12/11/20 - 08:26:32

PNEUMOLOGISTA FAZ ALERTA SOBRE OS CUIDADOS COM A PNEUMONIA

Nesta quinta-feira, dia 12 de novembro, é celebrado o Dia Mundial contra a Pneumonia, uma data criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com o objetivo de conscientizar a população a se prevenir da doença. Por se tratar de uma infecção respiratória, a bactéria Streptococcus pneumoniae ou pneumococo é o agente causador da doença que é grave, mas é prevenível, como explica o pneumologista do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), Saulo Maia D’Ávila Melo.

“Basicamente, pneumonias são provocadas pela penetração de um agente infeccioso ou irritante como bactérias, vírus, fungos e por reações alérgicas. Alguns sintomas da doença são febre alta, tosse seca ou com catarro, falta de ar, dor no peito e dificuldade de respirar. No entanto, esses sintomas, apesar de clássicos em adultos, podem mudar em crianças e idosos. Por isso, ficar atento aos sintomas e procurar ajuda médica é essencial”, explicou o especialista.

A pneumonia tem cura e quando o tratamento é feito da forma correta algumas complicações podem ser evitadas. As vacinas podem ajudar a prevenir a pneumonia em crianças, idosos ou pessoas com diabetes, asmas, enfisema, HIV, câncer ou outras condições com efeitos a longo prazo. Se a indicação for o tratamento em casa, é importante seguir a prescrição médica, tomar os remédios no horário, principalmente antibiótico que não deve interromper o uso, antes do tempo estabelecido.

No Huse, recentemente, foi disponibilizada a vacina Pneumo-23, para profissionais que estão atuando na linha de frente contra a Covid-19. A enfermeira do CRIE do Huse, Cristina Melo, destacou a importância da imunização dos profissionais que estão na linha de frente. “É importante salientar que a pandemia da Covid-19 não acabou e que a prevenção com os cuidados básicos são essenciais e para os profissionais que estão na linha de frente do combate é fundamental reforçar a prevenção com a vacina pneumo 23”, ressaltou.

A vacina contra a gripe previne pneumonia e outros problemas causados pelo vírus influenza. Ela deve ser aplicada anualmente para proteger contra novos ataques de vírus. Como a pneumonia é transmitida pelo contato com as secreções respiratórias infectadas, pessoas com a doença devem evitar contatos diretos com familiares não infectados e amigos. Proteger a boca e o nariz também é importante, principalmente ao tossir e os lenços de papel descartados.

Fonte e foto assessoria