12/11/20 - 07:39:44

Respeitem o eleitor

Por Adiberto de Souza

Muitos políticos pensam que o eleitor é gado, que pode ser colocado em um curral para ser negociado. Praticamente nas vésperas das eleições, cresce o número de queixas daqueles que se acham ofendidos porque seu reduto está sendo cortejado por outras lideranças. Uns se queixam à boca miúda que os adversários estão comprando votos a peso de ouro, enquanto outros ameaçam tornar público os nomes dos “boiadeiros”. Tomara que façam isso mesmo e também revelem o tipo de cooptação, para que a Justiça apure o provável crime eleitoral. Aliás, quem acusa “A” ou “B” de comprar votos deveria ser “convidado” pela Justiça a provar o que está dizendo. Ao propagar a existência do famigerado comércio de consciências, o acusador agride, na verdade, os cidadãos, que não podem continuar sendo confundidos com bois prontos para serem abatidos no dia das eleições. Desconjuro!

Faroeste caboclo

A candidata a prefeita de Poço Verde, Edna Dória (PSB), e o esposo Tonho de Dorinha (PSB) estão se sentindo ameaçados de morte. Os dois pediram proteção à Secretaria da Segurança Pública depois que homens amados apareceram na porta do casal. Tomara que a Polícia consiga manter a ordem no interior de Sergipe nestes dias que antecedem as eleições de domingo. Oremos!

Cola permitida

Para facilitar e agilizar a votação, a Justiça Eleitoral recomenda aos eleitores que levem para a urna os números de seus candidatos anotados. Quem não fizer isso corre o risco de não hora do vamos ver, votar errado por esquecimento. A Justiça adverte, porém, que no recinto da cabina de votação, é proibido portar telefone celular, máquinas fotográficas e filmadoras. Esses aparelhos devem ficar retidos com o mesário enquanto o eleitor vota. Certíssimo!

Delegadas na Veja

A revista Veja publicou uma matéria sobre a candidata a prefeita de Aracaju, delegada Danielle Garcia (Cidadania). Aborda o começo da carreira dela como policial, destacando a forma preconceituosa como os homens a tratavam: “Houve casos em que se recusaram a receber intimações e mandados porque o documento estava assinado por mim”, conta Danielle. A Veja também cita a delegada Katarina Feitoza (PSD), candidata a vice na chapa encabeçada pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PDT). Segundo a revista, “ironicamente – ou não -, Katarina foi quem exonerou Danielle do núcleo de combate à corrupção em 2017”. Vixe!

Voto acompanhado

Mesmo que não tenha feito o pedido antecipadamente ao juiz eleitoral, o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida poderá contar com o auxílio de uma pessoa de sua confiança no momento de votar. Nesse caso, uma segunda pessoa será autorizada a ingressar na cabine e poderá, inclusive, digitar os números na urna. Vale ressaltar que esta pessoa não pode estar a serviço da Justiça Eleitoral nem de partido político. Então, tá!

Fim do lero-lero

Os candidatos a cargos eletivos nas eleições de domingo encerram, nesta quinta-feira, as participações no horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão. Todos sabem que o blá-blá-blá televisivo e radiofônico faz parte de um jogo de marketing dos publicitários e que os eleitos não levarão as promessas em conta no decorrer de seus mandatos. Portanto, praticamente tudo que foi dito no horário eleitoral não passou de um caríssimo e enfadonho diálogo flácido para acalentar bovino. Cruzes!

Justificando ausência

O eleitor que estiver fora de seu domicílio eleitoral e não votar domingo próximo deve justificar a ausência no pleito. Quem se encontra nessa situação tem até 60 dias para apresentar a justificativa em qualquer cartório eleitoral, mas o ideal é que o formulário seja devidamente preenchido e entregue nos postos de justificativa no próprio dia da votação. Ah, bom!

Vice injuriada

E a vice-governadora Eliane Aquino (PT) ficou tiririca com a insinuação feita pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) de que ela poderia facilitar o uso da máquina pública em favor do prefeiturável petista Márcio Macêdo. “Eu pensei não precisar reafirmar, mas o momento exige: sou da escola de Marcelo Déda. Nela, a ética e o respeito ao erário sempre foram premissas claras. A insinuação de que eu estaria usando máquina pública em campanha eleitoral me causou grande indignação”, frisou. Eliane disse, ainda, que “o uso de máquinas públicas em campanhas eleitorais é prática condenável. Nunca usei, não uso e abomino quem o faz”. Crendeuspai!

Dinheiro na mão

O PSL informou já ter depositado o dinheiro do Fundo Eleitoral nas contas dos candidatos a vereador de Santo Amaro, Neópolis, Cristinápolis, São Cristóvão, Carmópolis e Lagarto. Segundo o partido, os repasses ocorreram conforme orientação de sua executiva nacional, “que instruiu os diretórios a efetuar as transferências de acordo com a viabilidade eleitoral dos candidatos”. A legenda não revelou se também depositou alguma grana na conta da candidata a prefeita de Socorro, Eliane da Sopa. A distinta alega ter feito quase R$ 150 mil em dívidas acreditando na promessa financeira do PSL. Marminino!

Tio Sam tá ferrado

De um bebinho, numa bodega da periferia de Aracaju: “Quando soube que a pólvora foi inventada pelos chineses, Bolsonaro mudou a estratégia de guerra contra os Estados Unidos. Orientado pelo recruta Zero e o sargento Tainha, o capitão de pijama decidiu enfrentar Tio Sam fazendo arminhas com os dedos. Vai ser uma maricagem”. Home vôte!

Treinando para a guerra

Veja abaixo a preparação da tropa brasileira para a guerra com os Estados Unidos:

Recorte de jornal

Publicado no Jornal do Aracaju, em 6 de janeiro de 1871.