03/10/20 - 08:49:42

EX-PREFEITO SUKITA ESTÁ PROIBIDO DE PEDIR VOTO PARA IRMÃ, CLARA SUKITA

O ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita (Republicanos), está proibido de fazer campanha presencial em favor da candidatura da irmã dele, Clara Sukita (Podemos), a prefeita daquele município. Pelas redes sociais, Sukita lamentou que a ex-esposa e prefeita Silvany Mamlak (PSC) tenha ingressado na Justiça para “impedir o que mais eu gosto de fazer: andar no meio do povo e construir uma campanha para libertar o nosso município”, frisou o líder político em mensagem postada no Whatsapp.

Sem esconder a contrariedade com a liminar judicial que o impede de fazer a campanha da irmã, Manoel Sukita apelou aos capelenses para “continuarem pedindo votos para Carla, defendendo as propostas dela e trabalhando para derrotar quem não tem compromisso com o nosso município, a nossa gente”. O ex-prefeito disse que Silvany está se comportando agora bem diferente da eleição passada: “Em 2016, ela achou ótimo que eu tenha ido às ruas pedir à população para elegê-la. Agora, foi à Justiça para me ver longe da campanha de minha irmã”, reclama Sukita.

Vai recorrer

A assessoria jurídica do ex-prefeito vai recorrer, neste sábado (3), contra a decisão liminar que o impede de fazer campanha em Capela. “Confesso que não entendi essa proibição, mas estamos respeitando e vamos procurar nossos direitos na própria Justiça”, frisou o líder político. Segundo ele, no pedido de liminar, a prefeita alegou que em 2016 usou imagem de Sukita e, portanto, outra pessoa não pode fazê-lo na campanha deste ano.

Por Destaquenotícias