10/11/20 - 06:27:41

Alunos de Sergipe são convidados para os 10 anos do Programa Jovem Senador

Em 2020, o Programa Jovem Senador completa 10 anos de existência, e no período de 23 a 27 de novembro será realizado um evento comemorativo com alunos e professores que participaram de todas as edições. As atividades seriam realizadas, inicialmente, de modo presencial, em Brasília (DF), mas por conta do período de distanciamento social, acontecerá de maneira virtual.

De acordo com a coordenadora estadual do Programa Jovem Senador, Nádia Cardoso, do Serviço de Apoio ao Desenvolvimento Estudantil (Seades), vinculado ao Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase), da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), todos os alunos e professores sergipanos classificados do 1º ao 3º lugar em todas as edições foram convidados a participar do evento comemorativo.

No dia 24 de novembro, a atividade específica será o plantio de mudas de árvores nativas. Os alunos participantes deverão preparar a muda, plantar a árvore e registrar o plantio em suas redes sociais por meio de fotos e vídeos. A postagem deverá conter as Hashtags: #JovemSenador e #ArvoreDoConhecimento. Na publicação, o aluno também deverá marcar o perfil @jovemsenador (tanto no Instagram, quanto no Facebook). O plantio de uma muda nativa se dará pelo fato de o símbolo do Jovem Senador ser uma árvore formada por letras, chamada “árvore do conhecimento”.

“Esse é um ano muito importante para o Jovem Senador, um programa que trabalha a educação para a democracia, a cultura de paz, de solidariedade, de fraternidade e também de preservação ambiental. É importante esta ação de plantio de uma árvore nativa porque é preciso que essa geração perceba a importância urgente de um reflorestamento do nosso país e do nosso planeta. Então essa atividade traz toda uma responsabilidade para dentro da escola”, disse Nádia Cardoso.

A edição 2020 do Jovem Senador foi adiada devido às ações de prevenção à Covid-19, mas o Senado Federal continua cultivando o Programa, inclusive com a manutenção do mesmo tema para o próximo ano: “Adolescência e o despertar para o exercício da cidadania”.