08/09/20 - 11:06:34

Diretoria de Educação da região Centro-Sul realizará busca ativa escolar

A Diretoria Regional de Educação 2 (DRE 2), responsável pelas unidades escolares da região Centro-Sul de Sergipe, realizará na próxima quarta-feira, 9, um encontro formativo por meio do Google Meet, às 14h, intitulado Busca Ativa Escolar e Acompanhamento Pedagógico.

O público-alvo são os gestores e coordenadores das unidades escolares circunscritas à DRE 2. O evento tem como objetivo combater o abandono escolar, buscando encontrar soluções para superar as barreiras e dificuldades de alcance dos estudantes durante as aulas não presenciais, de modo a garantir a permanência e a aprendizagem. Por isso, os serviços devem envidar todos os esforços para garantir o atendimento possível e necessário que cada caso exige.

De acordo com Franciele Costa, técnica responsável pelo Busca Ativa na DRE 2, por meio do Guia Busca Ativa Escolar em Crises e Emergências, lançado pelo Unicef, recomenda-se a revisão da estratégia para responder às necessidades impostas pela pandemia, reorientando as ações tanto no período de aulas não presenciais como no seu retorno presencial. “As escolas precisam ganhar um papel central, contando com apoio de uma rede intersetorial mais ampla para que consigam identificar estudantes em risco de abandono”, disse.

“Para os momentos de emergências e crises, os próprios profissionais das escolas ganham um protagonismo fundamental para a Busca Ativa Escolar. Serão cadastrados na Plataforma da Busca Ativa Escolar, onde os professores irão atuar como agentes comunitários, e a equipe diretiva (coordenador pedagógico, diretor, pedagogos) ficarão na função de técnicos verificadores”, completa Franciele, enfatizando a potencialização do papel da escola na Busca Ativa Escolar, a fim de que os agentes educacionais atuem ativamente para prevenir ou mitigar o abandono escolar.

Para a diretora da DRE 2, Daniela Silva, a pretensão é conectar diferentes setores públicos dentro dos municípios para ajudar a levar meninas e meninos às aulas não presenciais, dando às crianças e aos adolescentes a chance de manter o vínculo com a escola, estudar e prosseguir. “É necessário que, nesses momentos de crise, a rede de proteção social esteja mais do que nunca alerta, fortalecida e atuante para que todos os estudantes sejam atendidos pelos serviços públicos e tenham seus direitos integralmente garantidos, sobretudo o direito à educação”, concluiu.

A iniciativa é fruto da parceria entre o Acompanhamento Pedagógico e o Busca Ativa Escolar da DRE 2. ” A parceria é resultado de um olhar de inquietação da nossa equipe frente aos desafios de alcance e devolutiva dos estudantes durante as aulas não presenciais. A nossa máxima tem sido não insistir nas mazelas, mas sentir-se incomodados por elas e assim irmos em busca das possíveis soluções. Entendemos como fundamental fortalecer relações e estabelecer uma visão integradora para que possamos arquitetar os próximos passos, na certeza de que o problema existe, mas o caminho é procurar a solução”, disse Cleciane Santos Alves, coordenadora do Acompanhamento Pedagógico, vinculado ao Serviço de Planejamento e Ensino da DRE 2.

Assessoria de Comunicação da SEDUC