24/08/20 - 09:11:30

Adilson Júnior demonstra indignação e repúdio a pedofilia

A história da menina de 10 anos que foi estuprada pelo tio tem rodado todo o Brasil e virou o assunto mais comentado em redes sociais, jornais e outros.

Segundo informações, desde os 6 anos de idade, a menina que teve sua identidade preservada era abusada sexualmente por seu tio e acabou grávida.

Indignado com a situação, o pré-candidato a prefeito de São Cristóvão, Adilson Júnior, resolveu se pronunciar sobre o assunto.

“Infelizmente, por todo o mundo existem crianças vítimas de pedófilos. Sempre que me deparo com uma situação dessa, sinto grande revolta, nojo e raiva, ainda mais quando a sociedade inverte os papéis e o julgado começa a ser, também, a vítima”, declarou.

O pré candidato relatou ainda que, para se evitar mais casos de abuso infantil, é necessário que os pais conversem com os seus filhos e que as crianças tenham uma educação sexual  nas escolas, da forma que dê para identificar o crime.

“A infância deve ser o momento mais puro de todo o ser humano, todavia, existem ceifadores dessa inocência e não podemos cruzar os braços diante disso. O caso dessa menina veio como mais um alerta de que devemos agir para proteger nossas crianças e, até o momento, a melhor forma é por meio do diálogo entre pais e filhos, junto a uma educação sexual nas escolas, para que os pequenos aprendam a identificar quando houver algo de errado e não terem medo de denunciar”, opinou.

A educação sexual nas escolas ainda é um tabu para a sociedade brasileira e muitos a julgam como erotização. Todavia, como relatado por Adilson Júnior, é necessário que os pais reconheçam que esta é a forma mais eficaz de diminuir a vulnerabilidade infantil, perante a violência sexual.

“É necessário acabarmos com esse temor e finalmente ensina-los sobre autoproteção, consentimento, integridade corporal, dentre outros. Assim evitaremos mais inocências perdidas”, complementou.

Fonte e foto assessoria