30/11/20 - 16:09:30

Edvaldo participa de cerimônias póstumas de homenagem a João Alves Filho

O prefeito Edvaldo Nogueira acompanhou, nesta segunda-feira, 30, em Aracaju, as cerimônias de homenagens póstumas ao ex-governador e ex-prefeito João Alves Filho. Edvaldo esteve presente no aeroporto, na chegada das cinzas, e participou da solenidade de recepção no Palácio Museu Olímpio Campos. Em nome dos aracajuanos, ele prestou condolências e solidariedades à senadora Maria do Carmo, viúva de João, e a seus filhos e demais familiares. João Alves Filho faleceu no último dia 24, em Brasília. Ele tinha  79 anos e lutava contra o Alzheimer em estágio avançado.

“O falecimento do ex-governador, ex-prefeito e ex-ministro João Alves Filho deixa uma lacuna muito grande na política e na administração pública. Seu legado é marcado por obras e realizações que marcaram profundamente a vida econômica, social e política de Sergipe. Lamentamos sua morte, mas sabemos que sua história e suas ações permanecerão vivas em Aracaju, no Estado e no país”, declarou o prefeito.

Para Edvaldo, as homenagens a João Alves Filho são “justas e merecidas”. “É importante que saibamos reconhecer os líderes políticos e os gestores que contribuíram para o desenvolvimento de Sergipe e para a melhoria da qualidade de vida das pessoas”, destacou.

Presente na cerimônia de recepção das cinzas no Palácio Museu, o prefeito de Salvador (BA), ACM Neto, ressaltou que “João Alves Filho foi uma das mais importantes figuras do Nordeste”. “Todos testemunhamos sua luta pela nossa região. Tenho muitas e boas recordações de João Alves Filho, ele que foi um dos melhores amigos do meu avô. João sempre me recebeu com muito carinho e me serviu de exemplo de referência. O sentimento hoje é de saudade, mas acima de tudo é a oportunidade de homenageá-lo”, disse.

Ex-vice-prefeito de Aracaju durante a última gestão de João Alves Filho, José Carlos Machado ressaltou a visão de futuro de João e sua capacidade administrativa. Também falou da amizade e do carinho do ex-governador pelos sergipanos. “João tinha a todos os sergipanos como membros da sua família. Era amigo dos amigos e contagiava seus auxiliares de maneira muito positiva. Ele era um homem extraordinário. O nome de João será imortalizado no panteão dos heróis sergipanos”, afirmou.

As cinzas de João Alves filho chegaram ao aeroporto de Aracaju nesta segunda-feira, 30, às 11h30, em um voo comercial da Latam. No aeroporto, autoridades políticas, como o prefeito Edvaldo Nogueira, o governador Belivaldo Chagas, o prefeito ACM Neto, além de prefeitos do interior, deputados estaduais e federais, aguardavam a família, onde teve início a programação de despedida.

Ao desembarcar, as cinzas foram recebidas pela Guarda de Honra, formada por cadetes e integrantes da cavalaria e choque da Polícia Militar. Também foi executado um toque de silêncio e, após isso, e a urna foi conduzida ao carro do Corpo de Bombeiros, dando início ao cortejo fúnebre por ruas de Aracaju. Em seguida, as cinzas foram recepcionadas no Palácio Museu Olímpio Campos, por volta das 13h30.

Foto: Ana Lícia Menezes