02/11/20 - 07:18:09

Como ter um envelhecimento ativo e saudável; Pesquisadores reforçaram a importância do esporte

Envelhecer de forma ativa e saudável. O tema, cada vez mais atual diante da expectativa de vida longa, norteia pesquisa científica de professores da área de Educação Física e de Saúde. A quinta edição dos Seminários Internacionais Virtuais sobre Internacionalização, Ciência e Inovação (SIVICI) abordou a questão com os professores Nuno Batalha, Rodrigo Vargas, Joaquim Borba e Moisés Rosa. O evento foi transmitido pelo youtube da Universidade Tiradentes.

Professor da Universidade de Evora, em Portugal e doutor em Ciências do Desporto, Nuno Batalha iniciou explicando que o envelhecimento da população de Portugal despertou a pesquisa, haja vista o crescimento de números de idoso de 9,7%, em 1970, para 20,3%, em 2014.

“Com o envelhecimento, que e um processo biológico, temos um declínio motor e de funções executivas. Temos também a diminuição da densidade óssea e o aumento da massa corporal, o que contribuem para o risco de queda. Os resultados das pesquisas, com programas multimodais, foram efetivos na redução de queda. Os idosos melhoraram a ação e a percepção, o que leva a melhoria de quedas. Houve também melhorias na funcionalidade cognitiva”, relatou.

Os pesquisadores reforçaram a importância do esporte e da prática regular de atividade física para um envelhecimento ativo.

LABIMH

Idealizado pelo professor Estélio Henrique Martins Dantas, do curso de Educação Física da Universidade Tiradentes, o Laboratório de Biociências da Motricidade Humana (LABIMH) surgiu há 25 anos na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Ao longo dos anos, formou 130 mestres, 52 doutores e oito pós-doutores.

Assista  a Live https://www.unit.br/lives

Assessoria de Imprensa