28/08/20 - 00:53:12

Eleição a prefeito, com projeto ao Governo

Diógenes Brayner [email protected]

A próxima semana será de muita movimentação. Alguns ainda correndo para formação de composições e outros buscando nome para ser o vice, dentro do próprio partido. Tem também um ou outro que pode desistir da candidatura, exatamente porque não conseguiu formar um grupo e não tem estrutura eleitoral densa para imaginar disputando as eleições. O pré-candidato do PT, ex-deputado Marcio Macedo, filiado a uma legenda que sempre se saiu bem na Capital, ainda não fechou o seu bloco.

Da mesma forma, a Rede, que lança o advogado Henri Clay à disputa pela Prefeitura este ano, também está sem contar com uma outra sigla para lhe dar suporte. Há quem imagine que tanto Marcio, quanto Henri possa se unir e formar uma chapa. Acontece que um não aceita ser vice do outro. Lógico que isso é um problema que cria dissabores dentro das legendas e até incompreensões por parte dos candidatos, principalmente Marcio, que se sente “perseguido pela imprensa edvaldeana”.

Mas existe movimento no ar. O presidente do Patriotas, Uezer Márquez, mesmo com a candidatura da vereadora de Emília Corrêa resolvida, continua sendo procurado pelo Cidadania, DEM, Podemos e PTB/PSL. Está se virando nos trinta para definir um destino para o seu partido, através de uma decisão que conta com filiados que integram a chapa à Câmara Municipal. Uezer já esteve com o senador Alessandro Vieira (Cidadania), que deseja o seu partido integrando o bloco liderado pela delegada Danielle Garcia, pré-candidata a prefeita.

Otimista, Alessandro tem certeza que se contar com o apoio de Emília Corrêa ganha as eleições municipais no primeiro turno. Além disso, o senador tem projeto montado para 2022 e calcula que o bloco, se mantendo até lá, elege três deputados federais: Eduardo Amorim (PSDB), Valadares Filho (PSB) e Emília Corrêa (Patriotas). Além disso, deixa claro que tem planos de ser candidato a governador do Estado [o que não é novidade] e até admite que seu adversário possa ser o atual deputado federal Fábio Mitidieri (PSD), porque o também deputado federal Laércio Oliveira (PP), no seu entendimento, iria para o Senado Federal.

Além disso, a direção do Patriotas inicia hoje uma peregrinação para conversas com os pré-candidatos a prefeito de Aracaju Georlize Teles (DEM), Zezinho Sobral (Podemos) e Rodrigo Valadares (PTB). Os três devem expor aos pré-candidatos a vereador pelo Patriotas os seus projetos para a Capital, as condições para chegar à vitória e a integração com a legenda durante a campanha e no projeto de Governo. Só no final da reunião com todos é que o partido vai escolher a quem deve se somar, levando em consideração o desejo da maioria.

A delegada Georlize Teles (DEM) é um nome bem citado e até pode ser a candidata escolhida, mas percebe-se – dentro do Patriotas – que a preferência mesmo é pelo deputado estadual Rodrigo Valadares, cujo partido, o PTB/PSL, vinculado ao presidente Jair Bolsonaro, tem apoio dele. Detalhe: parte dos filiados do Patriotas veio do PSL.

Não há rejeição ao Cidadania, que até pode ser o escolhido, mas a maioria dos membros do partido não gosta e nem aceita uma composição com o senador Alessandro Vieira, embora nada tenha contra Danielle.

É essa a situação de agora, que só será definida após a reunião e anunciada imediatamente, o que pode decidir ou não mais uma chapa majoritária. Para que ninguém esqueça: o publicitário Lúcio Flávio (Avante) não será lançado pelo partido a prefeito de Aracaju. Certamente vai disputar vaga na Câmara Municipal, como pretendia antes.

Bares e restaurantes

Os bares e restaurantes que não cumprirem e respeitarem o protocolo para abertura editado pelo Governo, haverá um novo decreto fechando todos eles.

*** Na semana passada ocorreram abusos em alguns locais, tanto em Aracaju quanto em cidades do interior, mas já a partir de hoje a força tarefa vai às ruas e se não tiver tudo em ordem nenhum ficará aberto.

Registro de excesso

Segundo um dos técnicos do Governo, os cuidados devem ser adotados por todos para evitar um retorno do Covid-19 e asfixiar o sistema de saúde público e privado.

*** Acha que a responsabilidade é geral, onde se inclui donos de bares e restaurantes e dos frequentadores. Qualquer excesso levará ao fechamento total.

Belivaldo e Edvaldo

O governador Belivaldo Chagas (PSD) tem conversado muito com o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PDT), para a formação da chapa à Prefeitura de Aracaju.

*** As conversas são mantidas com muito cuidado para não criar arestas e o vice – segundo fonte bem avisada – estará mesmo entre Jorginho Araújo e delegada Katarina Feitosa.

*** Dia 12 de setembro, um sábado, será a convenção de todos os partidos que integram o grupo de apoio à reeleição de Edvaldo Nogueira.

Nome de Katarina

O nome da delegada Katarina Feitosa (PSD) começa a crescer dentro do grupo para ser candidata a vice-prefeita nas eleições de novembro.

