12/11/20 - 09:19:39

Marcos Aurélio: “O turismo gera renda, emprego e desenvolvimento da saúde”

O comunicólogo e administrador Marcos Aurélio entende a importância do turismo como vetor de desenvolvimento econômico do estado, capital e municípios_

É bem verdade que o turismo tem grande importância para todo o estado de Sergipe, inclusive, para Aracaju. Ele é vetor de desenvolvimento econômico também nos 75 municípios sergipanos e tem papel fundamental na geração de renda, emprego, no fomento das várias atividades. O turismo movimenta toda uma cadeia: saúde, segurança, infraestrutura, dentre outros setores.

O comunicólogo, administrador e candidato a uma das cadeiras na Câmara Municipal de Aracaju pelo PDT, Marcos Aurélio, entende a necessidade e a importância de elevar a atividade turística. Entre os três pilares (empreendedorismo; educação financeira; inteligência emocional) propostos por MA para a educação de base de ensino na rede municipal, está justamente o empreendedorismo.

“E a gente sabe que seja rico ou pobre, qualquer pessoa pode empreender. Pode investir seu tempo, emocional e suas habilidades para abrir seu próprio negócio. E por que não empreender no turismo?!”, pontua Marcos Aurélio.

Em total sintonia com esse vetor de desenvolvimento, Marcos ainda propõe, no que ele criou e designou de Projeto Aracaju, uma linha de crédito orientada para ajudar a este indivíduo que quer empreender. “Estamos propondo uma linha de crédito entre R$2 mil a R$ 5 mil mais uma capacitação. E nosso município já possui uma lei que possibilita essa oportunidade”, frisa MA.

Potenciais do turismo

A turismóloga, mestra em Planejamento de Rotas Rural desde 2017 e que tem um trabalho importante para o turismo no estado, Ellen Carvalho, reforça que Sergipe tem grande potencial. “Aqui no estado temos potencial do turismo sol e praia; do turismo religioso; histórico; ecoturismo; turismo de negócio; gastronômico, são muitos”, revela ela.

Ellen ainda pontua os potenciais de Aracaju: “Na capital os mais desenvolvidos são o turismo de sol e praia, históricos e religioso, mas ainda é preciso ser feito um estudo maior, um levantamento de demanda”, acredita.

A mestra em Planejamento de Rotas Rural é criadora da Primeira Rota Turística oficial de Itabaina-SE, a Rota Caminhos da Serra de Itabaiana, que conta com participação da comunidade, do trade turístico e do Instituto Federal de Sergipe.

Para a turismóloga, “é preciso transformar o turismo em atividade profissional. Ainda é desenvolvido com muito amadorismo”, alerta Ellen Carvalho.

*Assessoria de Imprensa*