18/09/20 - 00:20:27

Dois coelhos com uma só cajadada

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

O Partido dos Trabalhadores está iniciando sua campanha e já tem vídeo pronto para ir às redes e grupos sociais. Como sempre, a produção é perfeita, a música de bom gosto popular e que deve pegar fácil no meio do povo. Bem movimentado, atraente para se ver e ouvir, o vídeo mostra muito mais o ex-governador Marcelo Déda, num apelo que chega a ser dramático. Até quando vão ressuscitar Déda? Uma falha: o cenário é de uma Aracaju administrada pelo adversário maior da atual campanha, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), que tenta a reeleição.

Há um apelo social com cenas de pessoas felizes, que se pressupõe de um Governo petista, mas deixa claro – até porque não pode ser diferente – que externamente envolve uma Capital diferente, que nada tem mais a haver com o período em que Marcelo foi prefeito. Talvez seja essa a dificuldade do marketing, porque não dá para retroagir e mostrar uma cidade antes de Edvaldo, em razão do crescimento que se constata em sua estrutura.

O ex-governador João Alves Filho (DEM), quando disputou a prefeitura de Aracaju em 2012, conseguiu expor dezenas de obras importantes em sua campanha, com o refrão inteligente: “Foi João que fez”. Influenciou sim em sua vitória, na disputa com Valadares Filho (PSB), à época com apoio de Edvaldo Nogueira, que estava prefeito. Mas, o rompimento do PT com o atual prefeito em 2019, fez com que essa campanha fosse de oposição, mesmo que o partido tenha participado da mesma administração municipal, com a atual vice-governadora Eliane Aquino sendo a vice-prefeita.

Certamente a população não vai entender porque o PT que lançou Márcio Macedo só enxerga falhas graves no município, exatamente depois da morte de Marcelo Déda, que sempre indicou Edvaldo para prefeito, e da saída de Eliane da vice, em 2018, para disputar as eleições ao Governo. Fica estranho o rumo que se dá à publicidade e aos discursos atualmente, quando se sabe que o PT sempre esteve junto com o atual prefeito, sem jamais buscar nomes do partido, como o próprio Márcio Macedo.

Há um equívoco nesse comportamento oposicionista do candidato petista. Não por estar em campanha para ganhar a Prefeitura, o que é legítimo, mas por desqualificar tudo que o PT avalizou na administração municipal, desde a indicação inicial do então prefeito Déda, que o teve como vice no primeiro mandato, transformando-o em prefeito quando se elegeu ao Governo do Estado. O grupo político hoje liderado por Danielle Garcia (Cidadania), oposição de fato a Edvaldo, fica à vontade para fazer críticas ao PT, exatamente porque foi a legenda que elegeu o prefeito e hoje tenta desqualifica-lo como se não tivesse nada com isso.

O marketing de Danielle deve perceber que pode matar dois coelhos com apenas uma cajadada, criticando Márcio Macedo porque tem certeza que atinge a Edvaldo. É isso que pode facilitar a vida de uma candidatura que vem sendo reconhecida como mais resistente no enfrentamento político pela Prefeitura de Aracaju.

Poço Verde consternada

A cidade de Poço Verde amanheceu consternada com a morte de D. Elza (PMN) ocorrida minutos antes da convenção que a homologaria como candidata a vice do atual prefeito Iggo Oliveira (PSD), que tenta a reeleição.

*** As conversas políticas deram lugar a lamentações e respeito pela morte de Elza, inclusive por parte dos seus adversários.

Sobre o substituto

O ex-deputado federal Everaldo Oliveira, pai do prefeito Iggo, que disputa a reeleição, um novo nome para vice deve ser indicado pelo partido de D. Elza, o PMN.

*** – Caso seja outro partido que indique, terá que ser com a anuência da direção do PMN, disse Oliveira, acrescentando “no momento não há clima para tal decisão”.

Márcio e Lula

O candidato a prefeito pelo PT, Márcio Macedo, agradeceu muito ao “presidente Lula da Silva, que enviou um vídeo para que passasse na convenção”.

*** Disse que se “emocionou demais”, tanto que “me arrepiou”.

*** – Obviamente que a força dele me dá ainda mais coragem e mais força para esse momento, disse.

Bolsonarismo presente

As próximas eleições estão claras que a maioria dos lulistas vão votar em Márcio Macedo, quase que com exclusividade.

*** – Há um detalhe: os bolsonaristas ainda não demonstram preferência por uma única candidatura. Todas elas têm partidos ligados a Bolsonaro.

*** Só Daniele Garcia tem rejeição do lulismo e do bolsonarismo, em razão de sua vinculação com o ex-ministro Sérgio Moro.

Conquistou espaço

O candidato do Psol a prefeito de Estância, Marcio Souza, se tornou um nome forte na cidade, porque tem apoio político de lideranças tradicionais, como os ex-prefeitos Carlos Magno (PSB), Ivan Leite (PSDB), além do deputado federal Valdevan Noventa (PL).

