22/09/20 - 06:10:24

Primavera deve ser predominantemente chuvosa em Sergipe

Ao contrário do ano passado, dias e noites terão a mesma duração de horas

Estação mais colorida, perfumada e florida do ano, a primavera, terá início a partir das ‪10h21 de amanhã (220 estendendo-se até ‪21 de dezembro. Diferentemente do ano passado, quando os dias foram um pouco mais longos do que as noites, neste ano, em razão de a luz solar está incidindo sobre o Equador iluminando por igual os dois hemisférios, durante os três próximos meses, os dias e noites terão 12 horas, e as chuvas ocorrerão em maior frequência.

Estação transitória entre o inverno e o verão, no seu início as nuances do inverno ainda se farão presentes, com a circulação de ventos Sul-Sudeste, o que favorece as temperaturas amenas. No entanto, como é comum, nas proximidades do seu término, a umidade relativa do ar se elevará, bem como as temperaturas, favorecendo pancadas de chuvas em forma de trovoadas.

De acordo com o meteorologista da Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio-Ambiente, Overland Amaral, novos fenômenos diferenciarão ainda mais a estação este ano em relação à 2019.

“Tendo em vista que o fenômeno La Nina está se instalando no oceano Pacifico, na região equatorial central, de outubro a dezembro, as chuvas sobre a região Nordeste, e consequentemente sobre o estado de Sergipe, ocorrerão em maior volume. Em função do monitoramento realizado das temperaturas de superfície do mar ao longo do Equador e Oceano Pacífico, observamos que quando estas regiões se encontram com temperaturas negativas, abaixo do normal, não ocorre a inversão sobre toda a região  Nordeste, pelo contrário, é favorecido pela circulação de maior convergência de sistemas, ou seja, há fluidez e uma maior estabilidade sobre nossa região, ao contrário da presença do fenômeno El Nino, que impede toda essa instabilidade e circulação. Portanto, as chuvas serão a grande característica dessa estação, em especial, de outubro a dezembro”, explica.

Overland Amaral diz ainda que o fenômeno se dará em todo o Nordeste. ”A tendência climática de La Nina influenciará toda a região e todos os Estados serão predominados por chuvas. No entanto, em função das ocorrências chuvosas em maior número no Sul do Maranhão e Piauí, e, no Oeste da Bahia, o Estado de Sergipe será ainda mais favorecido por chuvas durante a estação”, conclui.

Fonte e foto assessoria