07/11/20 - 09:10:28

Hospital de Cirurgia inaugura “Sino da Gratidão” no Ambulatório de Oncologia

Doado pela AMO, sino será tocado pelos pacientes para celebrar fim do tratamento oncológico

“Você é um exemplo de luta e de superação. A sua força, esperança e fé falaram mais alto. Toque este sino e comemore conosco o fim de uma fase importante do seu tratamento!”. Esta frase está presente na placa do “Sino da Gratidão”, que foi inaugurado nesta quinta-feira, 5, no prédio do Ambulatório de Oncologia do Hospital de Cirurgia – fruto de uma doação da Associação dos Amigos da Oncologia (AMO), grande parceira do Cirurgia.

A partir de agora, todos os pacientes assistidos pelo Ambulatório de Oncologia do Cirurgia, após o término do seu tratamento, serão convidados a tocar o “Sino da Gratidão”, como forma de celebrar junto com toda a equipe multiprofissional do hospital o começo de um novo capítulo de sua vida.

Para o responsável Técnico da Oncologia Clínica do Hospital de Cirurgia, Dr. André Peixoto, o sino tem uma representatividade enorme. “É o símbolo da vitória, da gratidão, da superação física e emocional de pacientes que concluíram uma fase determinada do seu tratamento. Além do mais, ele motiva outros pacientes a alcançar o objetivo de vencer o câncer”, destaca.

Presente na solenidade, a interventora judicial do Cirurgia, a enfermeira Márcia Guimarães, agradeceu a AMO pela doação do sino, um instrumento musical que traz consigo um grande incentivo aos pacientes oncológicos, além de destacar as novidades do Serviço de Oncologia do hospital.

PARCERIA COM AMO

“A AMO é sempre uma grande parceira do nosso Cirurgia e temos muito orgulho disto. Agradecemos a doação do sino, este lindo gesto, em nome da presidente da Associação, a Conceição Balbino. Temos certeza que ele será tocado várias vezes pelos pacientes oncológicos que são atendidos em nosso hospital, pois estamos cada dia mais ampliando e melhorando a nossa assistência. Em breve, chegará o nosso aparelho de ressonância e, no início de 2021, começaremos o funcionamento do novo equipamento de radioterapia, o acelerador linear, que está em fase de conclusão da montagem”, afirma Márcia Guimarães.

Presidente da AMO, Conceição Balbino, explica por quais motivos doou o sino ao Cirurgia. “Esse sino tem uma simbologia de vitória, de parceria. Nascemos dentro do Cirurgia há 24 anos, quando profissionais de saúde, voluntários do hospital, decidiram criar a AMO. E não seria um momento, assim, de celebração, que ficaríamos fora. Os pacientes em todo o Brasil estão tocando um sino para celebrar a vitória de encerramento de algum tipo de tratamento, enquanto aqui me perguntavam por que o Cirurgia, a AMO não tinha. Então, decidimos presenteá-los. Quem tem um paciente com câncer, quem vive dentro da Oncologia, sabe que cada conquista é muito importante”, relata.

Na ocasião, a presidente da AMO ressaltou também a reestruturação, por meio da Intervenção Judicial, que o Cirurgia vem passando. “Com a entrega deste sino, celebramos a parceria com o hospital. Acreditamos muito neste serviço. E, com essa nova força, com essa qualidade de pessoas que estão aqui dentro, temos acreditado mais, sendo testemunha desta evolução. Hoje, a Oncologia passou a ser prioridade também no Cirurgia”, afirma.

PRIMEIROS BADALOS

No momento da inauguração, duas pacientes do Ambulatório de Oncologia do Cirurgia, que encerraram o tratamento quimioterápico, tiveram a honra de badalar o sino pela primeira vez e expressar a felicidade de concluir um ciclo importante.

“Estou emocionada. Recebi alta no dia 9 de outubro, e, coincidentemente, fui a primeira paciente curada do câncer que toca o “Sino da Gratidão”. Sinto-me muito abençoada e honrada. Com certeza, toquei com todo gosto. Comecei o tratamento na Oncologia do Cirurgia em março de 2020 e encerrei em julho. Tive um tratamento maravilhoso. Fui muito bem atendida pelas técnicas, enfermeiras, pela minha médica, a Dra. Lívia”, relata a paciente Aparecida Lopes, 60 anos.

Para a paciente Eliana Nascimento, 39 anos, a sensação de tocar o “Sino da Gratidão” foi única. “É um alívio. É a conclusão de um ciclo, eu precisei fazer cirurgia também. Esse momento significa muita paz. É uma alegria estar aqui com todos vocês comemorando isso. Saber que eu venci é tudo de bom. Sei que novas etapas virão. Mas virão para eu vencer”, destaca.

PRESENÇAS

Além da interventora judicial do Hospital de Cirurgia, Márcia Guimarães, da presidente da AMO, Conceição Balbino, do responsável Técnico da Oncologia Clínica do Cirurgia, Dr. André Peixoto, a inauguração do sino contou com a presença da coordenadora do Ambulatório de Oncologia do hospital, a enfermeira Ingrid Barreto.

Por Sheyla Pina

Foto assessoria