16/09/20 - 00:13:21

O velho, o novo e a pandemia

Diógenes Brayner [email protected]

Nesta quarta-feira, a partir da tarde, todos os candidatos estão postos à mesa e se põem à disposição do eleitorado. O que ainda não se sente é a empolgação do eleitor, bem ressentido com traumas da pandemia, principalmente aqueles que foram atingidos pelo vírus ou que tiveram perdas irreparáveis. Dentro de mais 10 dias se inicia a campanha de rua oficialmente, com programas eleitorais de rádio e televisão, onde cada candidato deve expor projetos, programas e tentar derrubar adversários, expondo um mínimo de capacidade e, principalmente, uma boa visão das necessidades urgentes da população, exatamente no período pós-pandemia.

Há um fato que se precisa analisar: as apresentações na TV não darão mais tanta gente interessada em ouvir velhos blá-blá-blás de candidatos. Existem outras opções para ser usadas e vistas exatamente no enfadonho horário eleitoral. Lógico que isso deve ser uma urgente preocupação do marketing, porque passou o tempo que ver político tentando convencer que é o melhor via TV, não prende telespectador. Provavelmente as redes e grupos sociais serão opções para candidatos, assim como diversão para o eleitorado, que acompanhará xingamentos, mentiras, boatos e as mais torpes acusações para desqualificar os adversários. Baixaria absoluta! Mesmo com o risco de processo, os robôs continuarão infernizando a vida daqueles que se habilitam a conquistar votos.

Sem desfazer de outros municípios, por ser a Capital, Aracaju chama mais atenção para o pleito. Até agora são sete candidatos certos a disputar o mandato, com tendências das mais variadas, que vão da direita radical até à esquerda tolerante, passando pelos centros de todos os lados. No fundo, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) será o alvo de todas as flechadas, enquanto os demais grupos evitam desgastes, mesmo que apenas um consiga chegar ao segundo turno, na hipótese [praticamente certa] de acontecer.

A direita radical tem como foco central a delegada Danielle Garcia (Cidadania), com um problema: os dois candidatos que se arrogam detentores dos votos do grupo apaixonado pelo presidente Jair Bolsonaro estão certos que receberão bênçãos do Planalto e serão vitoriosos sem concorrência. A chamada representante do “novo” perdeu essa rotulação porque esqueceu o que pregava e se uniu [o que era natural] a velhos adversários do grupo que administra Estado e Prefeitura. Mesmo assim, está melhor na fita que os demais.

Ao contrário da direita radical, a esquerda vem representada pelo PT, também numa frente ao lado da Rede e do Pros. Acredita que o ex-presidente Lula será a salvação, principalmente se vier a Aracaju abençoar a chapa petista, formada por Márcio Macedo e a professora Ana Lúcia. Sinceramente, isso é tudo que os bolsonaristas desejam. Querem fazer-lhe uma recepção usando as palavras que eles imaginam que Lula merece. Será igual à feita ao presidente Bolsonaro, mas ao contrario do afago e dos acenos.

As opiniões são conflitantes, mas somam mais a favor de Edvaldo e de Danielle, o que ainda não revela absolutamente nada, inclusive pela indiferença do eleitorado, mas, também, pelas personagens que estão em confronto e que ainda não empolgaram àqueles que temem o retorno da pandemia. Do dia 26 para frente terão que se reinventar, fugir da mesmice e superar o rastro de terror que deixou o coronavírus.

Atenção palaciana

O governador Belivaldo Chagas (PSD) riu ontem quando Gilmar Carvalho perguntou a ele sobre as críticas feitas pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania).

*** – Já ouvi muita gente me chamar de tudo, mas de preguiçoso jamais, disse.

*** Belivaldo diz ainda que a sua impressão é que o senador está querendo atenção: “E atenção palaciana”, disse.

Sobre segundo turno

O deputado estadual Zezinho Guimarães (MDB) prevê que as eleições municipais não serão definidas durante a votação em primeiro turno.

*** Admite, entretanto, que para o segundo turno irão o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) e a delegada Danielle Garcia (Cidadania).

*** Na avaliação de Zezinho, os demais candidatos dificilmente avançam junto ao eleitorado.

DEM definido

O DEM realizou a sua convenção ontem e homologou o nome da delegada Georlize Teles à prefeita e do coronel Péricles para vice.

*** Plenário antecipou, que o nome do coronel Péricles seria o escolhido para vice na chapa do DEM.

*** Péricles foi comandante da Polícia Militar de Sergipe exatamente no período em que Georlize foi a secretária da Segurança Pública.

Posição estranha

Todos estranharam, durante a convenção do DEM, a ação de João Tarantela. Ele foi à solenidade e, antes dela se iniciar, assinou presença e desapareceu.

*** Tarantela pretendia mandato majoritário e diz que só ele transfere os votos dos 150 mil bolsonaristas de Aracaju.

Chapa puro sangue

Considerado estranho o PT formar uma Frente de Esquerda com o Pros e a Rede para depois lançar uma chapa puro sangue e disputar as eleições municipais deste ano.

*** Aliás, o nome da professora Ana Lúcia já fora citado como opção por esta coluna, mesmo quando ainda não se falava em Henri Clay para ser o vice.

