12/08/20 - 05:09:45

ESTADO DE SERGIPE APRESENTA REDUÇÃO DE 32% NA OCUPAÇÃO DE ENFERMARIAS

Além disso, segundo o boletim “Covid-19: Sergipe e Território Nacional”, nas semanas epidemiológicas de 27 de julho a 9 de agosto, o número de novos casos confirmados vem apresentando diminuição, assim como número de óbitos

Sergipe registra uma redução de 32% na ocupação de leitos de enfermarias para coronavírus. É o que aponta dados do Observatório de Sergipe, órgão vinculado à Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag). Além disso, segundo o boletim “Covid-19: Sergipe e Território Nacional”, nas semanas epidemiológicas de 27 de julho a 9 de agosto, o número de novos casos confirmados vem apresentando diminuição, assim como número de óbitos. Porém, taxas ainda são altas.

De acordo com análise do Observatório, a média móvel de sete dias do número de internações em enfermarias caiu 32% em 14 dias, era 403, no dia 27 de julho, e chegou a 274, em 09 de agosto. Já a média móvel de internações em UTI’s para igual período reduziu pouco e continua alta, era 273 e chegou a 245 no dia 09 de agosto.  Além disso, houve uma redução no número de novos casos por duas semanas epidemiológicas seguidas.  Foram 4.547 casos na Semana 32, que se encerrou no último sábado, frente à 7.460 da Semana 31 e 9.192 da semana anterior, Semana 30.

“A gente vem observando essa queda nas internações, assim como no percentual de pessoas que testam positivo, com certo otimismo, porém, com cautela. Portanto, devemos ter prudência e continuar com as medidas necessárias para conter a disseminação do vírus, utilizando a máscara e obedecendo ao distanciamento social”, pontuou o governador Belivaldo Chagas.

De acordo com levantamento, o número de óbitos vem caindo, mas ainda é elevado. Os óbitos, que estavam estabilizados, nas semanas anteriores, num patamar acima de 20 por dia, dão sinais de recrudescimento. Na Semana 31 foram 18 óbitos/dia e na Semana 32, 10 óbitos/dia, todavia é comum esses números ainda aumentarem um pouco com registros atrasados.

Outro dado do boletim mostra que a epidemia perde força na Grande Aracaju e há uma incidência de novos casos no interior do estado. 69% dos novos casos e 56% dos óbitos da última semana epidemiológica foram do interior do estado. Foram 1.417 novos casos na Região Metropolitana de Aracaju e 3.130 no interior e, respectivamente, 32 e 40 óbitos.  Os municípios do Baixo São Francisco e do Agreste continuam dentre os de maior incidência por cem mil habitantes no estado, como: Telha (6.012), Cedro (5.562) e Moita Bonita (5.293), respectivamente, as três maiores taxas estaduais.

Informações e foto ASN