24/08/20 - 12:18:17

MNSL realizou 2739 vacinações em recém- nascidos este ano

O projeto Corujinha garante que todos os bebês nascidos vivos saiam da MNSL com as Vacinas BCG e Hepatite B aplicadas

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), unidade gerida pela Secretaria do Estado da Saúde (SES), através do Projeto Corujinha, da Secretaria Municipal da Saúde,  garante que todos os bebês nascidos vivos saiam da MNSL com as Vacinas BCG e Hepatite B, aplicadas.  A instituição incentiva vacinação, no primeiro semestre de 2020 (Janeiro a julho), foram vacinados na Unidade 2.739 recém-nascidos.

A vacina aplicada é prevenir a tuberculose, doença transmitida pela saliva, materiais contaminados e causada pelo Mycobacterium tuberculosis, também chamado de bacilo de Koch.

A auxiliar de enfermagem do Projeto Corujinha, Jeyce Christina de Freitas, informou as escalas acontecem no período da manhã, tarde e todos os finais de semana na instituição,  em média 20 bebês são vacinados por dia.

“A BCG protege contra várias formas graves de tuberculose, e tem que ser dada logo ao nascer, mas só pode ser recebida por bebê acima de 2kg, os bebês abaixo de 2 kg, ficam esperando até atingir o peso necessário para receber a vacina”, explicou Jeyce.

A auxiliar de enfermagem  Michelle de Oliveira Nunes lembrou que a BCG também é administrada nos postos de saúde para as pessoas que são comunicantes da Hanseníase, que teve contato com hanseníase, também toma essa vacina BCG.

“A BCG é de extrema importância nos primeiros dias de vida e fez questão de comentar que as vacinas estão dentro do calendário vacinal até os dois anos de idade. São vacinados sempre os bebês com problemas crônicos internados por longa permanência no complexo neonatal, finalizou Michelle.

Informações e  foto ascom SES