16/08/20 - 20:38:35

Jair Bolsonaro chega as 10 horas. Mais de 400 carros farão buzinaço e candidatos a prefeito querem fotos ao lado dele

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), desembarca em Aracaju nesta segunda-feira (17),para a inauguração da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe I, das Centrais Elétricas de Sergipe (Celse), considerada a maior e mais moderna da América Latina e México, responsável por converter gás natural em energia elétrica.

Após a inauguração, o presidente faz sobrevoo de helicóptero sobre a Fabrica de Fertilizante (Fafen), em Laranjeiras, que foi privatizada e tem reabertura prevista para o próximo ano. A chegada de Bolsonaro em Sergipe está prevista para as 10 horas, quando será recebido pelo governador Belivaldo Chagas (PSD), o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe e demais autoridades Sergipana. O deputado federal Laércio Oliveira (PP) integra a comitiva do presidente que desembarca em Brasília.

Segundo cálculos de políticos ligados ao presidente Bolsonaro em Sergipe, mais de 500 carros estarão em Aracaju para recepcioná-lo. Parte vai para o aeroporto e sai de lá com destino à termoelétrica Celse, na Barra dos Coqueiros, na mesma hora do pouso do avião presidencial. Seguirão em bizinaço, para clamar a sua chegada no Estado. Veículos de outros municípios seguirão direto para a Barra, também para recepcionarem o presidente, em grande movimentação.

Segundo informação de João Tarantella (DEM) virá carros de todos os municípios para “uma festa que nenhum outro presidente conseguiu mostrar em Sergipe. Não se informou a hora exata do retorno do presidente, mas se imagina que seja por volta 16 horas, em razão dos compromissos que terá no Estado.

Há informação que pré-candidatos a prefeito de municípios estarão presentes e tentarão tirar fotos ao lado de Bolsonaro. Três nomes que disputam a Prefeitura de Aracaju também vão estar próximos ao presidente, inclusive para tentar uma indicação sua aos eleitores, o que vem sendo considerado por presidentes de partidos como impossível.