14/10/20 - 07:29:24

Campanha sem sal

Por Adiberto de Souza *

Não vai ser fácil esquentar a campanha eleitoral em Aracaju. A expectativa era que o horário eleitoral no rádio e na televisão colocasse na disputa a dose de pimenta esperada pelos eleitores, porém isso ainda não aconteceu. A campanha de rua se resume, até agora, a carreatas organizadas pelos candidatos a prefeito, postulantes a vereador distribuindo “santinhos” pelos bairros periféricos e cabos eleitorais tentando convencer os eleitores que seus candidatos são os melhores. Apesar do esforço de quem está na disputa, um considerável número de aracajuanos se diz pouco ou totalmente desinteressado pelas eleições deste ano. Alguns analistas políticos acreditam que a campanha continuará nesse ritmo até o fim. A rigidez da lei eleitoral e a fiscalização desenvolvida pelo Ministério Público têm surtido efeitos positivos, mas também contribuem para deixar a disputa sem sal. Pelo andar da carruagem, esta será a campanha mais morna que Aracaju já teve. Misericórdia!

Força da máquina

Com a proibição de doações de empresas, candidatos apoiados pela máquina pública se fortaleceram ainda mais na campanha eleitoral deste ano. Muitos prefeitos usam a caneta oficial para ajudar candidatos de suas preferências. Como o Fundo Eleitoral é insuficiente para bancar as despesas, a forcinha dos gestores municipais tem tornado a disputa ainda mais desigual. Cruz credo!

Primeiro os filhos

Diferente de alguns políticos que inventam compromissos para rechear a agenda do dia, o candidato a prefeito de Aracaju, Alexis Pedrão (PSOL), jogou limpo com o eleitorado. A assessoria do rapaz informou que, ontem pela manhã, ele faria uma panfletagem no Conjunto Augusto Franco, na Zona Sul da capital, e “à noite, vai ficar em casa cuidando dos filhos”. Certíssimo!

Delegada deselegante

A candidata Danielle Garcia (Cidadania), foi super deselegante ao recusar o convite para um debate feito por Márcio Macedo (PT): “Quando delegada, meu foco sempre foi o chefe de quadrilha e nunca perdi tempo com menino de recado. Na política sigo a mesma linha”. Educado, mas duro, o prefeiturável petista chamou o feito à ordem: “Lhe convidei para debatermos os problemas de Aracaju e a senhora não quer debater, não tem coragem. Na verdade, o que a senhora quer mesmo é se promover com baixaria. Respeite-me, respeite o povo e respeite a democracia”, afirmou o petista. Certíssimo!

Cara, crachá!

Como perguntar não ofende: por que na hora do voto a Justiça Eleitoral exige do eleitor a apresentação de um documento com foto? Será que não acredita em seu moderníssimo sistema biométrico, desenvolvido justamente para identificar quem teve as impressões digitais previamente cadastradas pelos próprios cartórios eleitorais? Misericórdia!

Ai que dor!

A dor crônica é relatada por 37% da população. Segundo pesquisa da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor, a faixa etária média de ocorrência da dor é 41 anos. Em relação ao sexo, as mulheres são maioria entre os relatos de dores crônicas. O uso de celulares e tablets pode ser um fator que contribua para o aumento de dores crônicas. Práticas saudáveis, como boa alimentação e atividade física regular são medidas de prevenção para este tipo de dor. Vixe!

Licitação prometida

Todos os candidatos a prefeito de Aracaju prometem fazer a licitação do transporte coletivo. Entrevistado pelo blog Primeira Mão, o delegado Paulo Márcio (DC) disse que sem a concorrência pública é impossível garantir transporte com qualidade, eficiência e ambientalmente correto. O candidato do DC também defende “um transporte de alta capacidade, interligado ao rodoviário, hidroviário e outros modais alternativos”. Então, tá!

Festa na Academia

A Academia Sergipana de Educação promove sessão solene, nesta quinta-feira, para empossar novos acadêmicos, sócios beneméritos e entregar o Prêmio Professor João Costa – 2020. O médico sanitarista e professor Antônio Samarone estará entre os novos imortais da Academia, ocupando a cadeira 27, cujo patrono é Alfredo Montes. O evento será transmitido pelo youtube, a partir das 19 horas. Prestigie!

Projeto dedo duro

E o senador Alessandro Vieira (Cidadania) apresentou um projeto criando medidas mais eficientes de proteção a testemunhas que se arriscam para dedurar alguém. Segundo o parlamentar, o objetivo de sua proposta é garantir a integridade física do X9 ameaçado após denunciar atos ilegais de interesse público. O projeto de Vieira cria a medida excepcional de reserva da identidade das testemunhas. Ah, bom!

Candidatos escolados

Em Sergipe, 1.452 candidatos nas eleições deste ano declararam ter concluído o ensino superior. Isso representa um aumento de 37,24% em relação ao pleito de 2016. Essa variação, de acordo com o levantamento da Rádio UFS FM, é 14,2 pontos percentuais acima do registrado na região Nordeste, e 8,5 no Brasil. A Grande Aracaju é o território sergipano com o maior percentual de candidatos que disseram possuir ensino superior completo: 40,91%. Marminino!

Recorte de jornal

Publicado no jornal estanciano A Razão, em 25 de maio de 1912.

* É editor do Portal Destaquenotícias