24/09/20 - 05:00:03

ASPRA/SE OFICIA COMANDOS DA PMSE E CBMSE  SOBRE ATENDIMENTO PSICOSSOCIAL

A ASPRA/SE (Associação de Praças Policiais e Bombeiros Militares de Sergipe) encaminhou nesta terça-feira (15) ofícios aos comandos da Polícia Militar do Estado de Sergipe (PMSE) e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe (CBMSE), dando sugestões para um melhor atendimento psicossocial para os militares sergipanos.

Na PMSE, o ofício foi entregue pessoalmente ao Coronel Paiva, Subcomandante da corporação, e ao Coronel Alexandre, comandante do CBMSE, que gostaram das sugestões apresentadas pela entidade representativa dos militares, relatando serem as mesmas exequíveis.

No expediente encaminhado, a ASPRA/SE solicita que o NAPPS (Núcleo de Assistência Psicossocial) da Polícia Militar do Estado de Sergipe, possa ser melhor estruturado, com uma maior gama de profissionais, no intuito de melhor atender aos policiais e bombeiros militares sergipanos e que possa atuar em local reservado junto ao Hospital da Polícia Militar do Estado de Sergipe (HPM), bem como, que seja feita uma campanha de ampla divulgação, mostrando aos PMs e BMs que necessitem buscar ajuda, que ela existe, e que o acolhimento será feito com discrição, divulgando meios de contato para busca de auxílio junto ao NAPPS, sugerindo ainda que tal campanha de divulgação, gosse feita através do site da PMSE e do CBMSE, e nos BGOs, além da fixação de cartazes nos celotex das unidades militares.

A associação salientou ainda, que a sua preocupação maior é em relação aos problemas psicossocial que afetam alguns dos nossos policiais e bombeiros militares, em decorrência do trabalho estressante que exercem.

A ASPRA/SE, atentou ainda para o fato de que, alguns dos policias e bombeiros militares que possuem problemas psicossociais, geralmente não assumem que estão acometidos destas patologias, motivo pelo qual, sugerimos, que seja feita uma avaliação psicológica de todos os policiais militares, pelo menos a cada 5 anos, com o objetivo de avaliar e auxiliar os mesmos, e fazer o devido acompanhamento e tratamento, se necessário for.

Para evitar custos para o Estado de Sergipe, a associação militar sugeriu ainda, que fossem firmados convênios com as faculdades e universidades do nosso estado, para a utilização dos alunos que estão cursando os últimos períodos de psicologia, devidamente assistidos por professores que são profissionais da área, com o objetivo de fazer tal avaliação acima citada.

A ASPRA/SE agradeceu a receptividade e atenção dispensada pelos comandos da PMSE e do CBMSE às sugestões apresentadas.

Fonte e foto ASPR/SE