06/10/20 - 15:35:21

SAÚDE FAZ ALERTA SOBRE A PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO DE CÂNCER DE BOCA

A Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), faz um alerta sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de boca. Através da intensificação de ações de conscientização ao longo de todo o mês de outubro, o objetivo da Secretaria é despertar e sensibilizar a população para a doença, conforme a Lei Municipal 3.764, em vigor desde 8 de fevereiro de 2010, que institui a Semana Municipal de Câncer de Boca, realizada sempre na terceira semana de outubro.

A coordenadora do Centro de Especialidade Odontológica (CEO) de Aracaju, Fernanda Cabral, destaca a importância de atitudes simples como forma de prevenir a doença. Segundo ela, hábitos saudáveis, como uma boa higiene oral e alimentação, uso de protetor solar labial e de boné, além do autoexame e consultas regulares com o cirurgião-dentista pelo menos duas vezes ao ano, são essenciais.

“O autoexame é o primeiro grande passo para o diagnóstico na fase inicial da lesão. Para um bom autoexame é importante que o paciente conheça a normalidade das estruturas em sua boca, esteja em um local bem iluminado e na frente do espelho. A avaliação pode ser feita rapidamente durante a higiene bucal, afastando bochechas, lábios e língua para identificar se há alguma alteração. Já o profissional, além das atividades educativas e de prevenção da cárie e doenças da gengiva, faz o exame preventivo do câncer de boca. E, se detectar algo fora da normalidade irá realizar o encaminhamento para avaliação do serviço especializado. Assim, o avanço da doença pode ser contido logo no início”, orienta.

Quando se trata de câncer de boca, alguns fatores devem ser levados em consideração como potencializadores de risco para desenvolvimento de neoplasias, como: consumo regular de bebida alcoólica, uso de derivados do tabaco e de próteses mal adaptadas, causando trauma recorrente. “Além do fumante aspirar a fumaça que vai para o pulmão e ser fator de risco para o câncer de pulmão, o hábito de fumar também compromete a cavidade oral. Por isso, é tão importante alertar sobre o autoexame. O diagnóstico precoce está intimamente relacionado a uma maior chance de cura”, informa.

Atendimento

O atendimento da população aracajuana que busca atendimento odontológico é sempre realizado pelas Unidades Básicas de Saúde. O usuário é atendido na Atenção Primária pelas equipes da Saúde Bucal que, suspeitando de alguma lesão em tecidos moles ou outras alterações, encaminham para o serviço especializado, que funciona no Centro de Especialidades Médicas de Aracaju (Cemar) Siqueira Campos, bloco D.

“Nos casos em que se faz necessário a biópsia, o procedimento é realizado em nível ambulatorial, sendo o próprio serviço responsável pelo encaminhamento para o laboratório de patologia. O resultado é entregue pelo mesmo profissional que executou o procedimento. Nos casos positivos para câncer de boca, o usuário é esclarecido e orientado, sendo posteriormente encaminhado para o tratamento. O cirurgião-dentista é responsável pelo diagnóstico. Já o tratamento, é realizado pelo cirurgião de cabeça e pescoço e uma equipe multidisciplinar, que varia de acordo com a complexidade do caso”, afirma.

Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju/SE