03/10/20 - 08:11:15

DATAS COMEMORATIVAS PODEM IMPULSIONAR A ECONOMIA NO DIA DAS CRIANÇAS

Para a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Sergipe (FCDL), o Dia das Crianças, celebrado em 12 de outubro, pode ser um fator positivo após a reabertura gradativa do comércio face ao evento da COVID-19 registrado desde o início do ano e impulsionar as vendas este ano.

Mesmo diante do cenário de incertezas trazido pela pandemia, a data não deverá atrapalhar o varejo, referente ao Dia das Crianças deste ano. Em meio a um cenário econômico desafiador, 72% dos consumidores devem ir às compras.

É o que revela pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pela Offer Wise em todas as capitais. A expectativa é de que o varejo movimente aproximadamente R$ 10,87 bilhões.

Com base nestas projeções em pesquisa nacional patrocinada pela CNDL, Edivaldo Cunha, da FCDL/Sergipe, crê numa leve recuperação da economia face ao apelo das datas e dos inúmeros pais, padrinhos e chefes de famílias em continuar com a tradição em presentear os “pequeninos”.

“Mesmo com os efeitos da pandemia se fazendo presentes na rotina e nas finanças da grande maioria dos brasileiros, o percentual daqueles que irão realizar compras na data não mostrou diferença significativa em comparação ao ano passado (73,3%)”, diz o presidente da CNDL, José César da Costa, destacando que o Dia das Crianças é uma importante data para o comércio, que possibilita entender as tendências das compras de final de ano.

Tendo em vista a quantidade de itens que devem ser comprados, três em cada dez entrevistados vão adquirir dois presentes (31%), enquanto 27% pretendem comprar somente um presente, e 18%, três presentes. Em média, os consumidores vão adquirir 2,3 presentes. O gasto médio deve ser de R$ 209,33 com todos os presentes na data, valor bastante parecido à intenção de compras da pesquisa de 2019 (R$ 198,79).

Opções de Compras – Para reforçar o apelo ante a data do Dia das Crianças, a FCDL sergipana projeta um maior destaque na venda de roupas e calçados (38%), bonecos/bonecas (33%) e os jogos de tabuleiro/educativos (28%). Além disso, os produtos de informática e celulares também serão opções bem procuradas.

“A grande maioria dos consumidores que pretende realizar compras para a data optará pela primeira semana de outubro (45%), enquanto outra parte irá às lojas na véspera do evento”, revela a pesquisa da CNDL.

A FCDL aposta também nas novas formas de comércio como impulsionador de vendas, a exemplo dos varejistas adaptarem seus atendimentos e vendas aos canais virtuais, mesmo aqueles que não possuem e-commerce, lojas fiscais que utilizam vendas online, envio de ofertas pelo whatsapp e sistema de entregas de compras eficientes.

Por Ascom FCDL/Sergipe, com Ascom CNDL e pesquisa Offer Wise