02/09/20 - 01:36:08

Pode ser um pleito ‘broxante’

Diógenes Brayner[email protected]

As eleições municipais de Aracaju estão muito confusas. Primeiro pela indiferença do eleitor, ainda amedrontado com uma pandemia que provocou mortes, desemprego, falências e desesperança. É certo que os números de casos da Covid-19 caíram em Sergipe, principalmente o de óbitos. Mas isso não caracteriza tranquilidade absoluta da sociedade, para enfrentar as urnas em novembro e ficar animada com nomes expostos a prefeito e vereador. Será uma eleição broxante, exatamente pela condição de cada um que teve de mudar hábitos em razão do vírus fatal.

Apesar dos cuidados que vem sendo tomados, o risco de um retorno da pandemia provoca medo. Tanto que, apesar da abertura de parte importante de segmentos sociais e econômicos, milhares de pessoas mantêm o isolamento social, lembrando que os cuidados com a transmissão ainda estão em uso, como máscaras, distanciamento, lavar as mãos com água e sabão, além, lógico, da recomendação do álcool em gel 70. Falta apenas 60 dias para o pleito e não se tem absoluta certeza de que as pessoas virem às páginas do período sofrido com o coronavirus.

Então, o quê pode acontecer na cabeça de boa parte do eleitor? Medo de infecção e a pergunta eterna sobre a importância do voto neste momento. Será que vale a pena? É provável que sim, mas o Natal, o Reveillon e o carnaval também não valem a pena? E mais: se é proibida aglomeração, por que não também na hora de sair para votar? Muitas dúvidas como “se todo o Brasil ficou em isolamento social por seis meses, por que liberar exatamente agora para o pleito”? Será complicado e é provável que o número de ausentes supere os presentes.

Mas, como disse no início do comentário, as eleições em Aracaju estão muito confusas. A 15 dias para o fim da realização das convenções, ainda não há definição da maioria das chapas, mesmo que oito nomes se anunciem como pré-candidatos, parte deles sem nenhuma razão ou proposta concreta que justifiquem a tentativa de disputar o mandato, inclusive com pouca prática política e desconhecimento total do que seja conquistar a simpatia e confiança da maioria. Tudo muito meio sem jeito e incompreensível, que não demonstra uma justificativa, senão a de entrar em uma apática aventura e chegar ao comando da Capital para colocar em prática tudo que não prometeu ao eleitor. Quer dizer: uma administração oca.

É provável que haja segundo turno. Dificilmente o pleito terminará com o vencedor de primeira. Um dos nomes que já está na ‘prorrogação’ será o do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), porque disputa a reeleição e – isso é voz geral – não realizou má administração. Mais dois ou três sinalizam para um provável confronto final e, para isso, pode-se citar as delegadas Danielle Garcia (Cidadania), Georlize Teles (DEM) e um terceiro que depende da reação partidária, Marcio Macedo (PT). Dos três só fica mais um.

Um ainda jovem, mas experiente, político disse ontem que está definido quem vai para o segundo turno. Confirma Edvaldo Nogueira e um dos três já citados acima. Seria uma delegada que, segundo ele, tem feito avaliações para consumo interno do seu grupo e percebe que às vezes perde, outras empata e em algumas perde por diferença que daria empate técnico. E revelou: os demais seis candidatos não somam o percentual de 6%.

Parece inacreditável, mas é a mais absoluta verdade…

Luciano em 2022

O ex-diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa e atual pré-candidato a vereador pelo PDT, Marcos Aurélio, vê com entusiasmo a possibilidade de o deputado Luciano Bispo disputar o Governo em 2022.

*** Marcos diz que “nos últimos cinco anos, Luciano deu provas que consegue dialogar com todos os segmentos da sociedade, desde os poderes constituídos, passando por diversas categorias de servidores públicos, até os pequenos produtores de camarão, lá no baixo São Francisco, e tem sido muito correto com o agrupamento que integra”.

*** Lembrou que Luciano Bispo “foi leal a Déda, quando apoiou seu Governo através do então, deputado Arnaldo Bispo. Foi parceiro de Jackson Barreto e tem sido correto com Belivaldo Chagas. Além de ser leal a todos os deputados”.

Henri é ‘candidatíssimo’

Henri Clay (Rede) disse ontem que “é pré-candidatíssimo” a prefeito de Aracaju. A chapa vai depender da composição e “vamos aguardar até a convenção”.

*** Antecipou que já tem nome muito bom do próprio partido para compor como vice, “caso tenhamos que disputar com chapa puro sangue.”

Sobre composição

Henri Clay informa que a prioridade da Rede é fazer uma composição e revelou que está conversando com o Partido dos Trabalhadores

*** – Há conversa ainda em aberto com o PT. Há proposta para vice, e a Rede propõe para ser o versa, brincou

Henri Clay flexiona

Antes inflexível em ser o candidato a prefeito, o advogado Henri Clay flexiona: “compreendo que não devemos nos ater à posição do cargo. O que está em disputa majoritária é o destino de Aracaju”.

*** Para ele, “o ideal mesmo seria uma união de centro-esquerda para vencer o projeto político da direita reacionária. Está na hora de termos uma discussão mais ampla e consequente.”

*** E explica: “a conversa até agora tem sido superficial e por demarcação de espaço. Isso é improdutivo. Não avança. Precisamos unir forças agora para construirmos o futuro”.

Convenção tucana

O PSDB realiza domingo, dia 6, convenção em Aracaju e vai homologar a chapa dos pré-candidatos a vereador na capital.

*** O partido oficializa apoio à chapa de Danielle Garcia (Cidadania) à prefeita, e Valadares Filho (PSB) a vice.

*** A convenção ocorrerá a partir das 9 horas, na sede do Diretório Estadual do partido e será presencial apenas para os convencionais.

