02/09/20 - 13:03:38

Prioridade não deveria ser eleição, mas a geração e manutenção de empregos 

Estamos iniciando um novo momento no pós-pandemia, que já caiu no “gosto popular”: o “novo normal”! E ele vem carregado de novos conceitos, que nos remontam a uma ampla reflexão sobre o que é mais importante, sobre o que é relevante em nossas vidas. Para muitos este instante pode representar o “fundo do poço”; para outros o início de uma “nova vida”, repleta de sonhos e desafios, a serem alcançados e superados, respectivamente.

Lá atrás, quando este colunista defendia a não realização de eleições municipais este ano, seria porque já pressentia que um pleito ainda com os “resquícios” da pandemia não representa democracia alguma, como “descrevem” os livros e alguns “teóricos”, e sim amplia a desigualdade social entre candidatos. É o que chamamos de “conhecimento de campo”, de “vivência eleitoral”, não de quem “sabe mais”, mas de quem “põe o pé na lama” e sabe muito bem como “as coisas funcionam”…

Nos próximos dias teremos as convenções partidárias, com muita expectativa por parte dos majoritários e bastante apreensão entre os candidatos a vereador; independente da pandemia, há uma mudança na regra importante: o fim das coligações proporcionais, ou seja, os partidos se unem para defender um prefeito e um vice, mas na prática, a eleição proporcional é cada com seus 36 nomes e ponto final! A concorrência agora é interna, o “inimigo” está sentado ao seu lado…

A expectativa de alguns majoritários é de mudar o cenário após o início da campanha; outros, com pesquisas internas nas mãos, já sabem o que devem fazem, com quem vão polarizar e com quem não devem se preocupar; no caso dos candidatos a vereador aí o cenário é outro: quem tem mais condições financeiras e maior agrupamento político, está à frente dos “marinheiros de primeira viagem” ou “aventureiros”! Eleição não é um “jogo” para amadores, mas para profissionais…

Mas voltando à pandemia (ou ao fim dela), hoje o momento não requer atenção para a eleição; se você percorrer as ruas, vai perceber que muita gente não está preocupada com quem será o prefeito ou prefeita, não tem nem disposição de escolher um vereador. Normalmente só se preocupa com isso quem já está “dentro” e não quer perder e aqueles que estão “fora” vislumbrando uma possibilidade de chegar. Nas ruas, não fossem os auxílios e ajudas do governo federal, teríamos uma “guerra civil”…

Não, não é exagero! Pais de famílias conseguiram se manter com essas ajudas e quem já não tinha o que comer ou de onde tirar, ainda parece não entender direito o que ocorreu. O momento é de pensar no pós-pandemia! Muitos “CPFs” se foram, mas muitos outros estão bem e dependem dos “CNJPs”! Quem verdadeiramente tem compromisso com o povo, o Estado e o Município onde reside, te que focar na geração e manutenção dos empregos! “Eleição” não trará solução para isso! Tenho dito…

Olha os lobos!

A coluna dá uma dica para a turma que gosta de fazer “caridade” nesse período do ano: o povão aprovou a ideia do governo federal de lançar a nota de R$ 200! Com a Amazônia “em chamas” e após a Semana Santa, a turma não quer ouvir falar “em onça ou peixe”! A moda este ano será o “logo-guará”! Tem muito “lobo” solto…

Denúncias pipocam!

Em tempos de pandemia, ainda com certo isolamento social, é bom alguns candidatos tomarem cuidado. Já começam a “pipocar” denúncias de “compra de votos” e das diversos formas imagináveis. Com o aparelho celular tem gente por aí afora fotografando, filmando e até gravando conversas…e conversas “vazando” nas redes sociais…

Veja essa!

Quando este colunista fala que existem investigações em andamento, aqui no Estado, não se trata apenas de políticos! Existem gestores (secretários e diretores de órgãos) e até autoridades, gente do Poder Judiciário, inclusive! “Os tempos são outros”, mas muita gente insiste em não acreditar! Depois…

E essa!

