21/08/20 - 00:50:05

Direita radical força a barra em Aracaju

Diógenes Brayner[email protected]

As eleições municipais deste ano a prefeito de Aracaju estão fora do padrão que ocorria na formação de alianças. A direita sempre foi bem definida e expunha consenso meses antes da realização do pleito. Não havia tumulto e algumas discordâncias frágeis se resolviam através de ordens de quem estivesse de plantão no topo das decisões. Talvez uma ou outra dissidência em relação à indicação do vice, mas o cabeça de chapa já se conhecia que ampla antecedência sem contestação.

A disputa dos partidos de esquerda e centro esquerda já está absolutamente decidida na Capital. Edvaldo Nogueira (PDT), Marcio Macedo (PT) e Danielle Garcia (Cidadania), que foi remanejada para o centro esquerda em razão da presença do vice já definido, ex-deputado federal Valadares Filho (PSB). Na esquerda, ainda sem formação de aliança, está o ex-presidente da OAB-SE, Henri Clay (Rede), ainda convencido de que fará um bloco para disputar o pleito, sendo ele cabeça de chapa.

Tem também o líder do Governo, deputado estadual Zezinho Sobral, que não abre mão de disputar a Prefeitura, mesmo que ainda esteja à busca de aliança. De centro direita, mas filiado a um partido vinculado a Bolsonaro, o PRTB, que tem como estrela maior o vice-presidente da República, general Mourão, o ex-senador José Almeida Lima não larga da sua candidatura e tem até chapa pronta. Outro nome, de direita, também construiu sua candidatura e segue pacífico buscando eleitores: delegado Paulo Márcio, da Democracia Cristã.

O restante está indefinido. Todos da direita e ligados ao presidente Jair Bolsonaro, que têm certeza da vitória exatamente por imaginarem próximo ao Planalto e absolutamente certos de que têm o seu apoio. Conversam exaustivamente, mais sem chegarem a nenhuma conclusão, sobre a formação de um bloco coeso, que possa enfrentar os já bem definidos de esquerda. A briga maior entre esses integrantes é exatamente provar quem está mais próximo a Bolsonaro. O segundo desentendimento, e o mais difícil, é que todos não abrem mão de ser o cabeça de chapa, não importando quem seja o vice.

Na luta estão o DEM, que tem um dos bons nomes: delegada Georlize Teles; o PTB, que vai com o deputado estadual Rodrigo Valadares; o Avante, que aparece com o publicitário Lúcio Flávio; o Republicanos, com Jony Marcos em meio às conversas, e, finalmente, o Patriotas com um dos nomes mais badalados, o da vereadora Emília Corrêa. Entre todos tem dois impasses: o Republicanos esteve ontem com o governador Belivaldo Chagas, ouviu dele o pedido de apoiar a reeleição de Edvaldo Nogueira e a decisão pode ser tomada na segunda-feira, depois de reunião do diretório regional. Se atender ao pedido de Chagas, Jony sai desse páreo direitista.

O outro problema é que ainda hoje o Patriotas se reúne para tomar uma decisão sobre o pleito. A informação é de que a vereadora Emília Corrêa fará um discurso – ou dará entrevista – anunciando, de um vez por todas, que vai à reeleição e não deseja ser vice e nem prefeita. Um vereador bem entrosado com Emília disse que, quando ela não teve a indicação do Cidadania para ser a candidata a prefeita do grupo, ocorreu um esfriamento e desilusão em sua pretensão política para esse ano. De qualquer forma o melhor é ouvir Emília, porque integrantes do seu partido acham que ela pode ser a salvação do grupo à direita, disputando a Prefeitura de Aracaju.

O DEM é um partido muito forte no País e em Sergipe tem a senadora Maria do Carmo Alves. Mas há um problema: todas as siglas que falam em aliança com a legenda, sugerem o nome da delegada Georlize Teles para vice. Isso já não será mais possível. O presidente regional do partido, ex-deputado José Carlos Machado, anuncia agora que ela não está mais disponível para vice, só à prefeita. Aí vem Lúcio Flávio, que diz ter apoio real da ministra Damares Alves, e o deputado Rodrigo Valadares, único a ter acesso à fotografia ao lado de Bolsonaro, segunda-feira passada, quando ele esteve em Aracaju.

