05/09/20 - 07:40:34

GRITO DOS EXCLUÍDOS DENUNCIARÁ EXTERMÍNIO DA JUVENTUDE NEGRA EM SERGIPE

Por: Iracema Corso

No dia 7 de setembro, a 26ª edição do Grito dos Excluídos trará o tema: ‘Vida em 1° lugar. Basta de Miséria, Preconceito e Repressão! Queremos Trabalho, Terra, Teto e Participação!’.

Em Aracaju, a concentração está marcada para 8h da manhã, na segunda-feira, na Pça da Igreja Pio X, em frente ao Colégio Ivo do Prado (antigo Colégio Valadares), no Bairro 18 do Forte. De lá, os trabalhadores sairão em marcha até o bairro Cidade Nova.

No ato, o Fórum das Entidades Negras de Sergipe vai lançar a campanha ‘Negros e Negras pela vida e contra a violência policial e o genocídio da juventude negra’.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), Roberto Silva, afirmou que o ato vai chamar a atenção para a necessidade de uma independência efetiva do povo brasileiro e do Brasil com respeito a todos e todas, com o Estado tratando o cidadão com dignidade.

“O Brasil só será realmente independente quando a população jovem e negra for respeitada. Quando toda a população tiver garantidos os seus direitos e a sua dignidade humana respeitados em todos os aspectos, então poderemos realmente comemorar independência. O Estado não pode simplesmente assassinar a nossa juventude negra e não prestar satisfação à sociedade sobre estes crimes”, ressaltou Roberto Silva.

Vidas Negras Importam

Neste ano, o Grito dos Excluídos sai em caminhada do bairro 18 do Forte até o bairro Cidade Nova para denunciar os casos de abuso de autoridade, violência policial e extermínio da juventude negra que ocorrem principalmente na periferia de Aracaju.

Assim, o Fórum de Entidades Negras farão a denúncia e vão cobrar respostas sobre o assassinato de Clautenis José dos Santos, 37 anos, jovem negro, designer, estava voltando para casa através de um dos aplicativos de corridas, quando o carro foi interceptado pela polícia que disparou tiros contra Clautenis sem que ele tivesse direito à defesa, ele morreu no local. Há aproximadamente 1 ano ocorreu o assassinato que segue sem qualquer resposta ou satisfação do Estado.

Também será denunciado o assassinato recente, no Bairro Cidade Nova, do jovem Anthony Sheldon, de 22 anos, executado pela polícia. No vídeo da execução – amplamente divulgado no aplicativo WhatsApp – a vítima já estava rendida quando os disparos foram efetuados.

Acesse o Instagram do @forumnegro.se e confira a matéria completa sobre o lançamento da campanha ‘Negros e Negras pela vida e contra a violência policial e o genocídio da juventude negra’.