Chega a informação do “além” que pode ocorrer uma Operação da Polícia Federal e, Sergipe, ainda na primeira quinzena de Setembro! Este colunista não sabe ao certo onde e quando, nem se será no litoral ou no sertão! A única certeza é que tem gente que continua fazendo “traquinagens” por aí afora…

Bomba!

Chega a coluna a reclamação de alguns servidores da Secretaria de Estado de Inclusão Social, que não gostam do “tratamento dispensado” por João Andrade, aquele mesmo que foi secretário estadual e que hoje parece ser o “braço direito” da vice-governadora Eliane Aquino (PT). Além das perseguições reclamadas, a informação é que coube a João Andrade acomodar o pessoal de Eliane que havia sido exonerado da Prefeitura de Aracaju por Edvaldo Nogueira.

Exclusiva!

A informação, segundo os servidores, é que enquanto a secretária da Pasta ainda se preocupa em encontrar políticas públicas e programas sociais, quem realmente manda de fato por lá é João Andrade, inclusive quem paga e quem contrata.

Entenda o caso!

Para que o leitor entenda: se ele desejar contratar uma empresa “X” por dispensa de licitação ou a empresa “IAC”, por exemplo, como tem “carta branca”, João Andrade vai e executa! Os servidores defendem que a secretária de Ação Social precisa ficar atenta ao que acontece e verificar a prestação dos serviços que são contratados…

PT com Ibrain I

Durante uma reunião dos membros do Diretório do Partido dos Trabalhadores no município de Lagarto, o então pré-candidato a prefeito da cidade e presidente do Diretório, Flamarion Déda, defendeu o apoio da legenda à a pré-candidatura a prefeito do deputado estadual Ibrain Monteiro (PSC), o “Ibrain de Valmir”.

PT com Ibrain II

Ibrain celebra o apoio formal do senador Rogério Carvalho; do presidente estadual do PT em Sergipe, deputado federal João Daniel; do membro da Executiva Municipal de Lagarto; Antônio Carlos; e agora do presidente do Diretório, Flamarion Déda.

PT com Ibrain III

“O PT sempre foi muito importante e decisivo para o nosso agrupamento político em Lagarto, desde os tempos do saudoso Marcelo Déda (in memoriam) e do ex-presidente Lula, que tanto fez por Lagarto e que tanto ajudou a gestão de meu pai, o ex-prefeito Valmir Monteiro”, reconheceu Ibrain de Valmir, ressaltando a alegria com o apoio de Flamarion Déda.

Denúncia no STJ I

Ao longo dessa terça-feira a política de Sergipe “entrou em ebulição” com uma nova informação: o pedido de instauração de inquérito no Superior Tribunal de Justiça (STJ), pelo Ministério Público Federal, contra autoridades detentoras de foro por prerrogativa de função.

Denúncia no STJ II

Segundo a denúncia do MPF composta por relatórios técnicos de investigação, documentos e áudios obtidos em diligências de busca e apreensão, quebras de sigilo telefônico, bancário e fiscal, emergiram suspeita da existência de “um forte esquema de falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro” que teria como principal personagem a pessoa jurídica “Atos Dois Propaganda e Publicidade Ltda (Xeque Mate Comunicação e Estratégia).

Denúncia no STJ III

Segundo a denúncia a Xeque Mate Comunicação e Estratégia, junto com outras identificadas pelo MPF, “era voltada para a prática de ilícitos, com a utilização de empresas de fachada e de ‘testas de ferro’, possuindo como sócios pessoas com padrão de vida simples”. Tais empresas teriam supostamente prestado serviços a congressistas, no período de janeiro de 2014 a junho de 2018, emitindo notas fiscais com “fortes indícios de inconsistências”.

