19/11/20 - 00:01:35

A luta para ultrapassagem

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

A exatos dez dias das eleições em segundo turno e Aracaju está tranquila em termos de um pleito que parece definido. A análise é simples em razão de uma diferença que só será derrubada se, parte de quem votou no prefeito Edvaldo Nogueira no primeiro turno, passe a optar por Danielle Garcia, além de todos os outros eleitores que “apostaram” nos demais candidatos. Lógico que tem aqueles que não votam no prefeito e nem na delegada de jeito nenhum e haverá, por uma semana, o jogo da escolha de quem será decisivo para desenvolvimento de Aracaju nos próximos quatro anos.

O grupo que apoia a delegada Danielle Garcia (Cidadania) acredita que o eleitor virá, neste segundo turno, com desejo de mudança. A princípio física e só mais futuramente administrativa, o que pode ou não acontecer. Seria uma mudança também na política, levando em consideração os 16 anos que o grupo atual administra a cidade e que eles alegam a insistência da mesmice que não trouxe resultados. Quer dizer: confiam que trocar de comando agora seria a condição para um desenvolvimento jamais visto.

O bloco político que acompanha o prefeito Edvaldo Nogueira expõe fatos concretos (literalmente) de um trabalho realizado nestes últimos quatro anos, que vem revelando uma nova estrutura administrativa que os próprios opositores reconhecem. Edvaldo não tem um bom jogo político para cativar aliados e não se projeta como seria natural a um cidadão que busca uma liderança maior na estrutura de Estado, mas demonstrou que é bom no quesito gestão e mexeu em toda a cidade com novas obras que servem a todas as camadas sociais.

Danielle Garcia não tem experiência nessa área, até porque ainda não se habilitou a administrar uma cidade de qualquer porte. Assim, terá que montar uma base que possa orientá-la a levar adiante um projeto estrutural mais amplo, com maior abrangência e que consiga mudar a opinião pública de tudo que fora feito, tanto nos bairros mais distantes, quanto nas chamadas regiões em que residem as classes média e alta. Lógico que isso pode acontecer, mas é preciso “apostar para ver” se dará certo, mesmo que se tenha um sentimento de dúvida.

Amanhã será divulgada uma nova pesquisa do Ibope. A primeira desse novo período, mesmo que ainda não se tenha feito campanha mais movimentada, com programas e debates. Se os percentuais continuarem oferecendo a diferença de sempre, a situação fica difícil para ultrapassagem. Reduzindo a distância dá para se animar e até ensaiar comemoração, mas é bom lembrar que a subida ou queda neste momento não vai representar muita coisa, em razão do tempo e de tudo que pode vir mais à frente.

O segundo turno é um desafio. Uma nova eleição, que carece de outra estratégia e de um imenso poder de convencimento, capaz de mudar a cabeça do eleitor indeciso, dos que não foram votar e daqueles que acompanharam outros nomes na disputa anterior. É muito difícil, mas não será impossível. O certo é ter disposição para enfrentar e ganhar passando por cima de todos os obstáculos.

Talvez fora do debate

EXTRA – Nos bastidores circulou a informação de que aliados próximos a Edvaldo Nogueira (PDT) estão aconselhando-o a não participar de debate na TV-Atalaia, do sábado.

*** A dedução do pessoal é de que “Danielle Garcia não quer debater propostas, ela quer bater boca”.

*** O pessoal também acha que “Danielle não tem nada a perder”. Ainda hoje pode acontecer o comunicado da ausência

Fala de Catarina

A fala da delegada Catarina Feitosa, candidata a vice de Edvaldo Nogueira, na sede do Republicanos, terça-feira, foi considerada firme e disposta.

*** Ela disse que Edvaldo tem bons projetos para o futuro “e é por isso que estou com ele”.

*** Disse que os dois estão prontos para levar essa campanha à frente e “dispostos aos enfrentamentoS, seja qual for o nível”.

Inclusive o PT

Caiu nas redes: a candidata a prefeita pelo Cidadania, Danielle Garcia, publica um  banner e mostra que os votos dos partidos da oposição chegaram a 54,93% e 45,5% para Edvaldo Nogueira (PTB).

*** A dica teria sido de analistas de sua campanha, que avaliam que toda a oposição votará nela no segundo turno, inclusive o PT.

Não faz sentido

Aliás, circulou a informação, ontem, dentro do próprio PT, de que Marcio Macedo iria apoiar Danielle Garcia, depois de uma conversa que tivera com Valadares Filho (PSB).

*** Sobre isso, Márcio respondeu: “Não! Não faz sentido. Não conversei com ninguém”, disse.

Ficou sequelas

Também circula informação de que alguns políticos, da situação e da oposição, acham melhor que o PT não declare apoio a Edvaldo Nogueira, mas que libere todos os seus filiados e fique neutro.

*** – Na disputa pela Prefeitura, o candidato petista bateu firme no Governo e no prefeito e, por isso, não tem como esconder que ficaram profundas sequelas, disse um deles.

