15/09/20 - 00:01:26

Direita assume posição conservadora

Diógenes Brayner[email protected]

O bolsonarismo em Sergipe – e no País – tem vertentes políticas que não se unem. Atuam com as mesmas características, defendem os mesmos princípios, mas não se ajustam quando tentam se organizar. Não há diferença no pensamento, todos idolatram mais o estilo do que as posições em si. Entretanto, há apenas um detalhe: todos querem ser mais bolsonaristas que os outros. Chamam para si o que o presidente prega, defende, e põe em prática. É um toque diferente que não dá bem para identificar, porque um se sente mais fiel do que o outro.

Em Aracaju tem dois nomes que disputam a Prefeitura clamando para si mais afinidade com o presidente do que o outro, mesmo que o próprio Bolsonaro já tenha anunciado oficialmente que não vai participar de campanhas eleitorais nos municípios em todo o Brasil. Os ministros também estão proibidos, mas há quem diga que tudo isso não passa de balela, porque fica difícil controlar influências do Planalto a candidatos do interesse da direita radical nos Estados.

Há sempre uma forma de burlar orientações, mesmo que venham do próprio presidente.

As divergências da direita têm menos explicações das existentes principalmente no Partido dos Trabalhadores. Com várias tendências, todas dentro da visão ideológica de cada grupo, havia e ainda há entendimento diferente do que desejava para o PT nas eleições. Os chamados congressos petistas eram um cenário de discussões ásperas, com cada um dos blocos defendendo atos, ações e nomes diferentes dentro do partido. Mas havia uma vantagem: o que fosse aprovado no congresso, todos seguiam e iam para a luta.

Entretanto, nas eleições municipais deste ano em Aracaju, pela primeira vez, a direita radical e ideológica assume essa condição e parte para o confronto político, mesmo que dividida. Há poucos anos, os políticos e os eleitores negavam que tendiam à direita. Por receio ou vergonha. No pleito deste ano a Prefeitura de Aracaju, os direitistas têm orgulho do que são e vão à luta sem preconceito, inclusive expondo suas ideias de caráter elitista e conservador. Faz parte desse jogo a divisão ideologia dos lados, que antes fingiam ser de “centro alguma coisa”.

Em Aracaju, este ano, a disputa será entre esquerda, centro esquerda, direita e centro direita, todos contra um e outro, tendo como vitrine o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), exatamente porque disputa a reeleição, mandato que todos desejam. As ideologias desta vez se conflitam – de todos os lados – mesmo que isso prejudique tendências progressistas que deram certo.

Extra: Péricles na vice

Haverá surpresa na formação da chapa do DEM para disputar a Prefeitura de Aracaju, que só deve ser anunciada pelo partido nas próximas horas.

*** O candidato à vice de Georlize Teles será o ex-comandante da PMSE, coronel Péricles. Muito dificilmente não será ele.

*** Por coincidência, coronel Péricles comandou a PMSE no período em que Georlize foi secretária de Segurança.

Ministros fora do pleito

Segundo o Globo, o aviso público do presidente Jair Bolsonaro de que não vai participar do primeiro turno das eleições municipais desse ano serve também como diretriz para os seus ministros, inclusive os que têm aspirações públicas para 2022.

*** A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, também vai seguir a orientação do presidente Bolsonaro.

Damares em Aracaju

Em Aracaju, entretanto, o candidato do Avante, Lúcio Márcio, deixa passar, com certa discrição, que tem apoio direto de Damares Alves. Ela teria conversado com a direção do partido em Aracaju, pedindo por Lúcio.

*** Tanto que o vice na chapa do Avante é Davi Calazans, que deixou a Secretaria do Conselho de Direitos Humanos, da ministra Damares, para formar a chapa.

Rodrigo e Patriota

O candidato a prefeito pelo PTB, Rodrigo Valadares, ficou animado ao receber apoio do Patriota. Também estará com o PSL e praticamente fechado com o PMN.

*** Rodrigo não conta com todos os bolsonaristas, que até o momento não fecharam com ninguém. Também recebe criticas de grupos que seguem o presidente.

*** Os bolsonaristas estão divididos em Sergipe e não há uma decisão sobre o nome com o qual vão seguir.

Um detalhe único

O Patriota passou aproximadamente 15 dias para anunciar o escolhido para dar apoio e, no final, a decisão ficou entre o deputado Rodrigo Valadares (PTB) e a delegada Georlize Teles (DEM).

*** Rodrigo foi o escolhido, mas Georlize teve a preferência de muitos dos membros do Patriota, desde o começo das reuniões.

Frente Conservadora

Rodrigo Valadares, candidato a prefeito de Aracaju pelo seu partido, o PTB, mais o Patriota, PSL e PMN formam a primeira Frente Conservadora de Sergipe.

