14/10/20 - 14:16:32

CRESS/SE REALIZA VISITA DE FISCALIZAÇÃO NA REGIÃO AGRESTE E SUL DE SERGIPE

Dando início a ação “FISCALIZA CRESS – CRESS na minha Cidade”, que tem o objetivo de intensificar as visitas de Orientação e Fiscalização no interior sergipano, o Conselho Regional de Serviço Social de Sergipe (18ª Região) realizou na última quinta-feira, 8, e nesta terça-feira, 13, as visitas de Fiscalização na região Agreste e Sul respectivamente, passando por instituições públicas e privadas que tenham assistentes sociais em seus quadros funcionais para verificar as condições éticas e técnicas do exercício do profissional, além de averiguar possíveis situações de descumprimento da Legislação Profissional e de pessoas exercendo ilegalmente atribuições de assistente social, de acordo com a Lei Nº 8.662/93.

Segundo a agente fiscal do CRESS/SE, Lilian da Silva, as visitas de Orientação e Fiscalização, realizadas nas áreas de atuação do/a Assistente Social, é a ação potencializadora da defesa da profissão e da qualidade dos serviços a ser prestados à população usuária. “Através dela podemos constatar e prevenir irregularidades. Os aspectos éticos e técnicos do exercício profissional e de cumprimento da legislação profissional vigente são observados, e nos casos de descumprimento das normas éticas, técnicas e legais do Serviço Social o CRESS estabelece prazo para a adequação à norma. Identificamos que algumas instituições precisam apenas de alguns ajustes. Já solicitamos a realização e em um prazo de 30 dias estaremos entrando em contato para verificar a situação”, afirmou a agente fiscal.

A presidente do CRESS/SE, Dora Rosa Horlacher, também acompanhou as visitas. Segunda ela, nessas visitas foram ouvidas também as demandas da categoria. “Fiscalizamos algumas instituições públicas e privadas e analisamos as condições éticas e técnicas do exercício profissional. Foi um momento também de apresentação da nova gestão, pudemos ouvir as demandas e solicitações dos/as profissionais de Serviço Social”, explicou a presidente do Regional.

Satisfação da categoria

De acordo com a assistente social de Areia Branca, Shirleide Araújo Bezerra Meneses, a visita do CRESS/SE em seu município foi gratificante. “Com essas visitas nós, assistentes sociais, podemos expor as nossas angústias, as dificuldades que temos em relação ao trabalho. Sabemos que quem trabalha na assistência social encontra muitas dificuldades, porém sou um tipo de profissional que gosto de correr atrás, não fico esperando que as coisas aconteçam”, destacou.

A assistente social de Itabaiana, Carmem Virgínia, agradeceu a visita técnica na instituição em que atua. “Acho muito importante que o CRESS esteja junto a nossa categoria, para que os nossos direitos, enquanto assistente social, possam ser efetivados de acordo com as legislações”.

Já a assistente social Michele Meneses, atua na área da saúde em Itabaiana e para ela foi uma grande satisfação receber a equipe do Conselho em seu local de trabalho. “O CRESS é muito importante nesse processo de aconselhamento e de orientação para a nossa categoria, em busca dos nossos direitos e deveres. O CRESS nos apoia muito com relação ao processo, divisão e qualidade do trabalho, sobre os nossos direitos e deveres, conosco, com a equipe e com nossos/as usuários/as. É muito importante essas visitas, para mostrarmos o que está funcionando, o que precisa melhorar. Essas orientações são de extrema importância”, agradeceu a profissional.

“Fiquei muito feliz com a visita do CRESS, pois a gente via as visitas dos outros conselhos aqui, dos profissionais da enfermagem, psicologia, medicina. E o Conselho do Serviço Social nunca teve aqui por conta própria, sem que houvesse a nossa solicitação, para saber como está funcionando nosso trabalho. Espero que essa visita seja constante, como os demais conselhos”, disse a assistente social de Estância, Heid Marianne, que atua na área da saúde.

A assistente social Maria Lusivânia de Jesus Borges, destacou que a presença do CRESS é sempre um momento importante para o/a assistente social. “Podemos refletir e discutir um pouco sobre a nossa prática profissional. Além de ouvir melhor sobre os decretos e resoluções que temos para ampliar e melhorar o nosso trabalho a cada dia. Espero que esses momentos sejam constantes, não no sentindo apenas da denúncia, mas dessa comunicação e contato entre o profissional e o CRESS. É muito bom saber que essa gestão está próxima a nós, principalmente nesse momento de pandemia, que traz muitas dúvidas, medo e incertezas”, finalizou a profissional de Estância.

Fonte e foto Ascom/CRESS-SE