momento, visitando alguns amigos, disse.

Acaba fase silenciosa

Amorim aproveitou para avisar: “minha fase de silêncio acabou! Nada fica sem resposta. Nenhum desses políticos tem mais moral do que eu em nada ou pra nada. Pode ter igual um ou outro, mas não mais”.

*** E reafirmou: – Todos sabem da minha responsabilidade e zelo com a coisa pública! Paguei com o meu silêncio, agora chega!

O nome sobre recado

Apesar do ex-senador Eduardo Amorim não ter revelado o nome para o qual mandou o recado duro acima, circulou a informação de que teria se referido ao deputado Rodrigo Valadares (PTB).

*** Pré-candidato a prefeito de Aracaju, Rodrigo Valadares teria criticado a composição que o PSDB e PL fizeram com o Cidadania na Capital.

Houve resistência

A princípio o PSDB não queria aceitar a indicação do deputado federal Valadares Filho (PSB) para ser o vice de Danielle Garcia (Cidadania) à Prefeitura de Aracaju.

*** Razão: problemas ocorridos em 2018 na disputa pelo Senado Federal, que dividiu os dois partidos. Depois de muita conversa, foi que se conseguiu entendimento e a chapa foi montada.

*** Uma incoerência nessa decisão final: há um mês, Amorim se recusou a apoiar Valadares a prefeito, dizendo que “as eleições de 2018 ainda estavam entaladas em sua garganta”.

Inverter posições

Uma pesquisa para consumo interno será realizada, dentro do bloco recentemente formado, com Danielle a prefeita e Valadares vice, para avaliar a posição do eleitor.

*** Um dos responsáveis pela pesquisa disse que dependendo do resultado, terá tempo de inverter posições.

Emília deixa no ar

A vereadora Emília Corrêa concorda com o que disse Albernei Júnior no Twitter: “Estamos vivenciando em Aracaju uma guerra de delegados doidos para assumirem o poder. Já não basta o senador da mordaça”?

*** E mais: “Torço unicamente por Emilia Corrêa, que, se candidata, dará trabalho ao atual prefeito. Aracaju precisa de você Emilia e só depende de você”.

*** A vereador Emília Correa retwittou e, naturalmente, concordou.

Contra Lava Jato

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) diz que o procurador geral da República devia deixar de lado inimigos imaginários e focar no que é importante, ou seja, combater a corrupção e a impunidade no País.

*** – Os verdadeiros inimigos do Brasil seguem tramando contra a Lava Jato. Vamos resistir, disse.

Edvaldo está focado

O deputado federal Fábio Henrique (PDT) disse ontem que tem conversado com o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT). Ele é inteligente e na hora saberá liderar o processo.

*** Para Fábio, Edvaldo “está focado nos problemas da cidade, nas ações para ajudar à população em relação ao Covid. Acho que ele está correto. Erram os que pensam em política agora”.

Ingratidão tira feição

Já o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) acha difícil separar as coisas: “o PT é um aliado no Estado, mas em Aracaju cospe no prato que tanto comeu”.

*** – PT foi vice de Edvaldo em duas oportunidades e fez parte dessa mesma gestão por três anos. Se existe problema, o PT é parte dele. Lembrem-se, ingratidão tira a feição.

Sobre a unidade

Em relação a integrar o bloco do Governo e ser adversário na disputa pela Prefeitura, Mitidieri diz que “ninguém aí é criança. Todos são partidos maduros, formados por políticos experientes”.

*** E acrescenta: “Vamos para as eleições em Aracaju com aqueles que querem a unidade do nosso agrupamento”.

Polêmica política

Rômulo Rodrigues (PT) acha que um provável mal estar entre o ex-governador Jackson Barreto (MDB), o senador Rogério Carvalho (PT) e a primeira dama Eliane Aquino (PT) não deveria ter servido para alimentar uma polêmica política.

*** Para Rômulo essa discussão trouxe Jackson Barreto para o centro da campanha municipal de Aracaju.

Jackson para vice?

Nessas discussões paralelas sobre as eleições municipais e com essa discussão dentro do PT, surge uma pergunta que põe algumas lideranças a pensar: “e se Jackson Barreto for o vice de Edvaldo Nogueira?”

*** Setores da oposição dizem que JB está desgastado, mas também há quem admita que Jackson tenha um incrível poder de recuperação junto ao eleitorado.

Jony tem encontros

Pastor Jony Marcos (Republicanos) está em Brasília para uma reunião com o presidente nacional do partido, deputado federal Marcos Pereira e tratará sobre pré-candidatura a prefeito de Aracaju.

*** Jony também participa de reunião com o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) e só retorna a Aracaju no final de semana.

*** Jony tem conversado com o DEM, com o PTB, Patriotas e com o PSL. Também bateu um papo com o deputado estadual Capitão Samuel (PSC).

Lúcio é pré-candidato

O publicitário Lúcio Flávio (Avante) já iniciou a pré-campanha a prefeito de Aracaju, pelo partido, depois de ter conversado com a ministra Damares em Brasília.

*** Hoje, em entrevista, o presidente o Avante em Sergipe, Clóvis Silveira, disse que o partido estava trabalhando para viabilizar a candidatura.

Chapa puro sangue

O pré-candidato a prefeito pela Democracia Cristã, delegado Paulo Marcio, terá chapa puro sangue. O partido percebeu que a essa altura não vale mais à pena conversar com mais ninguém.

*** O próprio Paulo Marcos não acredita no êxito de uma nova aliança. Até amanhã sai o nome da vice, que será uma mulher.

Um boa conversa

Rogério Carvalho – Chega de penalizar os trabalhadores. Neste momento de pandemia o Estado precisa ser solidário e não prejudicar ainda mais a classe média e os mais pobres.

Sobre isolamento – Sergipe está em 10º colocado, com 43,98% no índice de isolamento social em todo o Brasil, segundo o “Bússola Covid”.

Invasão de conta – Marcos Cardoso avisou que Invadiram sua conta no twitter, provavelmente um robô. Mudei a senha. É preciso fazer mais alguma coisa para tentar aumentar a proteção?

Italo Lorenzon – Se você não tolera a ideia de formar uma aliança circunstancial e temporária com alguém que você despreza, seu lugar nessa vida não é na política.

Suspeita absurda – Policiais Militares suspeitaram que boné do Hulk usado por jovem abordado n shopping em São Paulo fosse alusão a traficante.

Celular a mão – A Polícia que ataca de forma violenta, principalmente a inocentes durante abordagens, estão ser perseguidos por celulares.

Roberto Freire – Se tivesse um mínimo de humanidade e respeito pela vida, Bolsonaro não estaria batendo boca em rede social.

G1 Sergipe – “A gente só tem uma vida”, diz médico de SE que foi para a UTI com Covid-19, se recuperou e voltou para a linha de frente