18/08/20 - 12:24:25

Mais de 1.700 casos de doenças provocados pelo Aedes são registrados em Aracaju

Um levantamento realizado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Aracaju apontou que desde o início do ano até essa terça-feira (18) foram notificados 997 casos de dengue, 770 chikungunya, e 27 de zika na capital.

Em Aracaju, do início do ano até agora, foram notificados 997 casos de dengue, 770 chikungunya, e 27 de zika. Segundo a Vigilância Epidemiológica, os bairros com maiores notificações são: Olaria, Bugio, Porto D’Antas, Cidade Nova, Santos Dumont, Industrial, Jardim Centenário, Santo Antônio, Santos Dumont, 18 do Forte, Luzia, Suissa, e Getúlio Vargas.

De acordo com o gerente do Programa de Controle do Aedes aegypti da SMS, Jeferson Santana, a aplicação do fumacê costal é realizada por duplas de agentes, que atuam entre quatro e sete quarteirões, sempre no horário entre as 17h e 19h, que é o horário em que ocorre uma maior movimentação vetorial do mosquito.

Dados

Segundo o gerente, ocorreu uma ligeira alta dos números de notificações e alguns surtos centralizados. A escolha dos bairros é feita de acordo com o levantamento dos casos notificados e que, historicamente, preocupam pelo número de casos.

O bairro Olaria apresenta o total de 54 casos notificados de dengue, 30 casos de chikungunya e um de zika. Já o bairro Jardim Centenário, apresenta 45 casos notificados de dengue, 21 casos de chikungunya, e nenhum caso de zika. E o bairro América apresenta 34 casos notificados de dengue, 12 casos de chikungunya, e nenhum caso de zika. Dessa forma, as ações desenvolvidas se tornam mais necessárias, e o apoio da população é fundamental.

“É importante destacar que a aplicação do fumacê não diminui a responsabilidade do cidadão, que precisa ficar atento ao acúmulo de água em casa. Orientamos o morador a fazer uma busca detalhada no imóvel, e numa possível identificação de algo de risco, ele possa fazer o controle. A mudança entre sol e chuva geralmente leva ao acúmulo de água, daí é importante que o morador perceba essa característica desse depósito e elimine”, enfatiza.

Com informações e foto da Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju/SE