Sergipanos citados

Dentre os citados pelo MPF, constam o ex-deputado federal André Moura (PSC) e o atual deputado federal Fábio Reis (MDB). Ao analisar o processo, a ministra relatora Rosa Weber, declinou da competência para processar e julgar alguns citados, dentre eles, André Moura. Já sobre Fábio Reis a ministra autorizou a instauração de inquérito para a investigação dos fatos.

Fábio Reis I

Diante da instauração de inquérito, Fábio Reis se manifestou, por nota, relatando “estranheza e indignação com a informação publicada (originalmente) em reportagem do portal UOL, sobre a abertura de inquérito pela ministra Rosa Weber, do STF, por supostos indícios de utilização irregular da cota para exercício de atividade parlamentar por parte de nove deputados federais, um deles sendo a minha figura”.

Fábio Reis II

“Estou no meu terceiro mandato, com mais de R$ 575 milhões em investimentos em todo o Estado, atendendo às necessidades sociais, estruturais e educacionais dos 75 municípios, sempre pautado pela legalidade. Sempre prestei trabalho idôneo, e o que se consta no auto do processo aberto pela Suprema Corte se trata de uma nota no valor de R$ 200 utilizada para diagramação do meu informativo parlamentar no ano de 2013”, justifica Fábio Reis.

Jason Neto

Pegou a sociedade sergipana de surpresa nessa quarta-feira (2) o infarto fulminante que resultou no falecimento do vereador de Aracaju, Jason Neto (PDT). Ele se encontra em sua residência, quando sentiu o mal súbito. O Samu chegou a ser acionado, mas o radialista e jornalista não resistiu e veio à óbito. A coluna externa votos de pesar aos amigos e familiares por esta perda irreparável.

Direito de Resposta I

A Secretaria Municipal da Saúde vê com surpresa o editorial feito por este colunista que questiona uma possível “pressa” na montagem do Hospital de Campanha e que critica a “demora” em sua desativação. “Atualmente, Aracaju soma 33.283 casos confirmados e possui índice de isolamento social, 23,8%, conforme boletim de monitoramento do dia 1º de setembro”.

Direito de Resposta II

“Apesar da reabertura econômica e de uma aparente estabilização dos casos de coronavírus na capital, não é possível afirmar que a pandemia chegou ao fim, prova disso são os casos registrados diariamente, bem como os óbitos. Somente nessa terça-feira (1º), foram contabilizados seis óbitos, 103 novos casos, 203 estão internadas em hospitais e 1.439 estão em isolamento domiciliar. Diante dos números e das vidas expostas, a SMS optou pela cautela e pelo cuidado com a saúde da população, mantendo o Hospital de Campanha em funcionamento, com 60 leitos disponíveis e 25 respiradores para atender casos de baixa e de média complexidade”, diz a SMS em nota enviada a este colunista.

Direito de Resposta III

A Prefeitura de Aracaju ainda justifica na nota que “outro ponto é a parcela da população que apresenta anticorpos. Em uma semana de testagem IGG/IGM em espaços públicos, por meio do programa TestAju, foi possível verificar que cerca de 10% das pessoas apresentam anticorpos. Além disso, é importante destacar casos de municípios brasileiros e de outros países que voltaram a registrar crescimento de casos após uma estabilização de registros, a exemplo da região Sul de Minas Gerais, nas cidades de Alfenas e Pouso Alegre, conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais. Na Europa, França, Espanha e Itália registraram novos picos da covid-19”.

Outro lado I

Quem enxergou o “açodamento” da Prefeitura de Aracaju na construção do Hospital de Campanha não foi este colunista, mas os órgãos fiscalizadores, em especial o Ministério Público Federal, a CGU e a Polícia Federal, tanto que foi deflagrada a Operação Serôdio para investigar possíveis irregularidades na contratação da empresa responsável pela montagem.