Votos bem recebidos

Esses políticos também deixaram claro que muitos petistas, inclusive da direção, não criticaram a base aliada e se mantiveram em posição política de apoio ao seu candidato.

*** O voto desse pessoal que não mergulhou nas críticas deve ser bem recebido por Edvaldo Nogueira, porque manteve posição política coerente. E isso soma.

Veto a Danielle e voto a Edvaldo

Em reunião realizada ontem na sede do PT, ficou decidido que o partido divulgará uma nota à imprensa dizendo que a legenda não dará nenhum voto à candidata Danielle Garcia (Cidadania), porque ela representa o atraso e o fascismo.

*** Pedirá a todos os filiados que não votem nela. Entretanto, o PT vai indicar o voto crítico ao prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), mas não pretende participar do seu Governo e nem fará campanha.

*** Marcio Macedo é que fará a entrega do boletim e, ao lado dos presidentes municipal, Carlos Murilo, e estadual, João Daniel, responderá às perguntas dos jornalistas.

Reunião do Comitê

O Comitê Técnico Científico reúne-se hoje para analisar a situação do Covid-19 em Sergipe. Com a situação em controle, a tendência e flexibilizar ainda mais todos os setores da economia. Alguns ainda estão com limites.

*** Após a reunião o governador Belivaldo Chagas dará entrevista e fará um balanço do trabalho realizado para conter a pandemia e a preocupação com a economia, principalmente o comércio.

Convite ao DC

Valadares Filho (PSB), candidato a vice na chapa de Danielle, está atuando para atrair grupos. Telefonou para o presidente do DC, Airton Costa, para pedir apoio.

*** Airton teria dito que está aguardando para tomar uma posição, embora a tendência seja se manter neutro.

*** O candidato a prefeito pelo partido, Paulo Marcio, já anunciou o seu apoio à delegada Danielle.

Avante com Edvaldo

Os diretórios estadual e municipal do Avante se reuniram ontem e decidiram apoiar Edvaldo Nogueira no segundo turno, mas sem qualquer acordo ou conversa.

*** A cúpula do partido atendeu a sugestões dos candidatos a vereador pelo partido.

Rede com Edvaldo

O presidente da Rede, Henri Clay, orientou o voto para o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), depois de ouvir o presidente nacional, Pedro Ivo, e a ex-senadora Marina Silva.

*** Henri disse que a Rede vai manter a linha de independência e indicou a votação em Edvaldo, mas sem participar do Governo e nem da campanha.

*** Segundo Henri, a Rede tem um bom relacionamento com o PDT Nacional…

Conceito punitivista

Henri Clay disse, ainda, que a relação política da Rede se vincula ao campo democrático e não concorda com o Cidadania que “põe em prática um conceito punitivista.”

*** Além disso, é uma legenda que segue uma pauta de direita, que não tem apoio da Rede.

*** O Pros também aproveita para anunciar a liberação dos seus eleitores ao candidato pedetista.

Rogério alerta

O senador Rogério Carvalho (PT) diz: “assim como já estava ocorrendo na Europa, segunda onda da pandemia chega ao Brasil.”

*** Segundo o senador, “com um agravante: o país não conseguiu controlar nem mesmo a primeira onda do coronavírus”.

*** E aconselha: “Cuide-se e cuide de quem você ama”!

Apoio de candidatos

As delegadas Danielle Garcia e Georlize Teles conversaram na terça-feira. Na agenda um pedido de Danielle para apoio do DEM no segundo turno.

*** Mas não aconteceu. O partido ainda não se manifestou sobre como ficará neste novo pleito.

De outros partidos

A informação de fonte do bloco de Danielle diz que 90% dos candidatos a vereador pelo DEM já gravaram seus apoios à Danielle no segundo turno.

*** Assim como vários candidatos de outros partidos também declararam apoio à delegada, independente da decisão tomada pela legenda.

*** Danielle está animada com o apoio individual que vem recebendo.

Um bom bate papo

Volta à TV – Os programas eleitorais nas emissoras de rádio e televisão recomeçam amanhã, agora em com o mesmo tempo para os dois candidatos.

Sobre temas – O prefeito Edvaldo Nogueira continuará mostrando obras e projetos futuros. Danielle também vai optar por ser firme mas sem agressão.

Extrema direita – O senador Rogério Carvalho (PT) diz que Moro não é um político de centro, ele é um político de extrema direita!

Fica de fora – O senador Alessandro Vieira (Cidadania) continuará sem aparecer ao lado de Danielle durante esta pequena campanha.

Fátima Lima – Aguardando quando o Brasil mandará bolsonaro tomar caldo de cana com pastel, tá demorando muito.

Joel Pinheiro – Em tempos de bolsonarismo, será que alguém ainda vai cair no papo furado que o PSDB é “fascista”?

Deu no Uol – Presidente Bolsonaro diz que homem do campo trabalhou e não foi “frouxo” na pandemia.

Sobre abstenções – As eleições em segundo turno vão registrar maior número de abstenções. Como o período é pequeno, não haverá tempo para atrair maior número de eleitores.