28/10/20 - 00:10:25

Edvaldo pode disputar com Rodrigo

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

O tempo está encurtando para o pleito. São exatos 14 dias. Muito pouco para uma reviravolta. Pouco mesmo. Talvez um milagre, um fato novo ou uma situação emergente retire a diferença que Edvaldo Nogueira (PDT) mantém sobre os demais nomes que disputam a Prefeitura de Aracaju. Ouve-se muito que a candidata Danielle Garcia (Cidadania), está se ‘derretendo’ e se distanciando para dar passos significativos, que possam amedrontar a posição que o prefeito mantém desde o início da campanha eleitoral.

A maioria acha que haverá segundo turno, mas o candidato a vereador Mendonça prado vê, “pelo andar da carruagem, Edvaldo eleito no primeiro turno”. Tudo pode acontecer, mas essa probabilidade fica mais difícil. A não ser que a partir de agora só o prefeito pontuasse nas pesquisas e fixasse um quadro definitivo. Os programas eleitorais transmitem o estilo de cada um. Danielle tem iniciado as apresentações reconhecendo que “ninguém me conhece” e daí explica quem ela é e se identifica ao eleitor. Agora abre um sorriso e fala de um velho projeto de fixar sub-prefeituras em bairros da capital, coisa que jamais deu certo. Enfim, falta consistência.

O deputado Rodrigo Valadares (PTB) realmente surpreendeu. Mesmo se rotulando de conservador, faz um programa avançado, novo, que chama atenção. Cresce junto à opinião pública e prega que até o final do mês dará uma virada ‘espetacular’ e deixará em terceiro lugar a ilustre delegada. Rodrigo acopla Bolsonaro em suas falas e tenta conquistar os seguidores do presidente, embora haja pouca manifestação de bolsonaristas em relação a ele. Um deputado estadual previu ontem que Rodrigo Valadares “vai levar muita porrada” dos seus adverários mais próximos, caso cometa a façanha de se tornar o segundo colocado.

O Partido dos Trabalhadores não terá mais condições de reagir e ter Márcio Macedo disputando a final com Edvaldo Nogueira. Embora o comentário dos membros do partido estejam acima do otimismo, não é o que se sente nas ruas. Desde o início do pleito que se criou uma expectativa da presença da delegada Danielle Garcia no segundo turno e a posição ficava dividida entre ela e Márcio Macedo. O programa eleitoral chegou e modificou o desenho, colocando Rodrigo Valadares entre os dois e isso mudou toda a configuração do que se imaginava para um enfrentamento final.

Fora do meio petista, não há ânimo em relação ao êxito de Márcio Macedo, que não teria empolgado como candidato majoritário, mesmo que tenha alcançado posições de destaque na cúpula nacional do partido. Há quem avalie, dentro do próprio PT, que uma derrota para a Prefeitura de Aracaju pode desmontar projetos do partido para 2022, apesar da atuação dinâmica do senador Rogério Carvalho no Senado. Como não há mais tempo para mudanças e ganhos, Márcio ficará entre os quatro mais votados, incluindo o prefeito Edvaldo Nogueira.

É uma avaliação que pode estar equivocada, mas é o que se ouve em todas as rodas políticas.

Ameaça debandada

Candidatos a vereador pelo PL ameaçam debandada porque não receberam recursos do Fundo de Campanha e citam nomes que tiveram recursos repassados,

*** Um deles foi o candidato Pedrinho Barreto, que recebeu R$ 50 mil. Outros “não receberam um só centavo para suas campanhas”.

Se não usar devolve

Pedrinho Barreto (PL) explicou que foi o deputado federal Bosco Costa (PL) quem depositou os R$ 50 mil do Fundo Partidário em sua conta, para a campanha.

*** Pedrinho disse que não usou o dinheiro e está aguardando a posição dos demais aliados. Admite que se por ventura não o utilize vai devolvê-lo.

*** Pedrinho lembra que esse recurso não é nada ilegal e seguiu os trâmites para repasse.

Fundo é problema

O problema do Fundo de Campanha engasga candidatos a vereador em todo o Brasil, porque os partidos não vão repassar recursos para quem não tem a menor chance de se eleger.

*** Em Sergipe também é assim, porque o objetivo e formar uma bancada na Câmara e, para isso, contemplar quem tem toda a chance de chegar lá.

Vai se retratar

O candidato do PTB a prefeito de Aracaju, Rodrigo Valadares, diz que sua campanha cresce a cada dia e acredita que “já passamos ou estamos próximos de passar a delegada Danielle Garcia” (Cidadania).

*** Sobre áudio publicado nas redes, da ex-candidata a vereadora Rose Silva, que reclama sobre recursos de campanha, Rodrigo diz que é Fake News e a própria Rose “vai se retratar”.

Delegada com Edvaldo

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) acredita que haverá segundo turno, mesmo considerando as pesquisas pouco confiáveis divulgadas nos últimos dias.

