20/10/20 - 06:33:47

AULAS DO SEMESTRE 2020.1 SÃO INICIADAS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Mesmo após o Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (CTCAE) do governo do estado de Sergipe ter decidido, no dia 15 de outubro, pelo retorno das aulas presenciais nas instituições públicas e privadas de ensino, incluindo alguns cursos do nível superior, a Universidade Federal de Sergipe manteve o reinício das aulas regulares da Instituição através do meio remoto. O semestre letivo 2020.1 foi iniciado nesta segunda-feira, dia 19 de outubro, após sete meses sem aulas regulares em virtude da pandemia causada pelo novo coronavírus. Durante esse tempo houve a oferta de disciplinas curriculares durante o Período Letivo Especial (2019.4) – porém, não obrigatório a docentes e alunos – que também fora realizado por meio do ensino à distância.

Na mensagem de boas-vindas aos alunos, principalmente aos calouros, o reitor da UFS, professor Angelo Antoniolli, ressaltou o crescimento e consolidação da Instituição ao longo dos 52 anos de existência, e a força dos que compõem a comunidade acadêmica que, juntos, têm aprendido a vencer as dificuldades e os desafios. “Prezados alunos e prezadas alunas da Universidade Federal de Sergipe que adentram a nossa Universidade neste momento difícil que o mundo vive, sejam todo(as) bem-vindos(as). Vocês estão na Universidade distinguida como uma das melhores do País por conta da atuação no tripé que dá sustentação à educação universitária brasileira: ensino, extensão e pesquisa”, declarou o Reitor.

A decisão de não alterar a modalidade de ensino após a decisão do CTCAE, de acordo com o vice-Reitor da UFS e presidente do Comitê de Prevenção e Redução de Riscos Frente à Infecção pelo Coronavírus, Dr. Valter Joviniano de Santana, foi para continuar mantendo a comunidade acadêmica em segurança. “Entre estudantes e profissionais das diversas áreas, a Universidade possui cerca de 35 mil pessoas, o que é um número considerável de pessoas, que residem nos mais variados locais do Estado. Infelizmente a situação da Covid-19 não está solucionada. É bem verdade que os números em Sergipe mostram queda na quantidade de casos, mas, nós, da UFS, decidimos esperar um momento melhor para retomar as atividades presenciais”, explicou.

Para que o semestre 2020.1 pudesse ser iniciado, a Federal de Sergipe montou toda uma infraestrutura para que alunos e professores pudessem se adaptar a este novo momento. Para os estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica a Instituição forneceu auxílio para a compra de equipamento eletrônico (tablet, notebook ou smartphone) e de tecnologias assistivas, para aqueles que possuem algum tipo de deficiência e precisariam de suporte específico, como teclado adaptado; ofereceu chip com pacote de dados para acesso à Internet, ou o valor de R$ 900 para os estudantes residentes em áreas não cobertas pelo tráfego de dados 3G/4G.

Já para os docentes foi montado o projeto Prograd/STI de Apoio Tecnológico para Ferramentas Definidas para o Acesso Remoto, composto por técnicos que fornecerão auxílio digital de segunda à sexta-feira, das 7h às 23h, por meio do WhatsApp 79 9.8113 4465. Os auxiliares digitais responderão às dúvidas dos professores por meio da plataforma HopChat e sobre situações relacionadas apenas às ferramentas definidas pela Instituição para o acesso remoto. Além disso, uma parceria entre a POSGRAD, a PROGEP e o CESAD ofertou diversos cursos, todos visando oferecer aos professores o desabrochar das habilidades diante da nova realidade, dentre eles, introdução à EAD e como usar o Google Classroom, ferramenta escolhida para o ensino remoto.

Gabinete do Vice-Reitor