25/10/20 - 16:41:30

Nordeste pode ter segunda onda de Covid-19 e Sergipe está vulnerável porque candidatos só querem saber de votos

De acordo com alerta do Comitê Científico do Consórcio Nordeste, a região pode ter uma segunda onda de proliferação do novo coronavírus. A entidade enumerou pelo menos três fatores motivadores que podem ocasionar tal cenário catastrófico: o relaxamento nas medidas de contenção contra a covid-19, a proximidade do verão com a vinda de milhares de turistas para as praias, bem como ainda a realização de campanhas eleitorais.

O Comitê do Consórcio Nordeste vem recomendando às autoridades da região que sejam instalados estandes sanitários em todos os aeroportos dos nove estados, que compreendem a região. Eles deverão estar dotados de equipes de saúde com folhetos informativos, equipamentos de aferição de temperatura e kits de testagem rápida de passageiros provenientes do exterior.

Sobre o Nordeste pode ter segunda onda de coronavírus, segundo Miguel Nicolelis, neurocientista e um dos coordenadores do comitê, “há um risco real de que nos próximos meses tenhamos um fluxo de portadores do Sars-CoV-2, até de cepas diferentes das que aqui prevalecem”, disse à Folha de Pernambuco.

Sergipe e candidatos – Sergipe está em estabilidade em relação ao Coronavírus está em estabilidade, com o número de novos casos oscilando em uma média de 250 casos por dias, mas o número de mortos se mantem entre cinco e seis pr dia, mas já causa preocupação a membros da Jusitça Eleitoral, principalmente em cidades do interior.

No sertão de Sergipe várias cidades estão com controle rígido dos protocolos, inclusive proibindo carreatas e aglomerações, exigindo o uso de máscaras e abraços nos eleitores. Juízes eleitorais podem adotar medidas punitivas, porque indutor do virus para a população são os próprios candidatos, que desobedecem aos limites permitidos pela OMS.

No sábado à noite centenas de pessoais se aglomeraram, em festa, para dar apoio a um dos candidatos, todos sem qualquer proteção, além de misturados e ingerindo bebidas. Rsse quadro vem acontecendo em todo o Estado, incluindo Aracaju, cujos candidatos, a vereador e prefeito, não respeitam protocolos e se mostram pouco preocupados com a transmissão do vírus:  “os políticos querem é se eleger e o eleitor que contraia o virus e pode até morrer, desde que seja depois das eleições”, disse o advogado de um partido.