09/11/20 - 05:24:10

Márcio Macedo: “Viramos o jogo e apenas oito dias nos separam do segundo turno”

Contrariando pesquisas eleitorais e perseguições políticas, a coligação ‘Aracaju de Todos Nós’ realizou uma das maiores agendas de campanha da história da capital sergipana

Um dia de renovo de esperança, de resgate de sonhos e do verdadeiro compromisso com os aracajuanos e aracajuanas. Assim foi a grande carreata da vitória do Partido dos Trabalhadores, realizada neste domingo, 08. Do Porto D’antas à Orla de Atalaia, o candidato a prefeito de Aracaju, Márcio Macêdo (PT), foi recebido com festa, com entusiasmo. Com saudades de uma gestão responsável e com o olhar voltado a todos, todas e todes. Sem distinção.

Contrariando pesquisas eleitorais e perseguições políticas, a coligação ‘Aracaju de Todos Nós’ realizou uma das maiores agendas de campanha da história da capital sergipana. Com manifestações populares bastante enérgicas em todos os locais que passou. Fator que, para a vice-governadora Eliane Aquino, de justifica pela escolha dos dois nomes do PT nessas eleições.

“Nós temos dois professores para enfrentar o fascismo, para enfrentar a homofobia, o preconceito e todos tipos de opressão e atraso.  Temos as nossas políticas que nós já fizemos muito bem. Lembre-se, Aracaju: quem defende a população sergipana é o PT, e acreditem, nós já estamos no segundo turno. Podem acreditar nisso”, declarou.

A afirmação de Eliane se complementou com o discurso do líder do PT no Senado, senador Rogério Carvalho. Assim como a vice-governadora, ele ressaltou a atuação incessante do Partido em favor do povo, com destaque às muitas novas ações que serão realizadas por Márcio e a professora Ana Lúcia. O PT tem compromisso com aqueles que estão desamparados. Foi com o PT que o povo foi visto. É esse o partido que, de fato, tem um olhar voltado para quem mais precisa. É com o PT, com o 13, que vamos mostrar como se faz uma gestão responsável e que devolva a autoestima das pessoas”, disse o senador dos sergipanos.

O deputado federal João Daniel, por sua vez, lembrou as muitas obras de Marcelo Déda e Lula pela capital. “Em cada canto de Aracaju, tem obras do PT. Tem o dedo, olhar e o carinho de Déda. Tem o amor de Lula. Se não fosse o PT, Aracaju estaria parada no tempo. Sem esperança. Foi o PT que retirou mais de 600 famílias das palafitas e deu moradias dignas, na Coroa do Meio. Foi o PT quem construiu os hospitais das zonas Norte e Sul, que criou o SAMU, que deu dignidade a nossa gente. E será com o PT que os aracajuanos e aracajuanas voltarão a ser inseridos no orçamento. O PT vai devolver o desenvolvimento e a felicidade a Aracaju”, proferiu.

Virada

O clima na capital sergipana, neste domingo, foi um só: é tempo de virada. Em todos os momentos, Márcio foi aclamado pelas pessoas que, das calçadas, esquinas e janelas, faziam questão de declarar apoio à sua campanha. Diante disso, o petista afirmou que a recepção popular era resposta de tudo que o PT já fez pela capital.

“Hoje nós mostramos, em todos os cantos da cidade, o que eles estão tentando esconder. Mostramos quem é o PT e qual é a vontade do povo. Eles estão fabricando pesquisas, estão tentando nos sufocar. Eles estão com medo de que a gente vá para o segundo turno, porque, se nós formos para o segundo turno, nós vamos ganhar a eleição do prefeito Fujão, que não tem coragem de vim para o debate, nem de enfrentar os problemas da cidade. Mas nós não temos medo. Nós temos uma militância que, hoje, demonstrou ainda mais unidade, muita força e  muita vontade de ganhar eleição. É por isso que nos perseguem, tentam nos intimidar. Mas aqui tem força, união e vontade de mudança. E seremos essa mudança para Aracaju”, conclamou.

“Apenas oito dias nos separam do segundo turno e de ganhar essa eleição. Então vamos intensificar nossas ações nessa reta final. Estaremos com mais força nas ruas, levando a mensagem do 13, a mensagem da mudança. A mensagem do PT.  Nós estamos enfrentando duas máquinas públicas fortes e, em Sergipe, isso não é pouco. Estamos enfrentando o poder econômico. Eles acharam que a gente não teria coragem de enfrentar e quebraram a cara. Eles não conhecem o PT, nem a sua militância. A gente enfrenta os poderosos como sempre enfrentamos. Por isso estou muito feliz. Porque eles fizeram tudo isso, mas esqueceram de combinar com o povo e o povo está querendo levar o 13 para segundo turno e eles sabem que nós vamos para o segundo turno e vamos ganhar essa eleição”, acrescentou.

Foto: Janaína Santos

Da assessoria