10/11/20 - 08:15:20

Candidato a prefeito em Pedrinhas responde a processos por improbidade administrativa

Candidato a prefeito em Pedrinhas e ex-gestor do município, José Antônio Silva Alves, conhecido como Zé de Bá (PT), responde a dois processos por improbidade administrativa e coleciona multas do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) por irregularidades registradas enquanto esteve à frente da Prefeitura.

No processo nº 201989200329, o empresário Ernandes Gomes, proprietário da Popeye Eventos, declarou que promoveu cerca de cinco a seis festas para o município de Pedrinhas. De acordo com o ele, após efetuar o pagamento dos eventos, o ex-prefeito Zé de Bá costumava pedir algumas quantias a título de empréstimo pessoal. Segundo o declarante, o ex-gestor solicitava valores entre  R$ 30.000,00 e R$50.000,00, sempre em espécie e afirmando que acertaria as contas com a empresa quando houvesse um novo evento.

O empresário relatou ainda que Zé de Bá pediu emprestado R$ 105.000,00, alegando que precisava desse dinheiro para se defender em um processo de cassação de mandato e que devolveria essa quantia. Com a segurança de que seria contratado novamente, Ernandes entregou em mãos R$ 60.000,00 e um cheque da Prefeitura de Pedrinhas emitido nominalmente em favor da empresa do declarante no valor de R$ 45.000,00, o qual no ato foi endossado pelo proprietário da Popeye Eventos para que pudesse ser sacado por Zé de Bá ou outra pessoa a seu benefício.

Quando decidiu cobrar os tais empréstimos, o empresário ouviu Zé de Bá dizer que as quantias ficariam como “parte do lucro dele obtido nas festas” e mencionou que o ex-prefeito deixou de contratar a empresa após iniciarem as discussões sobre o pagamento da dívida. Por essa razão, o declarante disse que teve o dinheiro “retirado dele na tora”, a título de “proprina”, e que foi enganado por Zé de Bá.

Além de lucrar com a promoção de eventos públicos, de acordo com o processo nº 201789200907, Zé de Bá cometeu ato doloso de improbidade administrativa por não repassar as contribuições previdenciárias de 2014, mesmo tendo descontado os valores referentes à contribuição sindical na folha de pagamento dos seus servidores.

A má conduta de Zé de Bá na administração do município também fez com que, através da Ação nº  201389200662, Pedrinhas fosse proibido de promover festas e eventos. Na decisão referente à ação, foi determinado pela justiça que desde 2013 a cidade não possui mais autorização para celebrar o São José, São João e a Emancipação Política.