Outro lado II

O assunto é tão sério que até o responsável por quase todas as licitações e dispensas da PMA foi afastado do cargo mediante decisão judicial. A pandemia não acabou, é verdade, mas o Estado e outros municípios estão reduzindo as estruturas montadas exclusivamente para a COVID. E convenhamos: se não tá “demorando”, pelo menos a PMA também não tá com aquela “disposição” em encerrar o contrato vigente…

Gilmar Carvalho I

Durante a sessão mista da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC), voltou a cobrar para que seja colocado em votação o projeto de lei de sua autoria que versa sobre a obrigatoriedade da vacina contra a COVID-19.

Gilmar Carvalho II

Gilmar disse acreditar que a proposta deverá ser votada ainda esta semana. “Tenho absoluta convicção que a proposta será votada ainda esta semana. Quero dizer que não apenas em Sergipe, mas no mundo inteiro existem graves problemas causados por essa pandemia”.

Gilmar Carvalho III

O deputado lamentou que a COVID ceifou a vida de um médico sergipano, o cardiologista e pediatra, Francisco de Assis. “Já ouvi apelos de pessoas que não aceitam a vacina de jeito algum; ocorreram manifestações públicas gigantescas, em Londres e na Alemanha, mundos civilizados, onde um grande número de pessoas não aceita a vacina”, comentou.

 Iran Barbosa I

O deputado estadual Iran Barbosa (PT) participou da sessão mista Assembleia Legislativa, para destacar a chegada do Setembro Dourado, criado para alertar os profissionais de saúde, pais, educadores e a sociedade em geral sobre a importância de se atentar aos sinais e sintomas sugestivos do câncer infatojuvenil.

Iran Barbosa II

“Este é um mês em que evidenciamos as campanhas de conscientização contra o câncer infanto-juvenil, buscando cuidar desse mal que afeta as nossas crianças e jovens”, disse o deputado, no sentido de contribuir para a detecção dos sintomas e tratamento precoce da doença.

Manifestação

O deputado também registrou a manifestação dos trabalhadores da rede pública de Saúde que se mobilizaram em um ato de protesto, em frente ao prédio da Saúde Estadual, organizado pelas centrais sindicais, onde os trabalhadores reivindicavam valorização salarial e respeito às condições de trabalho.

 Por valorização

“Esses profissionais foram elogiados e citados durante esse processo da pandemia. Eles estão denunciando o desrespeito com as condições de trabalho. Eles organizaram esse ato e eu quero me somar a todos que fazem parte, apelando que os gestores os priorizem por mais respeito”, completou o petista.

CIA de Artes

Por fim, Iran Barbosa saudou os integrantes da Companhia de Artes (CIA) Alese pelo aniversário de cinco anos. “É um grupo teatral fantástico ligado à Escola do Legislativo, e quero saudar todos os integrantes, estendendo todos os meus cumprimentos”, destacou, pontuando que a CIA de Artes iniciou suas atividades durante a gestão do presidente Luciano Bispo (MDB).

 Georgeo Passos I

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) participou da sessão mista da Assembleia Legislativa, nessa terça-feira (1º), quando da tribuna da Casa chamou a atenção para o período pós-pandemia de recuperação da economia e com os números já revelados pela FECOMÉRCIO (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe) sobre o fechamento de 950 lojas em Sergipe.

Georgeo Passos II

Para Georgeo o momento é de preocupação com a saúde e em salvar vidas, mas também é preciso focar nos “CNPJs”. “Chega a informação agora da Fecomércio que Sergipe perdeu 950 lojas no segundo trimestre deste ano. Pessoas encerraram suas atividades e, agora, com a retomada dos empregos, no pós-pandemia, vai ser muito importante a participação do governo do Estado, da gente encontrar formas de ajudar”.

Georgeo Passos III

Em seguida, o deputado pontuou que outras Assembleias Legislativas do País estão em condição mais avançada que a de Sergipe e entende que, por se tratar de um momento de transição, há uma preocupação que mais empresas passem por dificuldades em um cenário difícil que está porvir. “O próprio governo federal tem suas limitações e, em um determinado momento, os auxílios e ajudas cessarão. E nós temos que verificar como o governo do Estado está se preparando”.

