14/09/20 - 07:32:38

Pesquisador lançará livro sobre Plebiscito, Referendo e Direitos Humanos

Lançamento será virtual e acontecerá na semana da Proclamação da República, no dia 11/11.

Por Raquel Passos e Quésia Cerqueira

O procurador municipal Filipe Cortes de Menezes, mestre em Direitos Humanos (Unit) , especialista em direito público pela Universidade Norte do Paraná, se prepara para o lançamento de seu próximo livro, fruto da dissertação de seu mestrado. Intitulada “Plebiscito, Referendo e direitos humanos”, a obra será lançada, no dia 11 de novembro, pela editora Lumen Juris, em uma Live no perfil oficial do autor no Instagram (@filipe.c.menezes).

De acordo com o autor, a intenção é analisar a abordagem do o plebiscito e referendo na Constituinte de 1988, na democracia e nos direitos humanos. “A ideia para compor a obra foi ampliar a visão, pensar na América Latina, estudar outros países que utilizam o plebiscito como mecanismo democrático e fazer comparações do que aconteceu nesses lugares que falam espanhol em relação aos utilizados no Brasil”, explica Felipe Menezes.

Para essa análise, foi preciso dedicação durante a pós-graduação stricto sensu. “Nós, como professores de mestrado em Direitos Humanos, queremos que nossos alunos pesquisem e compartilhem suas pesquisas com a comunidade acadêmica e com a comunidade em geral. É um processo que leva bastante tempo, eu orientei e acompanhei Filipe durante dois anos. Sempre o incentivando a participar de congressos, seminários para apresentar as ideias que ele tinha ao iniciar a pesquisa”, considera o professor Francisco Espinoza.

E deu certo. “Ter participado do evento ‘Ciclo de debates sobre Direitos Humanos na América Latina’, organizado mensalmente pelo professor Francisco, evento que conta com a presença de professores também da Europa e Brasil, para falar de política, Direitos Humanos e questões indígenas, contribuiu para a produção do livro”, pontua o autor Felipe Menezes.

O livro ‘Plebiscito, Referendo e direitos humanos’ que será lançado na semana da Proclamação da República pode ser adquirido pelo site da Amazon ou no da editora Lumen Juris.

Sobre o autor

Filipe Cortes de Menezes que já foi membro da comissão de estudos constitucionais da OAB Sergipe, tem em seu currículo a publicação de diversos artigos científicos, inclusive com publicação na revista do Tribunal Superior Eleitoral.

Agora, Felipe terá sua terceira obra literária com autoria exclusiva – “As normas de Aracaju à luz da Constituição Sergipana (2008)”; e “Controle concentrado no STF: mais do que objetivo, precisa ser célere (2017)” foram as duas anteriores.