Todos eles não abrem mão de ser cabeça de chapa e têm certeza de que serão eleitos, com o voto cativo de toda a direita, hoje ao lado de Bolsonaro para o que der e vier, independente do estilo, caráter, seriedade e honestidade de quem ele ponha a mão na cabeça. Há um detalhe final: Bolsonaro revelou em rápida entrevista quando veio a Sergipe, que não fará indicações de candidaturas a prefeito e que já proibiu os seus ministros de se envolverem com as eleições deste ano. Mas isso não desanima a direita radical, que mantém a luta insana de disputar a Prefeitura, com certeza absoluta de que se elegem através do voto dos bolsonaristas alucinados.

Heleno e Belivaldo

O presidente de honra do Republicanos, Heleno Silva, acompanhado do pré-candidato a prefeito de Nossa Senhora da Glória, Jairo Santana, esteve ontem com o governador Belivaldo Chagas (PSD).

*** Belivaldo pediu que o Republicanos apoiasse a reeleição de Edvaldo Nogueira e Heleno disse que levaria a proposta ao Diretório Municipal para discutir com todos os pré-candidatos a vereador do partido.

Esteve com Jony

Ao sair da reunião com Belivaldo, o ex-deputado Heleno Silva foi à sede do Republicanos. Revelou a Jony Marcos o pedido de apoio a Edvaldo e queria uma reunião do Diretório ontem mesmo.

*** Presidente regional do Republicanos, Jony Marcos preferiu agendar a reunião do partido para segunda-feira pela manhã.

Sobre candidatura

O ex-deputado Jony Marcos, desde o início da semana, vem conversando com partidos da direita, para fazer uma composição em que o Republicanos indique candidato a prefeito de Aracaju e que o nome fosse o dele.

*** Jony teve conversa com os presidentes do DEM, José Carlos Machado; do PTB, Rodrigo Valadares, e do Patriotas, Uezer Márquez.

*** Só não conseguiu fechar composição para disputar a Prefeitura, porque nenhum dos partidos abriu mão de indicar o candidato a prefeito. Todos recusaram a vice.

Rony e Heleno

O presidente regional do Republicanos, Jony Marcos, disse ontem à noite que não existe qualquer aresta dentro do partido, principalmente entre ele e Heleno Silva.

*** – Nós dois temos entendimento de uma aliança consolidada, além de um respeito mútuo que geralmente leva a um bom entrosamento político.

*** Com isso, Jony encerra rumores de que haveria algum tipo de racha no partido.

Emília não entende

A vereadora Emília Corrêa (Patriota), que ainda mantém posição sobre disputar a pré-reeleição, Disse que não estava entendendo publicação do deputado Gilmar Carvalho (PSC), que apoia a pré-candidatura de Danielle Garcia (cidadania) à prefeita.

*** Gilmar antecipou decisão de Emília Corrêa (Patriotas) sobre as eleições em Aracaju.

Patriotas fará reunião

Sem pretender comparativo, a coluna Plenário publicou ontem que o Patriotas faria reunião hoje para ouvir Emília Correa e saber se ela mantém o desejo de disputar a reeleição ou se topa ser candidata à prefeita em uma compsição ampla.

***A reunião que o Patriotas faria antes “não chegou a ser concluída assim como a coletiva por conta do falecimento do meu irmão. Todos os compromissos daquela semana foram cancelados”, disse Emília.

Luiza e Funasa

A informação de que Luisa Ribeiro havia sido afastada do Funasa, órgão que dirige em Sergipe, não foi verdade. O que está havendo é um movimento em Brasília, sobre o afastamento do Solidariedade da base de apoio a Bolsonaro.

*** Alguns cargos passados para o SD já foram tomados em outros Estados, mas o deputado Gustinho Ribeiro (SD-SE) mantem-se ao lado do presidente.

*** Mesmo assim, não há absoluta certeza que Luíza vai permanecer no cargo.

Questão em Lagarto

Mulher do ex-prefeito Valmir Monteiro (PSC), Andrezza Nascimento, filiou-se ao PT e quer disputar vaga na Câmara Municipal de Lagarto.

*** O filho, Ibrahim Monteiro, é candidato a prefeito pelo PSC e a pergunta que se faz na cidade é: “se o PT disputar a Prefeitura, Andrezza fica com o partido ou com o filho?”