*** – O adversário é Edvaldo Nogueira e a delegada Danielle é a única candidata com força para vencer a situação, diz.

*** Acrescenta que a “campanha segue com muita aceitação nas ruas, crescendo nessa fase de apresentação de propostas. O povo quer mudar”!

Velhos coronéis

Alessandro informa que tem participado da campanha normalmente, “mas a candidata é a delegada Danielle e é ela que deve centralizar as atenções”.

*** – Não faço como os ‘velhos coronéis’ que precisam estar presentes em todos os eventos. Procuro garantir o máximo de espaço para quem está se apresentando, disse.

Sobre pesquisas

A Polícia Federal desmente que esteja fazendo alguma investigação sobre Institutos de Pesquisas. Essa é uma questão que cabe ao TER-SE, que é quem faz os registros.

*** A Polícia Federal admite que seja Fake News, porque não existe qualquer processo de investigação contra Institutos de Pesquisas.

Eliane com cuidado

A vice-governadora Eliane Aquino (PT) não entrou para valer na campanha até agora, em razão da sua mãe, que mora com ela e teve coronavírus.

*** Eliane usa o termo “muito bacana”, para definir as carreatas do candidato petista à Prefeitura, Márcio Macedo.

Haddad virá a Aracaju

Para Eliane Aquino “a cidade ainda está fria” em termos de campanha. Acha que essa história de pandemia e sem debate entre candidatos, não anima o eleitorado.

*** A presença do ex-presidente Lula em Aracaju está difícil em razão de orientação médica, embora o candidato Márcio Macedo acredite que ele ainda venha.

*** Certa mesmo está a vinda de Fernando Haddad, que fará visitas a várias cidades em que o PT tenha candidato.

Bolsonaristas silenciam

Percebe-se que não há presença de bolsonaristas nas ruas de Aracaju e nem apoio declarado a algum candidato a prefeito por seguidores do presidente.

*** Esperava-se uma onda bolsonarista em favor de um dos candidatos. A impressão é que o bloco vinculado ao presidente recuou.

Primeiro turno

O deputado Fábio Mitidieri (PSD) diz que o bloco de apoio ao prefeito Edvaldo Nogueira está trabalhando para “vencer em quantos turnos tiverem as eleições” (rsrs).

*** – Mas, pelo que vemos nas ruas, há uma chance real de eleição em primeiro turno, disse.

*** Acrescenta que “de toda forma, o trabalho continua firme, independente de quantos turnos teremos, mas não escolhemos adversários. O eleitor é quem decide.”

Partido está unido

Mitidieri diz que o “PSD está mais unido do que nunca. Fechamos com Edvaldo e estamos correndo para elegermos o maior número de prefeitos e vice-prefeitos em todo Estado”.

*** E mais: “Entramos como o maior partido de Sergipe e esperamos sair com essa posição consolidada”.

Sobre Bolsonaro

Candidato a vereador, João Tarantela (DEM) alerta para o depois das eleições: “todos querem estar ao lado do presidente Bolsonaro”,

*** E revela: “mas tem muito candidato que sequer votou no presidente. Cuidado com os aproveitadores”!

Pleito em Socorro

De Socorro chega a informação de que o candidato a prefeito Fábio Henrique (PDT) está à frente pelo que revela a população, mas não tão distante do prefeito Padre Inaldo, que busca a reeleição.

*** A avaliação é de que a composição com o ex-prefeito José Franco fortaleceu a campanha do prefeito.

Rogério e economia

O senador Rogério Carvalho (PT) admite que o Governo tentou rivalizar vida e economia, como se fosse possível existir economia sem vida, ou garantir condições dignas de existência sem um projeto econômico consistente.

*** – Para Rogério, Mas o que seu discurso pretendia esconder era o miserável despreparo do governo, disse.

*** Admite que “que dia após dia, os indicadores e pesquisas revelam o abismo no qual o Brasil está sendo jogado”.

Uma boa conversa

Sem o fundo – Candidatos de alguns partidos continuam dispostos a largar o barco e apoiar outros nomes à prefeito de suas cidades, porque não receberam o Fundo Eleitoral.

Bem dividido – O presidente de um partido em Aracaju preferiu dividir o dinheiro do Fundo com quem tem manos chances de eleger-se, para que eles ajudasse na votação dos mais fortes.

Dólar vai longe – O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM) diz que dólar pode chegar a R$ 7 em 2021.

Blog do Noblat – Entre brigas e expectativa de reforma, presidente Jair Bolsonaro pede ‘pacto de silêncio’,

Parabéns a Lula – Candidatos do PT à prefeitura de pelo menos quatro capitais transformaram em tema de seus programas eleitorais os parabéns a Lula, que completou 75 anos.

João Arnaldo – Bolsonaro assinou um decreto que abre caminho para a privatização das Unidades Básicas de Saúde. Mais uma incoerência diante da pandemia.

Revista Fórum – Alexandre de Moraes pede à PF informações sobre investigação contra Flávio Bolsonaro.

TV Cultura – Os hábitos de higiene e cuidados pessoais dos brasileiros variou muito ao longo da pandemia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

‘.