Pode ficar pior

Georgeo alertou que o cenário de mais crise e de que a situação ainda pode ficar pior, com o comércio e outros setores da economia já sinalizando essa preocupação. “Temos que buscar meios e alternativas para evitar que novas empresas sejam fechadas, que a gente perca mais postos de trabalho. Esperamos que o governo também não queira aumentar a alíquota de tributos no próximo ano. Seria inaceitável pensar em aumentar tributos aqui no Estado”.

Cooperativas

Georgeo também saiu em defesa das Cooperativas de Transporte que vinham fazendo refis antes da crise e que, durante a pandemia, com o fechamento do comércio e dificuldade de locomoção, ficaram de três ou quatro meses no “vermelho”, tendo que cumprir com suas obrigações e pagamentos de impostos, além dos refis. “Estamos fazendo um apelo ao Secretário de Estado da Fazenda sobre informações a respeito de como se comportou o refis nesse momento de pandemia, quando essas pessoas, também tiveram que honrar seus compromissos com os salários de seus trabalhadores”.

Ribeirópolis

Por fim, o deputado fez um alerta ao presidente da DESO sobre o risco em que se encontra a caixa d’água da Companhia, que está desativada, no povoado Serra do Machado, município de Ribeirópolis. “A caixa d’água está em péssimo estado de conservação e isso já foi denunciado pelos moradores, passando em emissoras de rádio e tv. A qualquer momento pode ocorrer um acidente grave, como no incidente registrado em Nossa Senhora das Dores que resultou em óbito. Não queremos que aquilo se repita. Faço um apelo ao presidente Carlos Melo para que envie uma equipe e retire daquele local a caixa d’água fazendo a demolição”.

Setembro Amarelo I

A deputada estadual Goretti Reis (PSD) destacou a chegada do “Setembro Amarelo”. A parlamentar sugere que o governo do Estado intensifique as campanhas de divulgação do número 188 do CVV (Centro de Valorização da Vida). “Estamos recebendo materiais da UNALE neste sentido e é uma preocupação nossa porque, infelizmente, os casos de suicídios aumentaram nesta pandemia”.

Setembro Amarelo II

“Temos um requerimento para o governo pedindo que divulgue mais o número 188 do CVV que funciona 24 horas por dia, para pessoas que não têm com quem conversar e que atravessam um momento de crise, ociosas e vazias. Precisamos ajudar essas pessoas para que elas não cheguem ao extremo”, defendeu a deputada.

Alô Capela!

O ex-prefeito de Capela, Ezequiel Leite (PSD), em decisão em consenso com seus familiares, decidiu não disputar a eleição para prefeito do município em 2020. Dentro de um entendimento político, Ezequiel e seu agrupamento vão apoiar o pré-candidato Astrogildo da Farmácia (PODE), que disputará o pleito.

Com Astrogildo

Ezequiel agradece as manifestações de apoio que recebeu dos amigos capelenses, que vinham incentivando sua pré-candidatura, mas ele entende que o momento é de unificar a oposição “pelo bem de Capela” e reconhece em Astrogildo a única alternativa ética e que tem compromisso com o erário público.

Ezequiel Leite I

“Deixei a prefeitura de Capela no final de 2016 com os salários em dia, com os serviços públicos funcionando a contento, assim como a frota de veículos, e honrando todos os compromissos com os fornecedores. Não tivemos uma mancha sequer, atravessamos momentos difíceis, crises financeiras, mas priorizamos a gestão”, disse o ex-prefeito.

Ezequiel Leite II

Em seguida, Ezequiel lembra que foi sucedido por uma gestão desastrosa, com pessoas que já foram processadas e, até condenadas pelo Ministério Público e pelo Poder Judiciário, por mau uso do dinheiro público. “Capela perdeu seu brilho, a cada dia a população está mais entristecida, o sofrimento é grande. Temos uma prefeita que não vive a cidade, que não tem compromisso com os mais pobres e com as tradições”.