*** O próprio Marcio conquistou o seu espaço político e é o candidato que polariza com o prefeito Gilson Andrade (PSD), que tenta a reeleição.

Pressão em Gilson

Segunda-feira passada, em Estância, Gilson Andrade recebeu pressão do MDB, PP, PSC e de três vereadores do PSD para indicar o vereador André Graça (PP) como vice.

*** Todos vetaram a continuidade de Adriana Leite (Republicanos) como vice. O prefeito Gilson Andrade ficou sem saída.

Anúncio imediato

Já na terça-feira pela manhã, em entrevista a uma radio de Estância, o prefeito Gilson Andrade criticou fortemente o ex-prefeito Ivan Leite e aproveitou para anunciar o nome do vereador André da Graça como o seu candidato a vice.

*** No final da entrevista, Gilson disse que não aceitava imposições e deixou bem claro: “o prefeito sou eu”.

*** A entrevista foi a gota d’água para o rompimento definitivo de Ivan e Gilson, sem mais conversas.

Valdevan e São Paulo

O deputado Valdevan Noventa (PL) participou de diversas convenções partidárias durante esta semana, a exemplo de Estância, Arauá, Indiaroba e outras cidades da região sul de Sergipe.

*** Valdevan não virá a Aracaju e vai trabalhar nas cidades que tem representatividade eleitoral.

*** O deputado também participou de convenção em São Paulo. Seu filho é candidato à vice-prefeito em Taboão da Serra, onde ele foi vereador por dois mandatos.

Já tratando de 2022

Nas convenções, em várias cidades do interior, em conversas internas, o comentário já era a sucessão de 2022. Os movimentos se iniciam 30 dias após a posse do prefeito eleito.

*** Principalmente no sertão, o nome do conselheiro Ulices Andrade era o mais citado como candidato a governador do Estado.

*** Para o Senado as opiniões inflavam o nome do deputado federal Laércio Oliveira (PP).

Rogério e Mitidieri

Outros nomes eram citados como o de Rogério Carvalho (PT) ao Governo e do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) também a governador.

*** Entretanto, um político experiente admitiu que Mitidieri possa ser indicado para ocupar vaga de conselheiro do Tribunal de Contas.

Tendência à divisão

Também se comentou que em 2022 pode acontecer a divisão que ocorreu este ano, com o PT lançando a candidatura de Rogério a governador, independente de qualquer outro nome que o PSD/PDT indique.

*** Pela oposição, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) e Valadares Filho (PSB) foram citados.

*** Também não esqueceram de citar o ex-deputado federal André Moura (PSC) “que não está dormindo”.

Onyx com Georlize

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM) conversou com a senadora Maria do Carmo Alves, ex-deputado José Carlos Machado e a candidata à prefeita Georlize Teles, no aeroporto de Aracaju, ontem, quando embarcou de volta a Brasília.

*** Lorenzoni desejou sucesso a Georlize em sua caminhada rumo à Prefeitura e não conversou sobre política.

*** O ministro disse que o Auxílio Emergencial foi depositado para 830 mil sergipanos e chegou ao montante de R$ 500 milhões.

Tarantela na Câmara

O empresário João Tarantela (DEM) é candidato a vereador pelo partido. Apaixonado por Bolsonaro, Tarantela atendeu a apelo de aliados.

*** A princípio, Tarantela pretendia disputar a Prefeitura, mas pode conseguir o seu primeiro mandato como vereador de Aracaju.

Questão do estupro

O senador Rogério Carvalho (PT) diz que o ministro Pazuello, da Saúde, demonstrou em reunião ontem, que não pretende dificultar o direito das vítimas de estupro.

*** – A reunião foi satisfatória porque houve abertura para o diálogo e a disposição para fazer aperfeiçoar a portaria em favor das mulheres, disse Rogério.

Uma boa conversa

Deu no O Federal – Vítima de racismo, por ter ingressado na PF através de cota racial, agente federal pede exoneração do cargo.

Precisa de sangue – O médico Flamariom Luiz Tavares, de Propriá está há mais de mês internado no Hospital Primavera, com Covid-19. Precisa de sangue O-.

Andréa Pacha – Não é mais binarismo ou confronto. São universos paralelos. Como discutir com quem não enxerga queimadas ou pandemia com 135 mil mortos?

Portal G1 – Caso das ‘rachadinhas’: Aras pede ao STF que rejeite ação da Rede contra foro de Flávio Bolsonaro.

Zezinho Sobral – “Retomada do Programa de Aquisição de Alimentos fortalecerá a agricultura familiar sergipana”

O Antagonista – O decano do STF tem sido aconselhado a se aposentar em 15 de outubro, duas semanas antes de completar 75 anos.

Carlos Ayres Britto – Todo preconceituoso devia se acusar de sê-lo como primeiro passo para a conquista da sua humanização.

Vaga no Supremo – Procurador Aras, um homem a serviço de uma vaga no Supremo Tribunal Federal. Fará tudo para chegar lá.

Vanessa Carvalho – Tenho certeza absoluta que a ministra da agricultura deve ter uma dispensa repleta de alimentos orgânicos.