*** Uma das razões é ter a presença de uma mulher, além da postura que ela demonstra para disputar o pleito.

*** O nome de Jorginho Araújo também é bem citado para compor a chapa majoritária liderada por Edvaldo Nogueira.

Republicanos e Edvaldo

Segunda-feira o Republicanos vai se reunir para avaliar a conversa que teve com o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) esta semana, e adotar uma posição.

*** A tendência é apoiar a reeleição do prefeito, o que será anunciado no mesmo dia.

Henri e candidatura

O ex-presidente da OAB-SE, advogado Henri Clay (Rede), disse que leu ontem em Plenário que poderia ser o candidato a prefeito, tendo Marcio Macedo (PT) como vice.

*** – Não estava sabendo de nada, disse e acrescentou: “Para mim, foi uma agradável novidade. Como você é bem informado…” – disse.

*** Henri Clay confirmou que houve convite do PT para ele ser o vice de Márcio Macedo, “mas fiz a mesma proposta para ele ser o meu e não houve avanço.”

*** Considerou que essa discussão está bem interna: “Ninguém entrou em contato comigo.”

É candidato a prefeito

Henri Clay (Rede) reafirmou que é pré-candidato a prefeito de Aracaju, porque essa é a prioridade do partido.

*** – Quanto ao vice, depende da coligação que fizermos. Mas já temos nome muito bom, caso tenhamos que sair com chapa puro sangue, disse. Estamos trabalhando para uma coligação.

Notícia plantada

No grupo social do PT na Internet, a notícia sobre uma candidatura de Henri Clay (Rede) a prefeito com Marcio Macedo a vice, teria sido plantada pelo colunista.

*** Alguns petistas acusaram que a coluna Plenário serve a Edvaldo Nogueira.

PSC sem vice

Jamais o PSC pensou em indicar nome para ser o vice do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), na disputa pela reeleição. “O partido chega para apoiar e ajudar”, disse André Moura.

*** – O PSC chega para ajudar e não quer ser mais um peso na composição da chapa, disse André e acrescentou: “queremos o que seja melhor para a reeleição”.

*** André Moura acrescenta que o PSC estará pronto para ajudar no que Edvaldo precisar na próxima administração.

Almeida é candidato

O ex-senador Almeida Lima, pré-candidato a prefeito de Aracaju pelo PRTB, surpreendeu-se com a informação de que Anderson Camilo também disputaria a Prefeitura pelo partido.

*** Almeida evitou se alongar no assunto, mantém sua pré-candidatura e deve realizar a convenção na próxima semana. O seu vice será o médico Luis Eduardo.

Rogério sobre Moro

O senador Rogério Carvalho (PT) pergunta: “você já imaginou uma partida de futebol onde o juiz usa a camisa do outro time, inventa falta que não existe e interfere toda hora no jogo para favorecer o time dele?

*** E responde: “foi isso que Moro fez. Ao condenar o ex-presidente Lula sem provas, interferiu no processo eleitoral para eleger Bolsonaro”.

Santa vacina

Bolsonarista, o subtenente Edgard disse que depois que a Polícia Federal começou a rastrear o dinheiro do Covid-19, prefeitos e governadores perceberem que não daria mais para meter a mão na grana.

*** – Com isso, os casos de covid19 caíram em todo país e o comércio está praticamente normalizado.

*** Santa vacina, essa Polícia Federal, disse…

Daniela movimenta

A pré-candidata à vereadora por Aracaju, Daniela Fortes (PSC), vem se movimentando junto ao segmento evangélico e tem uma “excelente receptividade entre os irmãos da fé”.

*** Daniela Fortes deseja dar continuidade aos projetos sociais iniciados pelo seu pai, o pastor Daniel Fortes.

Uma boa conversa

Catharina – “Tenho muita preguiça de duas coisas na vida: acordar cedo pra correr 5 km e discutir com homem feio”.

Revista Fórum – Filiado ao PT, Allan dos Santos acusa Lindbergh de disparo em massa e leva invertida: “picareta impostor”.

Blog do Noblat – De duas, uma: ou o vice-presidente Hamilton Mourão nada entende de Amazônia, ou entende, mas não pode falar a verdade sobre o que acontece por lá.

Paga benefícios – Auxílio emergencial: Caixa Econômica Federal inicia hoje o Ciclo 2 de pagamentos do benefício.

Gustavo de Almeida – Ao ler as diversas notícias “judiciais”, constato que está tudo de cabeça para baixo: foro, manifestações políticas, decisões contraditórias.

Paulo Pimenta – Eu quero entender porque a PGR arquivou a delação sobre acusação de propina a Januário Paludo, mentor da Lava Jato?

Vera Magalhães – Bolsonaro voltou completamente ao seu modo de sempre. Agora está defendendo a ditadura, criticando anistia, destilando boatos a respeito de adversários em sua live.

Aldo Melo – Meu Deus! Deputada acha que se estiver não escola, a criança não trabalha ou não usa drogas. Esse é o nível de quem torce contra o País.

Portal Terra – ministra Rosa Weber suspendeu ontem queixa-crime da ex-presidente  Dilma Rousseff contra Bolsonaro.