22/09/20 - 16:11:07

Maria solicita ao Governo para que estruture o Sub Grupamento do CBM de Itabaiana

A falta de estrutura do Sub Grupamento do Corpo de Bombeiro de Itabaiana voltou a ser pautada pela deputada estadual Maria Mendonça (PSDB), nesta terça-feira (22), durante sessão da Assembleia Legislativa. Ela justificou o seu apelo ao Governo do Estado relatando um incêndio de grande proporção que destruiu uma loja de sofá no centro comercial de Itabaiana.

“O Corpo de Bombeiro foi acionado, mas só conseguiu chegar ao local uma hora depois da chamada, pois estava atendendo a uma ocorrência em Canindé do São Francisco. E quando chegou não dispunha de estrutura adequada, precisando de suporte do Corpo de Bombeiros de Aracaju. O fogo só foi debelado oito horas depois, deixando todos em pânico, especialmente, os comerciantes do local”, contou a deputada ao ressaltar a importância da Corporação para a sociedade.

Com base nesse episódio, Maria Mendonça protocolou Indicação, endereçada ao governador Belivaldo Chagas, pedindo-o que adote as providências necessárias visando a aquisição de estrutura para essa unidade do Corpo de Bombeiro, responsável por atender a 20 municípios sergipanos. Além do baixo efetivo, não há sequer uma escada magirus, para atender a um incêndio em um prédio, por exemplo.

“Em nosso município existem cerca de dez postos de combustível, um distrito industrial com diversas fábricas, um comércio pujante com inúmeras lojas e, dentre elas, algumas que comercializam produtos inflamáveis. O nosso Corpo de Bombeiros, no entanto, se houver um desastre de maior proporção, não consegue socorrer o nosso povo, pois conta apenas com a boa vontade e diligência dos homens que o compõe, sem equipamentos e estrutura para que possam executar a atividade com excelência”, falou Maria.

Convocação de aprovados em concurso

Na semana passada, a deputada falou do déficit da Corporação, atendendo a uma reivindicação do representante da comissão de bombeiros militares, Daniel Viana, que solicitava a convocação dos 130 aprovados no último concurso público, ocorrido em 2018.

De acordo com ela, ficou demonstrado que de um quantitativo de 1.193 bombeiros militares, apenas pouco mais de 500 estão atuando e dos 348 soldados militares, existem somente dois. “Isso influencia diretamente na prestação dos serviços públicos e na proteção ás pessoas”, afirmou Maria, acrescentando que o fato de quinta-feira só reforça a necessidade do Estado dotar adequadamente a Corporação, não só com equipamentos, mas com o aumento do efetivo.

Assessoria Parlamentar deputada Maria Mendonça