Ezequiel Leite III

“Como líder de um agrupamento, entendi que poderia contribuir novamente, mas os números mostravam um cenário favorável a Astrogildo. Sempre disse que tenho profissão, que não fiz e nem faço a política como meio de vida, de sobrevivência. E para unificar e ajudar a oposição, entendi que o momento é dele e vamos apoiá-lo”, completou o ex-prefeito.

Consenso familiar

Ezequiel explicou que a decisão de não disputar a eleição foi em consenso com sua mãe, sua esposa e seus filhos. “O que me conforta neste momento é receber o apoio de minha família. Quero dizer também que continuarei trabalhando e morando em Capela, tocando meus negócios, participando ativamente da vida política da cidade. Tenho compromisso com essa gente! A cidade precisa sair do atraso e vamos nos dedicar à campanha de Astrogildo de agora em diante rumo à vitória nas urnas”.

PSDB

O Diretório Municipal do PSDB Aracaju realiza, neste domingo (6), a convenção que vai homologar a chapa dos pré-candidatos a vereador na capital. Além disso, o partido oficializará o apoio à chapa encabeçada pela pré-candidata a prefeita de Aracaju, Danielle Garcia (Cidadania), com Valadares Filho (PSB) vice. A convenção ocorrerá a partir das 9h, na sede do Diretório Estadual do PSDB, e será presencial apenas para os convencionais.

Acácio Cardoso

“Contamos com nomes que, em sua maioria, estarão disputando pela primeira vez uma eleição, mas que têm o compromisso e o desejo de trabalhar por uma Aracaju melhor, pois conhecem a nossa cidade e vivem diariamente os seus problemas”, afirma o presidente do PSDB Aracaju, Acácio Cardoso.

Cidadania de Lagarto

O Diretório Municipal do Cidadania em Lagarto informa que sua convenção eleitoral será realizada no próximo dia 7, quando será lançada a chapa com Nininho da Bolo Bom para prefeito e a professora Iara Fukano para vice. O pré-candidato a vereador, Itamar Santana, construiu esse projeto de candidatura majoritária na cidade.

Pizza, não!

Pré-candidato a vereador de Aracaju pelo DEM e bolsonarista “de carteirinha”, o empresário João Tarantella “soltou cobras e lagartos” contra o Avante e o pré-candidato a prefeito de Aracaju, Lúcio Flávio, em um vídeo que circula nas redes sociais. Diante da iminência do partido se somar ao projeto de reeleição do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), Tarantella não perdoa Lúcio que vinha se intitulando em Sergipe como “o candidato a prefeito do presidente Jair Bolsonaro”. Isso ainda vai dar o que falar e essa confusão, certamente, não terminará em pizza..

Alô Estância!

Quem está determinado a vencer a eleição este ano é o jornalista Cláudio Vasconcelos (PSC), o “Cláudio da Colônia Rio Fundo III”. Ele disputa uma cadeira na Câmara Municipal de Estância e quer ser a referência da zona rural da cidade.

APMAJU

A Associação dos Procuradores do Município de Aracaju (APMAJU), instituição conhecida por sua atuação em defesa dos direitos da categoria, que trabalha em prol da sociedade aracajuana, é também mais uma apoiadora da campanha “Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica”, uma iniciativa lançada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“Sinal vermelho”

O objetivo da campanha é incentivar denúncias por meio de um símbolo: ao desenhar um “X” na mão e exibi-lo ao farmacêutico ou ao atendente da farmácia, a vítima poderá receber auxílio e acionar as autoridades. A causa foi abraçada pela instituição e pelas Procuradoras Municipais de Aracaju, que se somaram à luta contra a violência doméstica, posando para as fotos com o símbolo, que se tornou um pedido silencioso de ajuda.

