07/12/20 - 11:00:00

Artigo científico publicado na revista Biochimie da Elsevier é 1º fruto da parceria

A busca pelo desenvolvimento de estudos e soluções cada vez mais promissoras nas pesquisas traz grandes resultados. É o caso da doutoranda do Programa de Pós-graduação em Engenharia de Processos pela Universidade Tiradentes, Milena Chagas Lisboa. A discente realiza o doutoramento sanduíche na Universidade Aix-Marselha na França e pesquisa o potencial químico de óleo de uma planta que ocorre naturalmente no semiárido brasileiro.

O primeiro fruto da parceria entre as instituições de ensino veio recentemente com a publicação do artigo “Oleochemistry potential from Brazil northeastern exotic plants” na Biochimie da Elsevier.

Apoiada pelo Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares – PROSUP, financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, Milena conta com a supervisão do professor doutor Frederic Carrière da instituição de ensino francesa e a orientação dos professores doutora Cleide Soares e doutor Álvaro Lima .

“A priori, foi realizado um projeto ‘guarda-chuva’ consistindo em um levantamento bibliográfico com o intuito de selecionar uma planta da região Nordeste a ser trabalhada em meu doutorado, originando assim este artigo”, declara Milena. O trabalho contou também com a colaboração de Flávia Wiltshire, doutoranda do Programa de Pós-graduação em Biotecnologia Industrial da Unit, do professor doutor Cláudio Dariva e da pesquisadora doutora Alini Fricks.

“O artigo sumariza algumas plantas exóticas do Nordeste brasileiro com potencial aplicação na indústria oleoquímica, ressaltando a sua importância e a necessidade de maiores estudos, sendo elas, o Caju (Anacardium occidentale L.), a Favela (Cnidoscolus quercifolius Pohl), o Licuri (Syagrus coronata (Mart.) Becc.), o Pinhão-bravo (Jatropha mollissima Pohl Baill), o Pequi (Caryocar brasiliense Camb) e a Oiticica (Licania rígida Benth)”, destaca a pesquisadora.

Atualmente, Milena, que é graduada em Engenharia Ambiental pela Unit e mestre em Engenharia de Processos/Unit, estuda a biotransformação de óleo e a obtenção de enzimas lipolíticas do fruto do Licuri. “Em 2019, tive a oportunidade de vir para a França para completar meus estudos realizando experimentos na área proteômica, biologia molecular e síntese de excipientes farmacêuticos. A pesquisa vai muito bem. Foi possível obter resultados experimentais satisfatórios, na qual poderá gerar ainda mais frutos da parceria estabelecida”, salienta.

Para a professora doutora Cleide Soares, a proposta da tese de doutorado busca responder a conscientização ampla, global e também da legislação rigorosa nos últimos anos quanto à pesquisa em direção de Biorrefinaria, por meio de processos para conversão de biomassa em compostos de alto valor agregado no enquadramento de bioeconomia circular. “É muito bom poder reverter para a própria região a formação de recursos humanos capazes de avaliar novas plantas com potencial oleoquímico com vista para a bioeconomia circular como pilar para um novo modelo industrial sustentável”, enfatiza.

PEP da Unit e internacionalização

O Programa de Pós-graduação em Engenharia de Processos da Unit tem se destacado entre os melhores do Nordeste e do país e é considerado como excelência nacional. Com mais de dez anos de implantação, o PEP tem conceito 5, atribuído pela CAPES, órgão que regulamenta a Pós-graduação brasileira.

Segundo o doutor Diego Menezes, Pró-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Universidade Tiradentes, a mobilidade internacional é um dos fatores da Universidade Tiradentes que tem oportunizado uma produção científica de qualidade. “É sempre um orgulho propiciar ambiência científica e laboratorial de qualidade para que nossos alunos possam desenvolver pesquisas de interesse e aplicabilidade social”, garante doutor Diego Menezes.

De acordo com a professora doutora Eliane Cavalcanti, coordenadora do PEP/Unit, a universidade se destaca quando possui uma massa crítica de pesquisadores muito produtiva. “O resultado de todo o trabalho pode ser visto por meio da publicação de artigos em periódicos revisados por pares e citações desses trabalhos por outros pesquisadores em todo o mundo. Isso fornece um respaldo à universidade e obviamente aos programas de Pós-graduação Stricto Sensu”, assegura.

“Dentro da nossa universidade, temos uma equipe de pesquisadores de referência e alunos dos cursos de mestrado e doutorado que desenvolvem pesquisas de qualidade e com perspectivas de retorno à sociedade, esta é a nossa função: formação de recursos humano de qualidade e desenvolvimento de uma boa pesquisa científica. A instituição de ensino possui uma ação de formação internacional docente e, além disso, estamos também sempre nos associando a grupos de pesquisa nacional e internacional, de reconhecida atuação e altamente produtivos, incentivando e desenvolvendo projetos que têm relevância no contexto científico, de aplicação direta, para soluções de problemas técnicos e sociais”, finaliza a coordenadora.

Assessoria de Imprensa