14/08/20 - 12:37:23

Prefeitura de Capela garante renda mínima de mil famílias por meio de programa social 

Conhecido por Bolsa Família Municipal, o programa atende mil famílias no município, com o valor mensal de R$70

Através de recursos próprios, a Prefeitura de Capela, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, sustenta, com recursos próprios, sua própria versão do Bolsa Família.

São mil pessoas assistidas no programa desde maio de 2019, com o valor mensal de R$70, pagos sempre nos primeiros dias do mês, mesmo diante do cenário causado pelo Covid-19. Desde o início do programa, foram mais de R$1,1 milhão aplicados.

As famílias são inseridas pelas equipe dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), como explicou Carla Leite Melo, secretária de Assistência Social de Capela. “São usuários que são assistidas pelos equipamentos da assistência Social, CRAS e CREAS , cadastradas no Cadastro Único; valendo ressaltar algumas, mediante situação de vulnerabilidade social mais intensificados e também são beneficiárias do Programa Bolsa Família Federal”, explicou.

Segundo a secretária, o benefício é depositado e pode ser sacado diretamente no Banco do Brasil, sendo o cartão feito no nome do usuário, ou ser usado como cartão de débito. “O programa é, de fato, transformador pois ele dá ao beneficiário autonomia do uso seja na alimentação ou em algo que ele entenda ser emergencial na sua composição famílias. Este programa tem cunho inédito no Estado de Sergipe , pois não basta ser apenas um programa de transferência de renda , é preciso dar autonomia aos usuários, e este programa trouxe essa referência”, afirmou.

Para Vanuza Nascimento, assistida pelo Bolsa Família Municipal, o auxílio chega no momento certo. “Esse dinheiro faz uma diferença em minha vida. Me ajuda a pagar um botijão, fazer umas comprinhas, às vezes pagar uma luz”, conta.

A família de Edinaura Nascimento da Silva também é assistida. “Esse dinheiro é uma benção em minha vida e creio que na vida de muita gente. A gente já tem nosso cartãozinho, não precisa enfrentar fila, vai lá no banco, ‘tira’ [saca o dinheiro] e aí, vou no mercadinho, faço minhas comprinhas e já me ajuda bastante”.

Já Tereza Cristina Santos Silva diz que o benefício é utilizado de diversas formas. “Esse dinheiro faz diferença na minha vida. Quando saio do banco, eu pago uma água, compro um ‘bojão’, pago uma água, faço um mercadinho”.

Segundo a prefeita Silvany, o recurso garante, além da dignidade, a possibilidade de manter a economia ativa.

“São mil famílias que poderão usar o recurso não apenas para pagar contas, mas para fazer suas compras. E esse recurso fica em Capela, aquecendo pequenos negócios e dando dignidade às famílias que são assistidas pela Secretaria de Assistência Social”, explicou.

Ainda de acordo com a prefeita, o modelo do programa foi criado para que as famílias tenham independência no uso e facilidade no acesso. “O recurso não passa por intermediador, vai direto para as famílias, sem filas e ainda com a possibilidade do uso do cartão para compras em débito ou até mesmo pagar uma conta no caixa eletrônico. Que, diz como usar o recurso é o cidadão”, concluiu.

Da Secom/PM Capela

Fotos: Arquivo/Divulgação