03/11/20 - 05:06:56

Manu defende a inclusão digital para estudantes da rede pública

A candidata a vereadora de Aracaju, Manu, tem percorrido as regiões da capital e defendido que a educação deve ser prioridade, mas percebeu que muita gente enfrenta dificuldades para incentivar e manter os estudos dos filhos principalmente durante a pandemia da Covid-19. Uma grande parte da população não tem acesso a internet e os estudantes acabam se prejudicando ainda mais, sem as aulas presenciais.

“É importante e essencial a disponibilização de Wi-Fi para os estudantes dentro da escola e de casa. Vamos propor um projeto de lei que firme parcerias público-privado, para garantir Wi-Fi na residência de estudantes de baixa renda e incentivar a educação e capacitações virtuais”, promete a petista.

Desde o início da campanha, Manu diz que: “A educação é a arma de toda a população, de todas as classes sociais e as menos favorecidas precisam ter mais acesso e o poder público precisa investir mais. Isso será minha prioridade”.

A candidata vai propor ainda a ampliação do número de creches nos bairros da capital possibilitando uma Educação Básica de qualidade e automaticamente auxiliando as mães a terem mais liberdade no ingresso do mercado de trabalho.

Defender a mulher é umas das bandeiras levantadas por Manu, lembrando que atualmente, das 24 cadeiras da Câmara Municipal de Aracaju, apenas uma é ocupada por mulher. “Quero pautar a criação do Conselho de Direito das Mulheres para garantir a igualdade de cargos e salários das mulheres com condições de trabalho iguais as dos homens; bem como a criação de habitação para mulheres vítimas de violência; implementação das práticas integrativas e complementares; regulamentação das doulas que são mulheres que servem nas maternidades públicas”, revela.

A jovem se compromete ainda a dar atenção especial à desigualdade social, lutar pela capacitação e inserção dessas pessoas no mercado de trabalho e também lutar pelos grupos de vulneráveis que necessitam ser amparados eficientemente na legislação.

“A igualdade de gênero também vai ser defendida por mim, temos que acabar com esse preconceito, inclusive acredito no potencial dessas pessoas que merecem espaço nas administrações públicas. Quero representar também nossos artistas e lutar pelo fortalecimento da cultura, negros, comunidade LGBTQI+, animais e crianças em situação de vulnerabilidade social”, planeja.

Por Fredson Navarro

Foto assessoria