25/11/20 - 08:13:56

SERGIPE TEM QUEDA DE 33,3% NO NÚMERO DE FEMINICÍDIOS EM 2020 NO ESTADO

 

O estado de Sergipe registrou uma redução de 33,3% nos casos de feminicídio no ano de 2020. De acordo com dados da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim) da SSP/SE, de janeiro a 23 de novembro deste ano foram registrados 21 feminicídios e, no mesmo período, em 2019 os dados somaram 14 notificações.

Na data em que se comemora o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, a delegada Renata Aboim, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM/Aracaju), comemora a diminuição dos casos. “Tivemos uma diminuição real nos números de feminicídio. Não existiu subnotificação relacionada à pandemia, pois dificilmente uma morte não chegaria ao conhecimento da polícia”, explica.

Renata Aboim afirma que o principal fator para a redução destes números é a atuação célere das Delegacias Especializadas no atendimento à Mulher. “O trabalho célere das Delegacias Especializadas e o trabalho em conjunto com o Tribunal de Justiça de forma online, deferindo medidas protetivas com agilidade, contribuíram para que os feminicídios diminuíssem. Nós trabalhamos em rede, não tratamos apenas o lado criminal, mas fazemos um acompanhamento desta vítima”, diz.

Além do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) que permaneceram abertos e atuando 24 horas nos sete dias da semana, a delega ressalta a importância do trabalho de outros canais para a redução dos números, a exemplo do Ciosp e da ‘Patrulha Maria da Penha’, realizada pela Guarda Municipal. “O número de casos denunciados por terceiros também aumentou, o que contribuiu para uma resposta rápida da polícia, evitando chegar muitas vezes num desfecho mais trágico”, enumera.

Casos de Estupro

Os números também apontam redução nos casos de estupros. A queda foi de 34,6%, passando de 156 para 102 registros no mesmo período de 2019 para 2020, respectivamente. E houve uma redução em 208 casos de estupros de vulneráveis, comparando as mesmas datas.

25 de novembro

Em 1999, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu esta data como o ‘Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra a Mulher’ a fim de estimular que governos e sociedade civil organizada nacionais e internacionais realizem ações visando a diminuição da violência contra mulheres. “Precisamos de datas como esta para darmos continuidade e visibilidade à causa, conscientizando cada vez mais pessoas a denunciarem. É um trabalho de conscientização para encorajar e fortalecer essa vítima ou um terceiro a denunciar essas agressões”, finaliza.

Por Raquel Almeida

Foto assessoria