*** A Frente tem como compromisso defender o presidente Bolsonaro e dar uma opção conservadora e de direita à população.

Divisão em Laranjeira

Em Laranjeiras há uma divisão da família Franco, em relação às candidaturas municipais. O ex-deputado Marco Franco apoia Juca de Bala a prefeito.

*** Já o seu tio, empresário Osvaldo Franco, indicou um funcionário da Usina Pinheiro para vice de Alexandre Sobral.

Convenção do PSDB

O PSDB realizou convenção em Laranjeira e foi a mais prestigiada do Estado, porque teve a presença de todos os candidatos que disputam a Prefeitura municipal.

*** É que o Dr. Ricardo, candidato a vereador pelo PSDB, não vota em nenhum candidato a prefeito, mas o partido liberou os outros candidatos a apoiarem qualquer um deles.

Fazer botequim de compadres

O senador Rogério Carvalho (PT) disse que o presidente Jair Bolsonaro não quer fazer reforma e sim demolir o serviço público brasileiro.

*** E pergunta: “quê reforma é essa que tira do trabalhador concursado para entregar para o privilegiado que ganha acima do teto Constitucional”?

*** – Bolsonaro quer fazer da máquina pública, um botequim de compadres!

Está muito cedo

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) teve o seu nome citado em vários grupos, por lideranças políticas do interior, sugerindo sua candidatura ao Governo em 2022.

*** Sobre isso, Mitidieri admite que esteja muito cedo e disse que 2022 não pode atropelar 2020. “Mas fico feliz com a lembrança do nosso nome,” disse.

Uso da Metralhadora

O senador Alessandro Vieira (Cidadania), semana passada, usou sua “metralhadora” para detonar toda a bancada federal e o Governo, num estilo que surpreendeu até mesmo seus aliados.

*** Agora Alessandro está “mergulhado” porque cuida das convenções do seu partido em todo Estado.

Campanha sobe à cabeça

Sobre o que falou Alessandro Vieira, o deputado Fábio Mitidieri disse que tem respeito pelo senador e acha que ele foi infeliz em suas declarações.

*** – Nossa bancada federal é unida e aguerrida. Vejo todos buscando ajudar Sergipe, cada um a sua maneira, disse Fábio.

*** O deputado disse ainda que “talvez a campanha municipal tenha lhe subido à cabeça, não sei! Espero que tenha sido apenas um momento ruim dele”.

*** E sugeriu: “Sergipe precisa caminhar unido em Brasília.”

Não tem nada de novo

Para Fábio Mitidieri, o prefeito Edvaldo Nogueira “faz uma grande gestão, mas sabe que jamais irá agradar a todos.

*** – Portanto, os que discordam irão se dividir entre os diversos candidatos da oposição, admite.

*** Para Mitidieri, a chapa de Daniela, Valadares Filho, Alessandro, Amorim e companhia “é a que reúne a oposição tradicional, os que sempre enfrentamos. Nada de novo”.

Convenção em Estância

O PT de Estância realiza sua convenção amanhã e vai homologar o nome de Dominguinhos à Prefeitura do Município. Há dois nomes para vice: Elizâncio Silva e Layra Careca, que atua no MST.

*** Há possibilidade de Elizâncio abrir para Layra.

*** A convenção acontece na Escola Gilberto Amado, no Quilombo Porto D’Areia.

Para vice do PT e Rede

O PT ainda não fechou o nome para vice na chapa de Márcio Macedo, candidato a prefeito de Aracaju. A convenção do partido será amanhã.

*** Hoje o pré-candidato da Rede a prefeito, Henri Clay, terá mais uma rodada de conversas com o PT e pode ser decidido o vice: Márcio ou Clay.

Uma boa conversa

Justiça em Foco – Falta de intimação do MP só anula processo contra empresa em recuperação se intervenção for indispensável.

Clovis Silveira – Político sem conteúdo é como uma caixa de joias vazia, entusiasma para logo depois desanimar profundamente!

Sobre campanha – A campanha eleitoral nas ruas só tem inicio dia 27 de setembro, quando os candidatos tiverem os seus números para votação.

Sobre Covid – Ex-vereador, que tenta voltar à Câmara Municipal, foi visitar amigos no Siqueira Campos. Em uma casa não passou da grade por precaução da família sobre o Covid.

O Antagonista – Com veto parcial de Bolsonaro, igreja de R. R. Soares terá R$ 37,8 milhões em dívidas anuladas.

André em Sergipe – André Moura passou final de semana em Sergipe e participou das convenções do seu partido, o PSC, em várias cidades do interior.

Agência Brasil – Vara julgaria processos em que as penas são de até dois anos e onde medidas alternativas são possíveis no lugar da prisão ou detenção.

Entenda isso – Bolsonaro decide tornar Pazuello ministro definitivo da Saúde. Ué, mas ele já não era ministro?.Não é o único que faz tudo que o Bolsonaro quer?

Flávia Maynart – Você pensando que a Universal do Reino de Deus só fazia lavagem cerebral, não, também faz lavagem de dinheiro!