16/09/20 - 15:07:17

Profissionais poderão escolher entre quatro datas nos meses de setembro e outubro

O Conselho Regional de Psicologia de Sergipe realizou nesta terça-feira, 15, reunião para definir os últimos detalhes para primeira cerimônia online de entrega de Carteira de Identidade Profissional (CIP) para psicólogas(os) que atuarão no Estado.

“A medida foi tomada em virtude da impossibilidade de realização de eventos presenciais por conta do risco de disseminação da COVID 19”, informou Naldson Melo, Conselheiro Presidente do CRP19.

Todas (os) as (os) psicólogas (os) que  tiveram seus processos deferidos, após envio de documentação, e já possuem o número de registro, poderão solicitar por meio do e-mail  [email protected], participação na cerimônia em uma das quatro datas disponibilizadas, 25 e 29 de setembro, 02 e 06 de outubro, com capacidade de 30 pessoas em cada sala virtual.  No email deve ser mencionado nome completo e número do seu registro no CRP-19. A(o) profissional receberá uma confirmação por e-mail com o link do Google Meet na qual acontecerá a cerimônia da data escolhida.

“Neste evento virtual, as(os) novas(os) psicólogas(os) receberão importantes informações relacionadas às atribuições e ao funcionamento do CRP19, além de orientações técnicas e éticas relacionadas ao exercício profissional. Trata-se de uma oportunidade ímpar para sanar dúvidas sobre o exercício profissional e de aproximar os(as) novos(a) profissionais do Sistema Conselhos”, explica Talita Costa (CRP19/3684), analista técnica da Comissão de Ética (COE/CRP19).

A psicóloga orientadora fiscal, Marcela Flores (CRP19/1096), da Comissão de Orientação e Fiscalização-COF, explica que a cerimônia de entrega da CIP, obrigatória para retirada da Carteira de Identidade Profissional junto ao Conselho,  seguirá os moldes de eventos realizados pela autarquia, com palestra de orientação e momento de interação entre as(os) profissionais.

“Será o primeiro contato das(os) profissionais com a Comissão de Orientação de Fiscalização. É nesse momento que a COF busca desenvolver uma lógica de trabalho preventivo. Será a oportunidade de conhecer o papel da COF, além de questões éticas, legais e técnicas do exercício profissional. Essas informações são imprescindíveis para redução da quantidade de processos éticos futuros. É um encontro para orientação, acolhimento de dúvidas e de apresentação de toda estrutura administrativa do CRP19 com a qual poderão contar ao longo da vida profissional”.

Outro momento da cerimônia será marcado por discussões acerca da intersecção com políticas públicas enquanto o campo de atuação da(o) profissional de psicologia, que será promovido pelo Centro de Referências Técnicas em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP/CRP19).

“A proposta é fazer uma interface da psicologia com direitos humanos, no que tange movimentos sociais, questões raciais, de gênero, LGBTQIA+, de capacitismo, moradia, empregabilidade e condições de trabalho. Vamos ainda compartilhar o trabalho do CREPOP, em âmbito nacional, que vai realizar um ciclo de pesquisa sobre as instituições de acolhimento do SUAS”, revelou Lidiane de Melo Drapala, assessora técnica do CREPOP no Conselho Regional de Psicologia de Sergipe.

Por Amália Roeder