30/09/20 - 08:16:24

Educação promove encontros online em alusão ao mês da acessibilidade

Serão dois encontros para lembrar o Dia Nacional do Surdo, comemorado em 26 de setembro, e o Dia Internacional do Tradutor Intérprete, celebrado em 30 de setembro

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Departamento de Educação (DED) e da Divisão de Educação Especial (Dieesp), realizará dois encontros para lembrar o Dia Nacional do Surdo, comemorado em 26 de setembro, e o Dia Internacional do Tradutor Intérprete, celebrado em 30 de setembro. As datas ocorrem em setembro por ser considerado o mês da acessibilidade.

Nesta terça-feira (29), a live ocorrerá às 17h e será transmitida pelo canal do YouTube Educação Sergipe. A atividade será composta de uma acolhida musical com os alunos surdos Ivana Milena Hilário de Freitas, Kethelly Tawane dos Passos Oliveira e Tiago Rodrigues Oliveira Santos, da Sala de Recursos Multifuncionais – SRM da Escola Estadual Vicente Machado Menezes, da cidade de Itabaiana, circunscrita à Diretoria Regional de Educação 3. Esse trabalho foi coordenado pela professora da SRM, Alessandra Rezende dos Santos Andrade. Na sequência, haverá a palestra com o professor surdo de Letras-Libras Geraldo Ferreira Filho, abordando o tema “O Cidadão Surdo mediante o Capacitismo”.

No dia 30, quarta-feira, também às 17h, pelo mesmo canal de transmissão no YouTube, o encontro se iniciará com uma interpretação musical em Libras, que será realizada pelo intérprete Matheus Silva. Na sequência, será transmitida a palestra com a tradutora e intérprete de Língua Brasileira de Sinais e professora da Rede Estadual de Ensino, Solange Silva dos Santos, com o tema “O intérprete educacional em tempos de pandemia: desafios do trabalho remoto”.

O dia 26 de setembro foi escolhido para lembrar a inauguração da primeira escola para Surdos no Brasil, em 1857, o Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines). Essa instituição foi fundada durante o Império de D. Pedro II, quando o professor francês Hernest Huet (que era surdo) criou, com o apoio do Imperador, o Imperial Instituto de Surdos Mudos, hoje Ines.

No dia 30 de setembro é comemorado o Dia Internacional do Tradutor Intérprete. Celebra-se nesta data, porque foi o dia em que faleceu, em 419 ou 420, São Jerônimo, conhecido como tradutor da Bíblia do grego antigo e do hebraico para o latim, autor de importantes textos sobre a arte de traduzir e, portanto, considerado tradicionalmente o santo padroeiro dos tradutores.

“O objetivo dos encontros é mostrar que todos são capazes, e que a limitação auditiva não impede a comunicação e a participação ativa na sociedade. Um grande exemplo disso é o palestrante e professor surdo Geraldo Ferreira Filho. Também é fundamental apresentar a importância social e educacional da função do tradutor e intérprete de Libras para a inclusão dos alunos surdos”, declara a coordenadora da Divisão de Educação Especial, Lilian Alves.

Segundo Lilian, pelo censo de 2019, as escolas da Rede Estadual de Ensino de Sergipe apresentam uma matrícula de 110 alunos surdos e 85 alunos com deficiência auditiva. A Seduc mantém o compromisso firmado com a inclusão dos alunos surdos, realizando ações que permitem o acesso e a permanência desses estudantes em nossas unidades educacionais. Atualmente, a Rede Pública Estadual conta com a atuação de 25 tradutores e intérpretes de Libras, e ainda está em processo de novas contratações.

Serão contratados, também, instrutores de Libras de Nível Médio, os quais atuarão ministrando os cursos de Libras do Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez do Estado de Sergipe (CAS), núcleo da Dieesp, e instrutores de Libras de Nível Superior, que atuarão junto ao professor da Sala de Recursos Multifuncionais no atendimento ao aluno surdo. A Seduc mantém também o Termo de Fomento com o Instituto Pedagógico de Apoio à Educação do Surdo de Sergipe (Ipaese), que oferta Educação Bilíngue.

Fonte e foto ASN