Arício Andrade

“Essa é uma campanha valorosa e que deve ser abraçada por toda a sociedade. A APMAJU se soma à causa e incentiva o engajamento de todos os cidadãos, de modo que possamos ampliar cada vez mais a rede de proteção às vítimas de violência doméstica. É um dever de todos zelar pela proteção daqueles que, de alguma forma, estejam em situação de vulnerabilidade. Esse apoio faz toda a diferença”, afirmou Arício Andrade, presidente da APMAJU.

10 mil farmácias

A ação conta com a participação de quase 10 mil farmácias em todo o país e é uma resposta conjunta de membros do Judiciário ao recente aumento nos registros de violência em meio à pandemia. Após a denúncia, os profissionais das farmácias seguem um protocolo para comunicar a polícia e o acolhimento à vítima. Balconistas e farmacêuticos não serão conduzidos à delegacia e nem, necessariamente, chamados a testemunhar.

Feminicídio
De acordo com dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o índice de feminicídio cresceu 22,2% nos meses de março e abril deste ano. Já as chamadas para o número 180 tiveram aumento de 34% em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo balanço do governo federal.

Avosos I

Chegou o mês de Setembro e mais uma vez a Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (Avosos) abraça o Setembro Dourado, que é uma campanha idealizada pela Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (Coniacc). O objetivo é chamar a atenção, em todo o Brasil, sobre a importância do diagnóstico precoce para uma boa evolução do tratamento do câncer infantojuvenil, por meio da divulgação ampla dos sinais e sintomas mais comuns de suspeita da doença.

Avosos II

“Durante todo mês vamos intensificar a divulgação dos sinais e sintomas de suspeita da câncer, na intenção de orientar, principalmente, os pais no reconhecimento desses sintomas. Este ano, a Avosos reativou seu Ambulatório de Triagem, acolhendo crianças e adolescentes de 0 a 19 anos encaminhadas pelas Unidades Básicas de Saúde. O serviço disponibiliza gratuitamente consulta com pediatra e todos os exames necessários para a confirmação ou não da doença. O câncer Infantojuvenil tem maiores chances de cura quando descoberto rapidamente, e o paciente passa por procedimentos menos invasivos e dolorosos”, informa a psicóloga Raquel Bezerra, coordenadora do Projeto Diagnóstico Precoce da Avosos.

Wilson Melo

O presidente da Avosos, voluntário Wilson Melo, que tem acompanhado de perto há 34 anos diversas histórias de crianças e adolescentes com câncer, ressalta que um dos grandes desafios para o diagnóstico precoce é a identificação dos sintomas, que se confundem com os de outras doenças. “Os pais, avós, tios, professores, enfim, cuidadores de crianças e adolescentes precisam ficar alertas e observar alguns desses sintomas de suspeita. Na dúvida, é importante ainda consultar sempre uma segunda opinião médica. Quem precisar de ajuda, orientação, apoio, pode procurar a Avosos, pois esta é a nossa missão”, pontua o fundador da instituição.

Diagnóstico precoce

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), anualmente, cerca de 12.800 casos novos em menores de 19 anos são diagnosticados no Brasil por ano. Quando a doença é descoberta em fases iniciais, as chances de cura podem chegar a mais de 80%. Além do diagnóstico precoce, outras ações são fundamentais para esses resultados, como o tratamento em centro de referência e o apoio social. E é acreditando nisso que a Avosos desenvolve seu trabalho, oferecendo suporte e assistência integral a crianças e adolescentes com câncer e suas famílias.

Externato São Francisco

O cantor Gustavinho Playboyzinho visitou o Externato São Francisco de Assis e foi recebido por Irmã Mabel. Na ocasião, o artista fez a doação das cestas básicas que foram arrecadadas durante a sua Live ‘Sextou com o Playboyzinho’ em prol da Instituição. Gustavinho vai abrir a Live Solidária da Feijoada Beneficente neste sábado (5), a partir das 12h no canal do Youtube do Externato, e está preparando um repertório especial.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

[email protected] e [email protected]