28/10/20 - 08:12:28

Rodrigo Valadares e a candidata a vice, Bispa Vanilda  reforçam compromisso cristão

O candidato a prefeito de Aracaju, Rodrigo Valadares, e a candidata a vice-prefeita, Bispa Vanilda, reforçam princípios conservadores, que os ascendem como única candidatura viável aos eleitores evangélicos que atualmente totalizam 67 milhões no Brasil, segundo estudo do demógrafo José Eustáquio Alves, professor aposentado da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE.

Leia mais em: www.veja.abril.com.br/brasil/evangelicos-devem-ultrapassar-catolicos-no-brasil-a-partir-de-2032.

“Temos uma candidatura cristã para disputar pela vaga na prefeitura de Aracaju. Colocamos Deus a frente dessa caminhada e Ele é quem está tomando conta de tudo. Deus no comando”, declarou o candidato bolsonarista.

Atual Deputado Estadual, Rodrigo Valadares sempre apoiou a causa evangélica. Em março de 2019, ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, durante o Grande Expediente, para criticar Edvaldo Nogueira por não ter realizado o tradicional show gospel da capital. Ainda nesse mesmo ano, enquanto presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Vida e da Família, recebeu, na Alese, a Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e também Pastora da Igreja Batista, Damares Alves.

Em sua candidatura, não poderia ser diferente. Segundo pessoas próximas, todas as reuniões e eventos que envolvem o time de campanha é iniciado com orações. Além disso, perante lideranças evangélicas, durante a carreata pelos bairros de Cidade Nova e 18 do Forte, o candidato bolsonarista reafirmou forte diálogo com as comunidades religiosas e apresentou os seus compromissos:

Convênio com creches mantidas por igrejas e outras entidades religiosas;

Estabelecimento de procedimentos para regularização urbanística e fundiária de templos e organizações sociais;

Criar e manter canais de diálogo permanente com comunidades religiosas;

Realizar ações e serviços por meio dos quais as comunidades religiosas possam contribuir para a coletividade, em parceria com a administração municipal;

Estabelecer uma política de cessão de equipamentos disponíveis na Prefeitura para realização de eventos ou celebrações da comunidade religiosa;

Apoiar e promover fóruns, debates e eventos que promovam a religiosidade na cidade e na região, respeitando a diversidade de orientação religiosa;

Aproveitar melhor a atuação social das comunidades religiosas, articulando-a com a estrutura de Assistência Social da Prefeitura;

Convênio da prefeitura com as instituições filantrópicas e religiosas para promover cursos profissionalizantes, aproveitando sua infraestrutura;

Ajudar as instituições filantrópicas que trabalham com recuperação de dependentes químicos;

Saúde da família, orientação, acompanhamento sexual e gravidez e acompanhamento municipal;

Manter a isenção de tributos municipais para templos religiosos;

Definir área da Administração Pública Municipal a ser responsável pela legalização de documentos e conformidade de templos religiosos e instituições filantrópicas;

Fórum com representantes da sociedade civil para aconselhamento da gestão pública municipal;

Expandir a ronda de Guarda Municipal de rotina para templos religiosos e afins, assim como garantia de segurança pública para a organização de eventos religiosos.

Para reforçar o compromisso com os religiosos, a Bispa Vanilda destacou o seguinte versículo bíblico: “Quando os justos governam, alegra-se o povo; mas quando o ímpio domina, o povo geme” (Provérbios 29:12).

Nesse sentido, o candidato de direita e cristão reafirmou que este é o momento de mudança. “Em Salmos 33:12, diz: ‘Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR, o povo que Ele escolheu para lhe pertencer’. Por isso, me responsabilizo à mudança, chegou o momento de defender Aracaju e fazer desta terra a melhor cidade do Brasil para se viver e trabalhar. Com amor, probidade, força de vontade e trabalho árduo podemos reverter o cenário atual e entregar uma cidade melhor para nossa gente”, reiterou o candidato, demonstrando otimismo com um futuro melhor para Aracaju.

Fonte e foto assessoria