*** Tem mais: Quatro vereadores do PSC que disputam a reeleição em Lagarto e ligados a Valmir Monteiro, não aceitam que sua mulher também dispute o mandato.

Danielle e Rodrigo

A pré-candidata à Prefeitura pelo Cidadania, Daniella Garcia (Cidadania), quis tirar do ar um video produzido pelo também pré-candidato Rodrigo Valadares (PTB), que falava sobre corrupção e velha política.

*** Não conseguiu o seu objetivo e o vídeo continua no ar.

*** Danielle realmente aparece no vídeo, mas rapidamente, ao lado do senador Alessandro Vieira. Alegou que havia associação dela à corrupção. Os maldosos falam que foi porque ela apareceu ao lado do senador.

Tarantella e Georlize

O empresário João Tarantella (DEM) disse ontem que se filiou ao Democratas para ser candidato a vereador, vice-prefeito ou prefeito de Aracaju nas próximas eleições.

*** Lamenta que candidatos a prefeitos por outros partidos só queiram se coligar com o DEM se a delegada Georlize Teles, pré-candidata à prefeita, vá para vice.

*** Admitiu que “isso é um absurdo porque doutora Georlize é capaz e competente para administrar Aracaju”. E complementa: “caso ela aceite ser vice de outro partido eu me lanço candidato a prefeito e o DEM decide”.

Anda busca coligação

O ex-presidente da OAB, Henri Clay (Rede), disse ontem que está buscando, com afinco, uma coligação para viabilizar as condições objetivas para a disputa à Prefeitura de Aracaju.

*** – Temos até o dia 16 de setembro, mas até o final do mês creio ser o tempo ideal para definições. Existem possibilidades…

*** Quanto à exiguidade do tempo para estruturar uma composição, ele responde: “não tem vida fácil, amigo, mas não é impossível”.

Demagogia fácil

O líder do PT no Senado, Rogério Carvalho, acha que demagogia fácil é o que o Bolsonaro faz para enganar o povo.

*** E mais: “insensatez é não reconhecer o valor dos nossos heróis da saúde quando Bolsonaro vira as costas para os brasileiros”.

*** – Quem sabota o Brasil é Bolsonaro! Por causa da irresponsabilidade dele já são mais de 110 mil mortos!

Rogério e Prêmio

Senador Rogério Carvalho (PT) se declara “feliz pelo reconhecimento popular nos escolhendo entre os melhores Senadores do Brasil e o único de Sergipe”.

Rogério venceu o Prêmio Congresso em Foco e diz que “esse prêmio é de todos vocês que fazem, junto conosco, desse mandato um instrumento de luta do povo”!

Edvaldo conversa

O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) está conversando com partidos e fez reunião com o PDT, quando tratou da composição formada e do bloco firme que o apoia.

*** Vereadores candidatos à reeleição indicam Jorginho Araújo como candidato a vice, mas Edvaldo não fala nisso agora e acha que essa decisão deve ser do bloco.

Uma boa conversa

Sobre eleições – A impressão que se tem é que as eleições de novembro serão apenas a prefeito. Pouco se ouve falar na disputa por Câmeras Municipais.

Em isolamento – Segundo o portal “Bússola – Covid-19”, de Brasília, Sergipe está em 21º entre os demais Estados, no índice de isolamento social, com 36,47%.

Limite imposto – Os restaurantes de Aracaju ainda não estão bem frequentados pelo limite imposto. Mas os garçons e maitres estão bem preparados para atender a clientes com segurança.

Obedecem à risca – Os shoppings também obedecem à risca o que determina a vigilância sanitária para a circulação de clientes. A freqüência é de 50 por cento.

Difícil controle – Já os bares é de difícil controle nos locais mais frequentados. Embora na orla haja um grande movimentos e nas periferias da cidade.

Informa a TV – O senador Flávio Bolsonaro está ausente e em silencia. Ele recebeu 1.512 depósitos suspeitos em loja de chocolates.

Brasil/247 – Leonardo Boff lidera abaixo assinado de católicos progressistas contra direção da CNBB.

Loja inaugura – Em plena pandemia, inauguração de loja causa aglomeração e correria de clientes no Rio de Janeiro.