Emilia e a dúvida

A vereadora Emília Corrêa (Patriotas) está nas redes em pré-campanha mais para disputar a Prefeitura do que a reeleição à Câmara Municipal.

*** Apesar de passar segurança que se manterá candidata à reeleição, ela denuncia ações públicas, aparece praticando exercícios e atua como se quisesses alguma coisa além de uma reeleição.

Médicos ainda na UTI

O Hospital Primavera ainda tem quatro médicos na UTI que foram infectados pela Covid-19 e que ainda preocupam.

*** Um deles está em estado muito mais grave que os outros três.

*** Hoje, entretanto, o médico ortopedista Marcão, que esteve em situação muito grave, recebe alta do hospital e volta para sua residência.

Conversas continuam

Os pré-candidatos a vereador pelo Patriotas devem conversar hoje com a pré-candidata a prefeita de Aracaju Danielle Garcia (Cidadania). Ontem, quem esteve com o Patriotas foi o pré-candidato Zezinho Sobral (Podemos) para expor suas propostas e projetos.

*** O partido deve concluir as conversas neste final de semana e anunciará com quem vai compor para disputar as próximas eleições.

Sobre as decisões

As informações circulam sobre preferência da chapa de vereadores do Patriotas. Ontem dois pré-candidatos a vereador revelaram o destino da legenda.

*** Um deles garantiu que já estava certa a composição com o Cidadania e um outro disse que a sigla havia decidido apoiar o DEM, embora ainda estejam conversando.

Ficar com quem?

A informação de pessoas ligadas ao Patriotas é de que o Cidadania estaria descartado em razão da maioria dos pré-candidatos a vereador não aceitar ficar ao lado do senador Alessandro Vieira.

*** A possibilidade de ficar com o DEM é porque Emília Corrêa já foi do partido, tem boa relação com membros da sigla e se dar bem com a pré-candidata à prefeita, Georlize Teles.

Questão da vice

Na conversa entre o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) e o Diretório Municipal do Republicanos não entrou em pauta qualquer discussão sobre a vice.

*** O Republicanos acha que a indicação deve ser feita pelo PSD.

PT vai com o DEM

Nos municípios “não tem disso não”. Em Poço Redondo, por exemplo, Democratas e Partido dos Trabalhadores fecham entendimento para a Prefeitura do município.

*** A decisão será hoje: Roberto Araújo (PT) a prefeito e ex-prefeito Ivan Rosa (DEM) a vice será definido pelas duas legendas.

Alessandro ri

O senador Alessandre Vieira (Cidadania) mata a curiosidade de algumas pessoas, inclusive eleitores, sobre a razão de sua sisudez em público.

*** – Costumo rir muito, mas com motivo. Normalmente estou em público falando sobre assuntos mais pesados, não acho que caibam risos, responde sério o senador.

Gilmar e Cincinato

O deputado Gilmar Carvalho (PSC) anunciou ontem que iria ouvir o pré-candidato a vereador de São Cristóvão, Cincinato Jr., para adotar uma posição de apoio a prefeito do município.

*** Cincinato recebeu vários telefonemas de eleitores da cidade, admirados com a sua importância junto ao radialista.

Pedrinho candidato

Pedrinho Barreto (PL) avisa que é pré-candidato a vereador de Aracaju e entra na pré-campanha. Atende a pedidos de amigos e seguidores.

*** Pedrinho está no bloco que apoia Danielle Garcia à prefeita de Aracaju e esteve vereador suplente, quando exerceu o mandato.

Sobre Dellagnol

Para o senador Rogério Carvalho (PT) “Dallagnol disse que entrou na Lava Jato por acreditar num Brasil sem corrupção, mas perdeu a capacidade de transformar este sonho brasileiro em realidade por praticar a corrupção.”

*** – Está na hora de impor limites a quem se julga acima da lei. Que sua atuação seja julgada e punida! – cobrou.

Coragem e sacrifício

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) fala da saída de Dellagnol da coordenação da Lava Jato, usando uma frase dele: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.”

*** Segundo Alessandro, “enfrentar o sistema corrupto exige coragem e sacrifício não só do combatente, mas de sua família e amigos”.

*** – Deltan Dellagnol é um herói brasileiro. As mentiras impulsionadas com dinheiro sujo não vão apagar a história, exalta.

Uma boa conversa

Sobre Lúcio – Será hoje que o Avante decide se lança ou não a candidatura do publicitário a prefeito de Aracaju. A tendência é para não.

Muito capital – A Jovem Pan divulga com exclusividade: Governador do Maranhão, Flávio Dino, gasta R$ 1,3 milhão em assinaturas da Carta Capital para escolas públicas.

Pela periferia – Valadares Filho (PSB), pré-candidato a vice-prefeito de Danielle Garcia (Cidadania) tem circulado com ela pela periferia da cidade.

Correio Brasiliense – STF conclui julgamento sobre posse do Palácio da Guanabara em ação movida pela Princesa Isabel.

Pensa em Federal – Deputado estadual Zezinho Sobral (Podemos) mantém a sua pré-candidatura a prefeito de Aracaju, pensando nas eleições a deputado federal 2022.

Vale muito – Está valendo valor muito alto a elaboração de pesquisas para indicar vitória de um candidato nas eleições de novembro.

Nova política – Depois que o ex-senador Eduardo Amorim (PSDB) traçou o perfil da “nova política”, o grupo da pré-candidata Danielle Garcia não se refere mais ao assunto.

Será candidato – O ex-governador Jackson Barreto (MDB) trata sobre política em vários municípios. Será candidato a deputado federal em 2022, mas por outro partido.

Alessandra Giseli – Câmara Federal rejeita todas as emendas e conclui aprovação da Lei do Gás, que segue ao Senado.