Tempo de mudança

Segundo comentou um dos militantes da antiga do PT, o pessoal vai insistir no nome de Henri Clay (Rede) para vice-prefeito, embora ele prefira apenas integrar a frente.

*** E como mudar? Até o dia 26 deste mês pode haver mudança de nomes mesmo em uma chapa majoritária.

Rede preferiu Ana

O advogado Henri Clay (Avante) disse que antes de fechar chapa puro sangue, o PT sugeriu que o partido indicasse alguém para vice.

*** Henri recusou exatamente por considerar a ex-deputada Ana Lúcia a “melhor representação de uma Frente de Esquerda”.

*** Henri vai ficar integrado à Frente, junto a Márcio Macedo e todos os seus demais integrantes.

PTB pode intervir

Presidente do PTB em Sergipe e candidato a prefeito de Aracaju pelo partido, o deputado Rodrigo Valadares foi informado que em Santo Amaro das Brotas o PTB se coligou com o PPS (Cidadania).

*** – Isso fere os rumos que o nosso partido segue nacionalmente, disse e concluiu: “vou intervir”!

Sem qualquer prurido

A cidade de São Cristóvão conseguiu fazer uma composição com MDB, PV, PT e PSL e, em convenção ontem, homologaram as candidaturas à reeleição de Marcos Santana (MDB), tendo como vice o vereador Paulo Júnior (MDB).

*** O comentário era PT e PSL estarem numa mesma composição. Isso demonstra que, em se tratando de eleições municipais, não existem pruridos ideológicos.

Rogério lamenta

O senador Rogério Carvalho (PT) lamenta que no meio da maior crise humanitária da história, Governo Bolsonaro quer congelar aposentadorias e pensões.

*** Segundo Rogério, “a ideia é tirar R$ 10 bilhões em benefícios de aposentados e pessoas com deficiência”, e pergunta: “como pode ter alguém que ainda apoie esse tipo de Governo”?

Salários e pensões

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) disse ontem que é cem por cento contra o congelamento de salários e pensões.

*** – Não precisa de nada disso para ampliar e melhorar a assistência aos mais carentes, através da reformulação do Bolsa Família, disse.

*** Para Alessandro, “ não importa o nome que se escolha, o essencial é garantir um programa robusto e fiscalmente viável.”

Foto velha no Instagran

Rodrigo Valadares (PTB) publica no Instagran uma foto antiga no gabinete do então senador Eduardo Amorim (PSDB) e registra conversas sobre as eleições deste ano.

*** Na foto estão, além de Eduardo e Rodrigo, Zé do Sertão, deputado Mario Lopes, Edvan Amorim e o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho.

Eduardo xinga Rodrigo

Eduardo se irritou e respondeu: “Rodrigo, esta foto confirma o mentiroso que você se tornou! Ou então, já na época da foto você carregava o mau-caratismo que tem hoje”! *** Eduardo lembra que Rodrigo “chamava meu irmão (Edvan) de pai. Você faz política baixa, difamando, caluniando. Caráter doentio como o seu não pode ter mandato”!

*** E concluiu: “você precisa de ajuda psiquiátrica”!

Zé Franco apoia Inaldo

Depois de conversar com todos os pré-candidatos a prefeito de Nossa Senhora do Socorro, o ex-prefeito José Franco (DEM) decidiu apoiar a reeleição do Padre Inaldo (PP).

*** O seu filho, Manelito Neto, formará a chapa como o candidato a vice.

*** José Franco também conversou com o governador Belivaldo Chagas (PSD), em reunião ao lado do deputado Jeferson Andrade (PSD), secretário de Governo, José Carlos Felizona e do próprio Padre Inaldo.

*** Belivaldo hoje vai visitar José Franco e participar da convenção em Socorro.

Uma boa conversa

Fim das convenções – Terminam nesta quarta-feira as convenções municipais em todo o País. Em Sergipe, poucos municípios deixaram o ato para hoje.

Tudo tranquilo – As convenções estão tranquilas em todos os municípios e pouca surpresa surgiu, como a chapa puro sangue do PT.

Tem reflexo – Apesar das convenções, as cidades não se agitaram como em épocas anteriores. Ainda reflexo da pandemia.

Sobre pesquisas – As pesquisas começam a ser desacreditadas até mesmo por candidatos que pagaram para ganhar. Pesquisa não é indicativo de preferência.

Conjur – INSS deve acelerar análise de benefícios para idosos e pessoas com deficiência por decisão da Justiça

Rogério Carvalho – Pantanal já teve 15% de sua área queimada, as autuações por crimes ambientais caíram 22% na região.

Ataque a padre – Deputado ataca o padre Julio Lancellotti, coordenador da Pastoral Povo da Rua, para buscar votos na extrema direita

Dose de sabedoria – A pessoa chega à sua maturidade quando encara a vida com a mesma seriedade que uma criança encara uma brincadeira.

Clóvis Silveira – Um país que parte povo abraça e tem corruptos de estimação, é um país podre que vai ter dificuldade de acabar com a roubalheira!

 

 

 

 

 

 

 

 

.