18/08/20 - 06:24:46

COVID-19: ITABAIANA É 1ª CIDADE A SAIR DO PICO E DO PLATÔ DA PANDEMIA

Os dados do Boletim Epidemiológico da transmissão do Coronavírus em Itabaiana mostram que o município saiu do pico epidemiológico da doença, com uma redução, em apenas uma semana, de 61,1% do número de novos casos notificados. Os dados foram coletados e divulgados nesta segunda-feira (17) pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) em parceria com a Universidade Federal de Sergipe (UFS) e corresponde à 33ª semana epidemiológica.

De acordo com o boletim, organizado por Ronaldo Santos, um dos professores da UFS que compõe a equipe técnica da publicação, no dia 16 de agosto a média móvel diária (quando comparada à média móvel de 15 dias anteriores) registrou uma diminuição de 38,4%. “Uma redução maior que 15% marca a saída do pico epidemiológico para o município de Itabaiana”, descreve o boletim.

Além disso, a publicação da UFS confirma que Itabaiana está em sua terceira semana consecutiva de queda nos casos de novas notificações, o que demonstra o sucesso das políticas públicas de saúde aplicadas no combate à pandemia. “Disse no início e repito: a hora é de dar vez e voz à ciência. Decidimos pela testagem em massa, instalamos o Centro de Referência no Combate à Covid-19, distribuímos 15 mil kits de proteção e nossas equipes, em todas as frentes, vêm fazendo a sua parte. Ainda não vencemos o vírus, mas avançamos muito e isso é um alívio, pois estamos cuidando das pessoas e salvando vidas, sem trégua”, avaliou o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho.

Itabaiana possui, também, a maior taxa de curados do estado, com 90,5% de pessoas recuperadas. Dos 4.016 casos notificados, 3.637 já foram curados. O município representa uma das menores taxas de letalidade de Sergipe (2,0%), considerando o número de óbitos confirmados e o número de notificações. Itabaiana é a cidade que mais tem realizado testagens por 100 mil habitantes.

O boletim alerta, ainda, que é necessário que as medidas de enfrentamento continuem sendo adotadas para manter a redução do número de casos. Segundo ele, “a saída do pico epidemiológico deve ser analisada com cautela, uma vez que um novo avanço do número de casos (segunda onda) pode ocorrer se as medidas de sanitização e cuidados pessoais não forem mantidos”, concluiu a publicação.

Seguindo o que é sugerido pelo Boletim Epidemiológico da UFS, o prefeito de Itabaiana faz coro aos profissionais da saúde. “Máscara no rosto, mãos higienizadas, distanciamento social. Tudo isso é simples, mas de uma importância gigantesca. Ainda mais nesse momento em que os decretos do governo estadual estão liberando o funcionamento de todas as atividades. Assim, a prefeitura vai seguir fazendo a sua parte. E seguiremos contando com o apoio de toda a população para vencermos esse momento tão difícil para toda a humanidade”, finalizou o prefeito Valmir de Francisquinho.

Fonte e foto assessoria