27/10/20 - 09:38:45

“É importante essa adaptação para campanha digital durante a pandemia”, reforça Marcos Aurélio

Os recentes números divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) mostram que Sergipe registrou 69 novos casos de Covid-19 e mais seis novos óbitos. Faltando quase dezenove dias para o pleito eleitoral (que ocorrerá no dia 15 de novembro) e, diante dos casos crescentes de pessoas infectadas pelo coronavírus, no Estado e no país, reforça-se a importância da adaptação das campanhas de ruas para as campanhas digitais, que têm ganhado força neste período.

Consciente do papel de cada indivíduo neste cenário de pandemia, o comunicólogo e administrador de empresas, Marcos Aurélio, optou por uma estratégia de marketing voltada ao digital, utilizando plataformas tecnológicas como principais meios de divulgação para sua campanha a vereador da capital sergipana.

Marcos concorre a uma vaga na Câmara Municipal de Aracaju e, tem realizado lives com debates  acerca do empreendedorismo, educação financeira e inteligência emocional, além de reuniões virtuais com amigos.

MA ainda vem fazendo visitas agendadas com apoiadores, com quantidade de pessoas controlada (Jabotiana, Marcos Freire II, Bairro Cirurgia). Também, vem promovendo encontros com simpatizantes ao Projeto Aracaju, em espaços abertos (praça) e seguros, com protocolos rígidos de limpeza e segurança (shopping Riomar).

O ex-diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa de Sergipe, atento a essa importância de preservar a si e aos outros, faz questão de destacar que, diferente do que vem sendo questionado no meio político e, fora dele, “eleição se ganha, sim, sem estar 100% nas ruas. Acreditamos na força do digital e na importância dessa adaptação durante a pandemia”, finaliza Marcos Aurélio.

Construção do Projeto Aracaju

MA é o idealizador do Projeto Aracaju, que tem como propostas o sistema três pilares para o desenvolvimento humano nas escolas da rede municipal de educação (Inteligência Emocional, Empreendedorismo e Educação Financeira).

Além da linha de crédito orientada, que propõe oportunizar àquela pessoa que desejar empreender, a possibilidade de conquistar um valor entre R$ 2 mil a R$ 5 mil para que, após uma capacitação da Prefeitura, e com o aval da mesma, junto a uma instituição bancária, consiga abrir seu próprio negócio, permitindo sua retomada econômica.

“Cada mãe ou pai que tiver acesso a esses recursos, será capaz de gerar sua própria renda para sustentar suas famílias e, com isso, fazer circular mais dinheiro que, seguramente, também chegará às médias e grandes empresas de Sergipe”, explica o administrador de empresas, Marcos Aurélio.

Assessoria de Imprensa