23/09/20 - 15:07:50

Prefeitura divulga cronograma de desmontagem do Hospital de Campanha

Desativado desde a última sexta-feira, 18, o Hospital de Campanha Cleovansóstenes Pereira Aguiar começou a ser desmontado. Na primeira etapa, algumas partes da estrutura, como circuitos e equipamentos, já foram removidas, e a estimativa para início da desconstrução da parte externa dia 11 de outubro.

De acordo com a coordenadora de infraestrutura da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Aracaju, Carla Christine, a parte externa deve demorar por volta de oito dias e as equipes estão agilizando o trabalho para que as etapas anteriores ocorram de forma célere.

“Até esta quarta, 23, já conseguimos agilizar uma boa parte da desmontagem. Iniciamos com a retirada do cabeamento dos circuitos, retirada de tomadas, luminárias, canaleta, tábua de fixação e eletrocalhas das áreas vermelha e rosa, desfazendo as derivações para conseguirmos reaproveitá-los depois. Também fizemos a desenergização dos contêineres e retirada dos cabos”, elencou a coordenadora.

Além disso, até o terceiro dia de desmontagem foram feitas desinstalações hidráulicas de água fria; remoção de instalações de esgoto, retirada da rede de gases (oxigênio, ar comprimido e vácuo); dos tubos e conexões de cobre e remoção de dispensadores em geral (sabonete, papel toalha e álcool gel).

Próximas etapas

A partir de quinta serão retirados os refletores e os cabos de alimentação da iluminação; os quadros de distribuição; os cabos gerais do quadro de barramento até o quadro geral (subestação da refrigeração); as caixas d´água; a sinalização de incêndio de outros setores; e os reservatórios de esgoto, juntamente com a recuperação do gramado.

“A estimativa é que até dia 2 de outubro a desmontagem elétrica esteja completamente finalizada e até o dia 11 desmontagem final da estrutura do HCamp esteja apta a acontecer. São diversas etapas que exigem planejamento detalhado para garantir a eficiência da produtividade”, garantiu Carla.

HCamp

Durante o período em que ficou ativo, o HCamp Cleovansóstenes Pereira Aguiar atendeu 461 pacientes. Ao longo dos quatro meses de funcionamento, a unidade de urgência provisória obteve uma taxa de 74% de resolutividade, recuperando 343 pessoas infectadas pela covid-19.

Para tornar possível a alta taxa de recuperação foram realizadas dezenas de capacitações e abertura de chamamentos públicos para a contratação de profissionais de diversas categorias, além da aquisição de centenas de novos equipamentos, a exemplo de mobiliários médico-hospitalares, computadores, monitores cardíacos e respiradores.

Durante o funcionamento, o HCamp realizou 90 transferências que necessitaram de um leito de UTI (20% dos atendimentos na unidade) e registrou 28 óbitos (6%).

Continuidade

Mesmo com o fechamento do HCamp, a Prefeitura mantém parte da estrutura para a continuidade do enfrentamento à pandemia. As alas específicas para pacientes com suspeita ou confirmação de covid-19 continuarão em funcionamento nos dois hospitais municipais, Fernando Franco (Zona Sul) e Nestor Piva (Zona Norte).

Também serão mantidas quatro unidades básicas de saúde [UBS] para atender exclusivamente pessoas com sintomas de síndromes gripais: Geraldo Magela [Orlando Dantas]; José Machado [Santos Dumont]; Ministro Costa Cavalcante [Inácio Barbosa] e Onésimo Pinto [Jardim Centenário].

As UBS Augusto Franco, Fernando Sampaio (Castelo Branco), Cândida Alves (Santo Antônio) e Eunice Barbosa (Coqueiral) voltaram às atividades normais, com atendimentos e marcações de consultas e exames, na última segunda-feira, dia 21.

Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju/SE

Foto Marcelle Cristine