04/09/20 - 06:06:06

Márcio Macêdo conhece projeto de incentivo à leitura no Santa Maria

Biblioteca comunitária foi criada pelo professor Val Saha e é a primeira totalmente acessível do bairro

O analfabetismo atinge mais de 11 milhões de pessoas no Brasil. O número é alto e representa, segundo o Instituto Brasileiro de Geografica e Estatística (IBGE), 6,8% da população total do país, com uma tendência ainda maior quando se fala em analfabetismo funcional – que são aquelas pessoas que sabem ler e escrever, mas que são incapazes de entender ou interpretar aquilo que foi lido. Neste sentido, segundo o Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf), em 2018, 30% dos brasileiros fazem parte desse índice.

Uma das formas de se combater a problemática é incentivar, desde muito cedo, a leitura, sobretudo às relacionadas aos conteúdos escolares. Assim, as crianças e adolescentes tendem a assimilar melhor o conhecimento adquirido em sala de aula e, consequentemente, têm um melhor rendimento.  No bairro Santa Maria, em Aracaju, o pedagogo Val Saha criou a Biblioteca Comunitária Professor Ivan Santos Araújo. E a partir dessa iniciativa, crianças têm a oportunidade de estudar e ter acesso a livros para sua formação. O que pode contribuir com a redução dos dados negativos que assolam a educação nacional.

“Essa é a primeira biblioteca comunitária do bairro que é inteiramente acessível. Criamos o projeto porque sentimos a necessidade de levar conhecimento ao povo do Santa Maria, o povo periférico. Quem ler bem, se expressa bem. Na minha infância não tinha essa liberdade, essa oportunidade de ter um espaço para a leitura e, por isso, sei que essas crianças necessitam disso também. Por isso, a gente criou o projeto para dar a oportunidade que um dia eu não tive para essas crianças aqui da comunidade”, explicou o pedagogo.

O pré-candidato a prefeito de Aracaju, Márcio Macêdo (PT), foi conhecer o local nesta quinta-feira, 03. Ele exaltou a iniciativa, pois entende que, na ausência de investimentos do poder público, a comunidade mostra a sua força. “O que vi foi uma experiência muito interessante de iniciativa de um jovem nascido e criado no bairro Santa Maria, que conseguiu furar o cerco e virar pedagogo. Ele está construindo, com ajuda do professor Ivan, uma biblioteca comunitária para ajudar as crianças do Santa Maria a ter acesso a leitura. Ainda está na fase inicial, já teve doações de livros e hoje vim doar alguns livros para contribuir com o processo de consolidação”, disse.

Para o petista, a literatura é um dos principais canais de libertação da humanidade. “A leitura liberta a alma, as mãos que semeiam livros, semeiam liberdade e semeiam conhecimento. São iniciativas como essa que valem a pena o poder público municipal incentivar e ajudar, por isso que o nosso projeto é cuidar das pessoas”, acrescentou.

O homenageado, professor Ivan, se diz orgulhoso em ver seu nome no projeto. “A leitura sempre foi a principal arma da minha vida. Quando eu era menino, não tinha condições de ter um livro e isso foi muito difícil para mim. Mas a primeira vez que vi um livro, foi como se eu tivesse visto o mar pela primeira vez. Aquilo ali me abriu um horizonte muito grande e, a partir daí, comecei a ler e a escrever. Aquilo melhorou a minha vida de uma forma surpreendente. É muito importante para uma criança pegar um livro para ler, porque, quando ela pega esse livro, ela conhece o mundo, abre uma janela para um novo mundo e começa a ver a vida de outra maneira”, revelou.

“Essa biblioteca vai ajudar essas crianças, assim como os livros ajudaram na minha infância. A leitura pessoal, para mim, foi uma coisa fantástica e eu acredito que vai ser fantástico também para as crianças da comunidade do Santa Maria, porque nada se compara a leitura. Quando você pega um livro para ler, você pega um mundo em suas mãos e eu acho que essa iniciativa será extremamente importante para cada criança”, finalizou o professor.

Fonte e foto assessoria